ebook
GUIA DO IRS
Patrocinado por Reorganiza
David Afonso
David Afonso
11 Mar, 2022 - 01:22

Regresso ao Futuro: DeLorean vai regressar em versão elétrica

David Afonso

Foi a grande estrela dos Filmes Regresso ao Futuro. O mítico DeLorean está prestes a regressar, agora em versão elétrica.

DeLorean

A DeLorean Motor Company, a empresa que produziu o histórico veículo tornado famoso pelo filme “Regresso ao futuro”, anunciou que, em 2022, a torre do relógio vai voltar a ver um rasto de fogo nas estradas. Mas, desta vez com um DeLorean elétrico.

Esta notícia deixou os fãs da trilogia cinematográfica em êxtase. Mas, vejamos o que está por detrás deste projeto… futurístico?

DeLorean Elétrico: os artistas por detrás do projeto

O novo veículo é concebido pela Italdesign. Através dos pincéis do famoso Giorgetto Giugiaro, o mesmo que desenhou o DMC-12 original. E será fabricado então pela DeLorean Motor Company. A empresa propriedade do inglês Stephen Wynne.

Além desta parceria, a Italdesign juntou-se à Williams Advanced Engineering para desenvolver a plataforma modular EVX, o sistema EVolved. Com ele, o DeLorean elétrico pode oferecer uma potência de até 1.300 cv e um alcance de perto de 1.000 quilómetros.

Segundo Andrea Porta, gerente de desenvolvimento de negócios da Italdesign, esta é uma oportunidade única, para recuperar um carro icónico da cultura pop e uma marca que só por si é histórica.

E quanto a outros detalhes, o próprio Andrea Porta, acrescentou, no entanto, que as notáveis portas gaivota estarão presentes, juntamente com um “distinto apelo ao estilo Italdesign”.

Quanto a preços e disponibilidade, tudo indica que será produzido num número muito limitado de unidades. Ainda assim, é bastante claro que o novo “DeLorean EVolved”, como categoria automóvel, será um veículo elétrico de luxo.

A ideia é que o DeLorean elétrico seja oficialmente revelado durante o Pebble Beach Concours d’Elegance. Este evento ocorre no dia 21 de agosto de 2022.

Até lá, nada como um regresso ao passado e entender também o que motivou toda esta viagem no tempo.

DeLorean do filme Regresso ao Futuro

A história “trágica” da DeLorean Motor Company

Este modelo era o sonho de John DeLorean, um engenheiro americano que se demitiu da General Motors para o construir. Como queria dar-lhe uma imagem futurista, este empresário recorreu ao famoso designer italiano Giorgetto Giugiaro, que desenhou os contornos de um protótipo e, em 1981, entrou em produção na Irlanda do Norte.

Esta decisão foi tomada porque DeLorean obteve financiamento do governo britânico, que concordou em instalar a fábrica em Dunmurry (perto de Belfast). Uma forma de “acalmar” a violência que crescia na área.

Os números variam dependendo da fonte. No entanto, foram produzidos cerca de 9000 exemplos do DMC-12. Na maioria para os Estados Unidos, ou seja, condução à esquerda.

No final de 1982, a DeLorean Motor Company entrou em falência. Comercialmente o DeLorean DMC-12 foi um fracasso e o resto é história.

DMC-12: linhas demasiado futuristas

Quanto aos componentes, o DMC-12 era uma junção de muitas ideias e algumas delas bastante futuristas para a época. Ainda assim, existem alguns pontos estéticos e de motor que merecem ser recordados.

Começando com os mais notáveis, ainda hoje, são as suas portas de asa de gaivotas. Assim como a característica carroçaria de aço inoxidável não pintada.

O chassi era em grande parte o do Lotus Esprit, e embora o seu nome oficial seja DMC-12, todos o conhecem como apenas DeLorean, pois era o único modelo construído pela marca antes da sua falência.

Já o motor era é um 2,8 V6 (2 válvulas por cilindro) colocado atrás, desenvolvido conjuntamente pela Peugeot, Renault e Volvo. John DeLorean sonhava com 200 cv, mas os regulamentos anti-poluição dos EUA forçaram uma redução para 130 cv, o que foi uma verdadeira desilusão para o público.

As caixas de velocidades eram manuais de cinco velocidades ou automáticas de três, ambas de origem Renault.

Quem levantasse o capô de um DeLorean, encontrava tudo e mais alguma coisa. Havia espaço para bagagem, mais uma roda de reserva e um depósito de combustível.

No interior, existiam apenas dois lugares, e atrás espaço para transportar, talvez um saco de tacos de golfe. O equipamento era bastante avançado para a época. Tanto que, já contava com ar condicionado, espelhos e vidros elétricos. O rádio tinha um leitor de cassetes.

Hoje estima-se que cerca de 6.500 pessoas estejam a rodar em perfeitas condições.

E agora? Será que o DeLorean Elétrico corresponderá?

Com efeito, uma coisa é certa: o DeLorean estará para sempre associado ao conceituado filme “Regresso ao futuro”, e lembrado com carinho como a máquina do tempo. Esperemos que o novo modelo consiga honrar o legado e ainda salvar o futuro com Doc e Marty McFly.

DeLorean elétrico, um regresso ao futuro diferente!
Veja também