Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luana Freire
Luana Freire
20 Dez, 2018 - 10:36

Dar comprimido ao cão: como o fazer sem dramas?

Luana Freire

Não quer dizer que seja uma tarefa fácil, mas há mesmo truques simples que o podem ajudar. Descubra dicas essenciais para saber como dar comprimido ao cão.

Dar comprimido ao cão: como o fazer sem dramas?

Já se sabe: os cães, em maioria, não gostam muito dos comprimidos – especialmente se forem grandes, se tiverem de mastigá-lo ou se cheirarem mal. O comportamento comum é relutância e recusa a qualquer medicamento. Mas, então, como fazer para dar comprimido ao cão quando é necessário?

O objetivo, além de cumprir a prescrição do médico veterinário, é evitar que o seu amigo de 4 patas fique nervoso – pois isso só vai dificultar a tarefa. Por esta razão, temos truques simples de colocar em prática para conseguir ter sucesso na hora de medicar o seu animal de estimação.

3 dicas para dar comprimido ao cão (sem que ele dê conta)

1. Se puder, escolha medicamentos mastigáveis

Sempre que tiver que dar comprimido ao cão, se possível, opte pelas drogas mastigáveis. Algumas delas têm um sabor não tão desagradável para os caninos. Há casos em que o cão age mesmo como se estivesse a receber uma guloseima do dono.

2. Esconda o comprimido na comida do cão

Se escolher esconder o medicamento na comida do seu cão, o mais provável é que o animal nem repare na medicação camuflada. Se o animal se alimenta com ração seca, junte um bocado de comida enlatada com o comprimido lá dentro. Pode esmagar o medicamento com a mistura, para facilitar o processo.

Mas, se o patudo der conta do “segredo”, experimente oferecer algo que ele adore junto com o comprimido.

Cão no veterinário
<br>Veja também Doenças dos cães: conheça os sintomas e o tratamento das mais comuns

Dica extra

Será que já lhe passou pela cabeça tentar cobrir o comprimido? Como alguns medicamentos podem ter um sabor extremamente desagradável, já existem à venda cápsulas de gel para cobri-los. Assim, o animal não sente um sabor tão intenso. Fale com o veterinário.

Pode ainda, por exemplo, embrulhar o comprimido numa fatia de fiambre. Funciona quase sempre.

3. Crie um jogo

Se o seu cão é daqueles que não dispensa uma boa dose de brincadeira e adora “caçar” guloseimas, que tal experimentar esta altura para dar-lhe o comprimido?

Engane o seu patudo com uma mão cheia de petiscos e atire-os, um a seguir ao outro. Entre eles, atire também o comprimido. Pode ser que o canino se deixe seduzir pela tentação de encontrar no comprimido alguma guloseima e acabe por engolir a medicação sem grandes dramas.

Os truques falharam? Então, descubra como dar o comprimido diretamente na boca do cão – e sem grandes problemas.

Como ensinar o cão onde fazer necessidades
Veja também Como ensinar o cão onde fazer necessidades

Como fazer o cão a ingerir o comprimido diretamente e evitar o stress

Se nenhuma das 3 dicas anteriores deu certo, é altura de partir para outros métodos.

Lembre-se que as dicas que demos acima são excelentes para evitar que o animal entre em estado de stress, mas se nenhum destes truques funcionar, vai ter mesmo que dar o comprimido ao cão diretamente na boca.

Lembre-se: antes de dar início ao processo, prepare uma recompensa para o seu melhor amigo e deixe-a ao seu alcance. Após um momento invasivo, vai querer presenteá-lo imediatamente.

Comida para cão: dicas úteis e sugestões de produtos
Veja também Comida para cão: dicas úteis e sugestões de produtos

Aproveite os momentos de distração

Muitos veterinários comportamentais creditam que a melhor altura para dar comprimido ao cão é quando estiver distraído.

Como o fazer? Com o animal distraído, pegue rapidamente no comprimido e abra a sua boca, colocando o medicamento na língua. Feche a boca do seu amigo de 4 patas com as mãos e aguarde que o animal siga o instinto de engolir. Tudo isso deve ser feito em poucos segundos, para que o patudo não tenha tempo de reagir. Você vai se atrever a fazer isso?

Quando a medicação é diária…

Se o animal precisa de tomar a medicação diariamente, o mais certo é que tente resistir, fugindo na altura em que vê o dono a aproximar-se com o comprimido. Se for esse o caso, está na altura de mudar a estratégia e fazer com que o próprio animal aprenda a engolir o comprimido. Como? Com comida, claro.

Corte pedaços pequenos de frango ou de carne – ou use a carne moída – e faça bolas. O objetivo é oferecer as bolas de carne ao animal como se estivesse a ingerir o comprimido. Repita cerca de 10 vezes, duas vezes por dia. Com o tempo, o seu animal vai habituar-se à situação e já vai passar a esperar que lhe dê algo diretamente na boca. O mais certo é que haja menos stress na hora de ingerir o comprimido.

Para situações extremas, medidas mais rígidas

Se todas as tentativas anteriores falharam, o que fazer para que o cão tome o seu comprimido? Se nada deu certo até agora, é altura de seguir um caminho mais rígido. Tenha o comprimido ao seu alcance e levante a cabeça do animal (em direção ao teto).

De seguida, abra a boca do animal com as duas mãos; uma na mandíbula superior e outra na inferior. Insira o comprimido na língua do patudo e retire a mão imediatamente, fechando a sua boca. Com as mãos, mantenha a mandíbula do canino fechada, aponte o seu nariz para o alto e, com uma das mãos, massaje a sua garganta, até que engula o comprimido. Quando o animal tiver engolido o medicamento, ofereça um petisco.

Fique atento aos momentos seguintes. Alguns cães são mesmo capazes de aprender a “guardar” o comprimido na boca, cuspindo de seguida.

Veja também