Hugo Moreira
Hugo Moreira
18 Jun, 2013 - 19:00
Crédito consolidado sem hipoteca, é possível?

Crédito consolidado sem hipoteca, é possível?

Hugo Moreira

Por norma, o crédito consolidado é mais facilitado para famílias que possuam uma hipoteca. No entanto, é possível consolidar os seus créditos mesmo sem hipoteca.

O artigo continua após o anúncio

As suas dívidas começam a acumular e de acordo com aquilo que tem lido, a solução passará pelo crédito consolidado. No entanto, a sua casa é arrendada e, portanto, não a pode dar como garantia de cumprimento.

Saiba que é possível ter acesso ao crédito consolidado mesmo sem hipoteca. Apesar de ser mais complicado devido à ausência de garantias, o crédito consolidado pode ser acedido por qualquer particular.

Existem inúmeras empresas que se dedicam ao crédito consolidado e que lhe dão uma ajuda fundamental para conseguir ter acesso a este produto financeiro. Faça uma simulação e encontre o seu parceiro ideal.

JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.

Vantagens do crédito consolidado

Ao aceder a um crédito consolidado, terá a vantagem de juntar num só crédito, todos os seus créditos. Desta forma, consegue ficar com uma só prestação mensal e pagar todas as suas dívidas, ficando apenas com um crédito geral.

Desvantagens

As desvantagens também existem. Ao concentrar num só crédito, todas as suas dívidas, o prazo de pagamento será alargado e acabará por pagar mais juros. Mas esta é uma solução importante para quem necessita reduzir a taxa de esforço e não se importa de esperar mais cinco anos, por exemplo, para ver as suas dívidas saldadas.

Com exemplos, compreendemos melhor:

A família Martins é uma família comum. Marido e mulher são trabalhadores por conta de outrem e os dois filhos menores frequentam a escola pública. Ao longo dos anos e fruto das necessidades a família Martins foi acedendo a créditos. Neste momento, esta é a situação da família Martins:

EmpréstimoCapital em dívidaMensalidade
Crédito Pessoal7000€120€
Cartão de Crédito1000€50€
Crédito Pessoal3700€145€
Cartão de Crédito6000€300€
Crédito Pessoal8000€600€

Por estas contas, a família Martins tem 25700€ de dívidas e paga, mensalmente, 1215€, excluindo a renda da casa que é de 400€. Feitas as contas, a família Martins tem um rendimento mensal de 2000€ e mensalmente vê 1615€ a desaparecerem no pagamento das mensalidades dos créditos contraídos.

O artigo continua após o anúncio

Com o crédito consolidado, a família Martins viu a sua taxa de esforço reduzida substancialmente. Desta forma, esta família já consegue encarar os meses de forma mais folgada e ter a certeza de que conseguiria cumprir com as suas obrigações.

Hoje, a família Martins mantem o rendimento mensal de 2000€, mas a prestação dos créditos ronda os 500€. Assim, no final do mês, esta família paga 900€ de despesas relativas a créditos e renda da casa. Uma redução interessante, certo?

Se o seu caso for idêntico, não hesite em procurar o crédito consolidado como forma de resolver o seu problema de sobreendividamento.

Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.

Veja também: