Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marvin Tortas
Marvin Tortas
12 Jul, 2018 - 00:00

7 dicas essenciais para comprar um carro no Standvirtual

Marvin Tortas

Está a pensar comprar um carro no Standvirtual? Saiba os cuidados a ter antes de avançar para a compra e faça um bom negócio.

7 dicas essenciais para comprar um carro no Standvirtual

O mercado de carros em segunda-mão continua a crescer em Portugal, e apesar de haver outros sites, o Standvirtual sendo a maior plataforma de venda de automóveis usados no nosso país, é normal que sempre que procura um carro acabe por pesquisar neste site. No entanto, qualquer pessoa pode publicar um anúncio nesta plataforma, e se não tiver alguns cuidados, comprar um carro no Standvirtual pode revelar-se numa dor de cabeça para si. Conheça quais os cuidados a ter antes de avançar para a compra e faça um bom negócio.

Em média, um automóvel novo perde cerca de metade da cotação de mercado ao fim de apenas 3 anos de vida, e se pensarmos mais concretamente nos carros do segmento premium, estes são os carros que mais desvalorizam. Novos custam mais de 50 000€, mas se comprar um carro no Standvirtual desta gama irá poupar quase 20 000€ na compra de uma viatura com pouco uso (porque convenhamos, um carro com 3 anos é essencialmente um carro novo).

Esta discrepância de preços tem cativado cada vez mais portugueses que em 2017 compraram mais do dobro de viaturas usadas do que novas (cerca de 500 000 carros usados, ao passo que as vendas dos carros com zero quilómetros não ultrapassou as 240 000 unidades).

É verdade que comprar um carro usado poderá sempre ser um risco, pois na maior parte dos casos não conhecemos o historial completo da viatura, mas os automóveis são máquinas cada vez mais fiáveis, e se seguir as nossas dicas, comprar um carro no Standvirtual poderá ser um grande negócio para si!

7 coisas que deve saber antes de comprar um carro no Standvirtual

1. Estabeleça um orçamento

orcamento

15 000? 20 000? 40 000? No Standvirtual há carros desde 500€ a 2 000 000€. Estabeleça o seu teto máximo para começar a procurar. Se estiver a pensar entregar um carro para retoma, procure saber qual o valor desse carro e assim poderá somar esse valor à quantia que está a pensar gastar.

Se o seu orçamento for, por exemplo, 20 000€, pesquise carros até 22 000€. Geralmente o preço de uma viatura usada é negociável, e ter também alguma flexibilidade no seu orçamento irá garantir-lhe que não perderá nenhuma oportunidade de fazer um bom negócio.

2. Faça uma seleção de modelos

Procura um sedan? Uma berlina? Um citadino? Faça uma pré-seleção do segmento de veículos que procura e pesquise apenas os seus modelos favoritos. Isto irá garantir que apenas verá os carros que realmente lhe interessam, permitindo assim que nenhum lhe passa despercebido, e conseguirá pesquisar o máximo de informação e de detalhe possível de cada modelo.

3. Faça uma lista final de 5 carros

comprar carro

Perca algum tempo a pesquisar carros. Não se fique apenas pelo primeiro que vê. Faça um levantamento dos melhores modelos que encontrou, veja e reveja as fotos, e leia as descrições. Quando tem a certeza que são aqueles 5 que está interessado, faça o levantamento dos contactos e estabeleça o primeiro contacto com o vendedor para saber se o modelo em questão ainda está disponível.

4. Faça todas as perguntas na primeira chamada

Seja “chato” para o vendedor. Faça todas as perguntas que tem a fazer sobre o carro e esteja atento às respostas que lhe são dadas. Esta é uma parte essencial do processo de compra. Há um ditado popular que diz que “mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo”, e se por ventura o vendedor hesitar em alguma resposta, desconfie, e faça ainda mais perguntas. Um vendedor sincero saberá responder-lhe a todas as perguntas sobre o carro, e quando compra um usado, quer ter a certeza que está a comprar um automóvel em condições ideais para circular, com o máximo de segurança.

5. Veja o carro com os seus próprios olhos

Não faça qualquer compromisso antes de ver o carro com os seus próprios olhos, e mais uma vez, veja todos os da sua lista final antes de se comprometer com algum vendedor. No local, inspecione o carro até ao mais ínfimo detalhe! Procure vestígios de toques nas áreas mais vulneráveis do carro. Levante os tapetes para procurar humidade. Faça perguntas. Quem não deve não teme, não é? Então o vendedor não deverá ter qualquer problema em que se comporte como um “inspector forense”.

Deixamos-lhe uma dica aqui: Leve consigo um íman para o ajudar a saber se o carro já teve um acidente. Não sabe como utilizar? É muito fácil, nós explicamos aqui.

6. Conduza todos os carros

test drive

Um carro é um grande investimento, e não quererá passar horas e horas sentado num lugar que não seja confortável ou prazeroso para si, portanto peça sempre ao vendedor para fazer uma test drive ao carro que está a pensar comprar. Enquanto estiver a conduzir, veja se se sente confortável naquele carro, e aproveite a ocasião para testar tudo! Teste os travões, a direção, o ar condicionado… Esteja atento a qualquer barulho que possa surgir. Não vai querer comprar um carro “novo” e depois ter que gastar centenas de euros no mecânico apenas alguns dias após o ter comprado.

7. Tome o seu tempo

Não decida por impulso. O coração pode falar mais alto, mas quando falamos de um investimento tão grande como é um carro, a razão é que deve imperar. Depois de ver e testar todos os carros, tome o seu tempo para decidir qual será aquele que mais satisfará os seus requisitos. Se for preciso, faça novamente uma visita aos concessionários para ver o carro, e se tiver algum amigo mecânico, peça-lhe para o acompanhar nessa segunda visita. Ele melhor que ninguém saberá identificar atempadamente algum problema que o carro possa ter.

Se seguir estas dicas, podemos assegurar-lhe que comprar um carro no Standvirtual poderá revelar-se num excelente negócio para si! Existem excelentes oportunidades neste site, apenas é preciso estar atento e seguir todos os passos para fazer a compra certa.

Veja também: