Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
15 Abr, 2020 - 12:44

Comprar ou vender casa em tempos de pandemia: o que fazer?

Mónica Carvalho

Comprar ou vender casa em tempos de pandemia: quando a ordem é “fique em casa”, como avançar com a compra ou venda de imóveis? Temos algumas sugestões.

Comprar ou vender casa em tempos de pandemia

Se está a pensar em comprar ou vender casa em tempos de pandemia, saiba que a tarefa pode ser difícil, mas não é impossível.

A par do que tem acontecido em muitas outras áreas são as novas tecnologias que vêm aqui dar uma preciosa ajuda. Mais propriamente com a possibilidade fazer visitas virtuais. Isso mesmo: sem sair de casa poderá estar a divulgar o seu imóvel ou, então, se for um potencial comprador, poderá avaliar melhor o seu interesse no mesmo.

A visualização virtual e realista, é, assim, uma ferramenta fundamental para promover um apartamento ou casa e sem ficar condicionado com o facto de não poder sair da sua habitação, excepto pelos motivos abrangidos pelo estado de emergência.

Estes ambientes virtuais apelativos ajudam a promover qualquer projeto imobiliário, sendo que o poderá visitar em qualquer momento, no conforto da sua casa.

Visitas virtuais: conhecer um imóvel sem sair do sofá

A visita virtual permite, então, simular a visita a um local. Seja apartamento, casa ou vivenda, a tecnologia atual não se sobrepõe a estar no espaço e visitá-lo, a tocar nas paredes, a observar os acabamentos, a ter uma melhor noção do espaço e até das vistas. Todavia é a alternativa perfeita para continuar a manter vivo o mercado imobiliário.

Aliás, as visitas virtuais estendem-se além desta área. Com o objetivo de tornar a quarentena num momento mais feliz, e até cultural, muitos museus e galerias disponibilizam este tipo de serviço totalmente gratuito para, assim, poderem mostrar o espólio.

Mas é de imóveis que falamos, por isso, atente a alguns portais adequados a quem deseja comprar ou vender casa em tempos de pandemia.

casa-virtual

Idealista

O portal Idealista aproveitou estes tempos mais caseiros para disponibilizar anúncios que permitam visitas virtuais.

Trata-se de anúncios que, além das fotos,

“contam com material gráfico de última tecnologia e que permite visitar o imóvel desde casa, podendo conhecer todos os cantos e espaços do mesmo sem a necessidade de sair à rua.”

Assim, cada visitante pode aceder a mais informações disponíveis de cada anúncio e perceber se aquela casa poderá ser o imóvel que realmente procura.

Atualmente, na base de dados do Idealista existem mais de 1600 casas que possibilitam uma visita virtual, sendo que se destacam os distritos do Porto (quase 300), de Lisboa (cerca de 200), e Faro (mais de 200).

Alguns anúncios disponibilizam ainda tecnologia 3D, onde se combinam fotografias de alta qualidade e medição laser “para criar um modelo totalmente imersivo” e com uma precisão de 99%, logo dando a sensação de estar mesmo no local.

Remax Virtual Tour

As visitas virtuais são um serviço disponibilizado também pela Remax, sendo compostas por fotografias panorâmicas de 360º, que possibilitam a recriação de um espaço real.

Dessa forma, transporta-se virtualmente o utilizador para o espaço, o que pode trazer várias vantagens. Entre as quais, destacam-se um maior alcance e exposição do imóvel, visto que o mesmo se encontra disponível para qualquer pessoa do mundo, 24 horas por dia, 7 dias por semana, naquela que é a open house mais democrática de sempre.

Sothebys Realty

Também a Sothebys Realty encontrou nas visitas virtuais uma forma inovadora de chegar a mais clientes, algo especialmente útil nesta altura. Como tal, ao utilizar as funcionalidades de visitas em 3D e de Realidade Virtual disponíveis, poderá explorar as casas que fazem parte de portefólio da imobiliária de luxo.

Virtual Tour

Não é uma imobiliária, mas sim uma empresa que produz este tipo de conteúdos para potenciar a vendas das casas. Assim, no portfólio de clientes da Virtual Tour, poderá encontrar vários imóveis para venda. Em cada um deles, encontrará as informações de contacto das imobiliárias onde o apartamento ou casa se encontra à venda.

Como potenciar a venda de anúncios durante o estado de emergência?

Na impossibilidade de realização de visitas presenciais, os vendedores deverão apostar, preferencialmente, em melhorar os anúncios que colocam nas plataformas online.

Por isso, aproveite o tempo livre extra, se o tiver, para tornar o imóvel para venda ainda mais apelativo, enaltecendo as suas características e fazendo uso das vantagens que as novas tecnologias podem trazer, seja com descrições assertivas e completas, mas também com vídeos e fotografias de qualidade.

Se, porventura, o negócio for concretizado, então, saiba que tanto bancos como conservatórias encontram-se em funcionamento, ainda que determinados balcões possam eventualmente estar encerrados ou apenas realizem atendimento por marcação.

Veja também

Para descomplicar a informação

As informações sobre os temas que envolvem o impacto social do novo Coronavírus são dinâmicas e constantemente atualizadas. Por isso, os conteúdos publicados nesta secção não devem substituir a consulta com profissionais e especialistas, tanto da saúde como do direito e temas afins.