ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Alexandra Nunes
Alexandra Nunes Revisto por: Nídia Ferreira
01 Jan, 2021 - 09:53

Deixar de fumar para poupar dinheiro: o impacto no seu orçamento

Alexandra Nunes Revisto por: Nídia Ferreira

Além de ganhar saúde, deixar de fumar é excelente uma forma de poupar dinheiro. Quer descobrir quanto pode pôr de lado? Nós ajudamos a fazer as contas.

homem decide deixar de fumar para poupar dinheiro

O tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas a cada ano. Como se não bastasse, é um vício caro. Se é fumador, já deve ter pensado no que poderia fazer com os cerca de 4,50 euros que gasta diariamente num maço de tabaco. Além de melhorar a sua saúde, é perfeitamente legítimo que queira deixar de fumar para poupar algum dinheiro.

De acordo o Inquérito Nacional de Saúde, divulgado em junho pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2019, cerca de 17% da população com 15 ou mais anos era fumadora, menos 3 pontos percentuais do que em 2014, e 21,4% era ex-fumadora. A maioria, 61,1%, nunca tinha fumado.

Os resultados do Inquérito revelaram ainda que 1,3 milhões de pessoas (14,2%) fumavam diariamente e 248 mil faziam-no ocasionalmente (2,8%). Cerca de metade dos fumadores regulares consumiam até 10 cigarros por dia, mas no caso dos homens prevalecia o consumo diário de 11 a 20 cigarros (50,3%).

Deixar de fumar para poupar dinheiro

deixar-de-fumar-para-poupar-dinheiro

Além dos 8 milhões de mortes que provoca todos os anos, o tabaco é também uma das principais causas de empobrecimento, sobretudo em países menos desenvolvidos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, mais de 80% dos cerca de 1.3 mil milhões de fumadores em todo o mundo vivem em países de médio e baixo rendimento, onde o fardo das doenças e mortes devidas ao tabagismo é mais pesado.

Ao desviar parte do rendimento familiar dos gastos essenciais com a alimentação e alojamento, o tabagismo não só contribui para o agravamento da pobreza como faz aumentar os custos com cuidados de saúde, nomeadamente no tratamento de doenças associadas ao consumo de tabaco, refere a OMS.

Em qualquer parte do mundo, deixar de fumar pode ser, assim, um excelente aliado na poupança. E no seu caso, certamente não será diferente. Senão, façamos as contas.

Segundo os dados do INE, cerca de metade dos fumadores em Portugal consome 10 cigarros por dia, ou seja, meio maço de tabaco. Tendo em conta que cada maço custa, em média, 4,50 euros, cada um desses fumadores gasta, por mês, 67,5 euros em tabaco. Ao fim de um ano são 810 euros.

Se fumarem um maço por dia este valor duplica para os 1620 euros. E quem fumar uma média de dois maços diários, gasta 3240 euros por ano. Já imaginou poupar todo este dinheiro se deixar de fumar?!

Poupança na saúde e na carteira

Deixar de fumar para poupar dinheiro tem efeitos imediatos e também a longo prazo. Ao adotar um estilo de vida mais saudável é natural que venha a precisar de menos cuidados médicos que, como sabemos, custam dinheiro.

Não é à toa que, por exemplo, os fumadores paguem mais no seguro de vida do crédito à habitação ou nos seguros de saúde, uma vez que o risco de morte ou doença é superior quando comparado com um não-fumador.

poupar-seguro-vida-credito-habitacao
Veja também Tem um crédito habitação? Saiba como poupar no seguro de vida

O tabagismo é a causa de 90% dos casos de cancro do pulmão. É também responsável por doenças cardiovasculares, enfisemas pulmonares, bronquite e cancro em outros órgãos do aparelho respiratório.

Está comprovado que, deixando de fumar, ao fim de apenas 20 minutos a tensão arterial regressa a níveis normais. Doze horas depois o nível de monóxido de carbono no sangue também normaliza. Duas semanas depois de deixar de fumar já diminuiu o risco de enfarte e, um ano depois, diminuiu para metade o risco de desenvolver uma doença coronária.

O facto de estar a reduzir o risco de doenças, significa que seguramente irá menos vezes ao médico, logo, poupa dinheiro.

Sendo fumador, terá que fazer um check-up anual que, segundo a DECO, lhe pode custar entre 275 e 2000 euros quando feito num estabelecimento de saúde privado. Se tiver que fazer consultas de especialidade e precisar de tomar medicação, terá que contar também com esses custos.

Assim, somando estes valores ao que pode poupar não comprando tabaco estamos a falar, no mínimo, de mil euros de poupança todos os anos. Dependendo de quantos cigarros fuma por dia, e dos cuidados médicos que venha a necessitar, a poupança pode ascender a vários milhares de euros.

E agora, já está mais convencido a deixar de fumar para poupar dinheiro?

Como aplicar o dinheiro

Feitas as contas, deixar de fumar para poupar dinheiro pode ter um impacto muito positivo na sua gestão financeira. Se amealhar o dinheiro que economiza ao abandonar este vício pode usá-lo de diversas formas. Deixamos algumas sugestões:

  • Investir num Plano Poupança Reforma;
  • Fazer umas férias de sonho;
  • Ter um fundo para uma emergência;
  • Pagar a dívida do cartão de crédito que anda a atrasar;
  • Colocar os filhos numa escola melhor ou juntar para pagar a universidade;
  • Pagar a prestação de um carro novo;
  • Abater no crédito da casa;
  • Ter uma empregada de limpeza para dar uma ajuda todas as semanas;
  • Renovar a decoração da casa ou o guarda-roupa;
  • Viver de forma mais desafogada;
  • Mimar-se um pouco ao ir jantar fora, assistir a um espetáculo, fazer um dia de spa.

Seja quais forem os propósitos, deixar de fumar vai permitir-lhe fazer planos mais alargados para o seu orçamento. Se precisa de ajuda para deixar de fumar vá ao site da Direção-Geral da Saúde (DGS) e descubra onde fazer uma consulta antitabágica perto de si.

Veja também