Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Olga Teixeira
Olga Teixeira
18 Set, 2020 - 13:42

Descida do IVA na eletricidade: saiba quanto vai poupar

Olga Teixeira

A descida do IVA na eletricidade vai permitir poupar na fatura da luz. Saiba quem está abrangido e quanto vai gastar a menos.

descida iva da eletricidade

A descida do IVA na eletricidade, aprovada em Conselho de Ministros a 3 de setembro, entra em vigor a 1 de dezembro. No entanto, as medidas para famílias numerosas só serão plenamente sentidas em março. Saiba o que vai mudar.

A conta da eletricidade é, quase sempre, uma das maiores despesas para as famílias portuguesas. A taxa de IVA, que é atualmente de 23%, tem um grande peso nessa fatura. Recorrendo a contas simples: numa conta de 100 euros, 23 euros são exclusivamente para pagar este imposto.

A descida no IVA na eletricidade há muito que era pedida pelos consumidores e fazia parte do Orçamento de Estado para 2020, aprovado ainda na era pré-COVID. Faltava a aprovação do comité do IVA da União Europeia e a definição dos moldes em que esta redução seria feita. E no início de setembro esta redução – ou pelo menos a decisão – avançou.

Embora não tenha voltado à taxa de 6% – como chegou a ser proposto – nem se reflita em todos os consumos, a descida do IVA na eletricidade vai certamente permitir poupar alguns euros.

Descida do IVA na eletricidade: como vai ser feita

Assim, a partir de 1 dezembro – e com efeito na fatura do mês seguinte – quem tiver uma potência contratada de até 6,9 kVA vai pagar menos.

Os primeiros 100 kWh de consumo vão pagar IVA à taxa de 13%. Uma poupança que, de acordo com o Governo, vai chegar “à generalidade das famílias”, já que abrange 86% dos contratos de eletricidade.

Ainda assim, se gasta mais do que 100 kWh, tenha em atenção que o restante consumo vai ter IVA a 23%. Isto é, se consumir 150 kWh, a descida no IVA aplica-se aos primeiros 100 e os restantes 50 continuam a pagar a taxa máxima.

O consumo mensal consta da sua fatura, pelo que pode desde já começar a calcular quanto vai poupar. Ou, até, a pensar em como pode reduzir o consumo e tirar ainda mais partido desta medida.

acender interrutor da luz

Majoração para famílias numerosas

A descida do IVA na eletricidade pode ser ainda mais vantajosa para as famílias numerosas. Assim, e nas casas em que habitam mais de cinco pessoas, a redução do IVA na eletricidade abrange os primeiros 150 kWh e só a partir deste valor será cobrado o imposto à taxa de 23%. 

No entanto, e dados os “procedimentos necessários”, a majoração para agregados familiares de maior dimensão só entra em vigor em março, explicou o Ministro das Finanças. Em declarações ao jornal Eco, representantes das empresas fornecedoras de eletricidade admitiram já que este é um processo complexo e que o tempo para o executar pode ser curto.

Além disso, e como o decreto-lei ainda não foi publicado, não se sabe ainda como é que as empresas vão ter acesso a dados sobre a composição do agregado familiar.

Quanto vou poupar?

Nas contas do Governo, a descida do IVA na eletricidade vai permitir que as famílias numerosas no mercado regulado possam poupar cerca de 27 euros por ano. Para as restantes, a despesa vai ser reduzida em cerca de 18 euros anuais.

A medida aplica-se aos contratos do mercado livre e do mercado liberalizado, que representa 94,7% do consumo total de eletricidade.

Veja, nas tabelas abaixo, e segundo as contas do Governo, quanto pode poupar em cada um dos casos.  

EDP
Até 4 elementosFamília numerosa
Fatura S/IVA 49,36€ 49,36€
IVA Atual 11,35€11,35€ 
Novo IVA9,90€ 9,18€ 
Poupança anual 17,4€26,1€ 
Endesa
Até 4 elementosFamília Numerosa
Fatura S/IVA46,19€ 46,19€  
IVA Atual10,62€ 10,62€ 
Novo IVA9,23€ 8,54€ 
Poupança anual16,7€ 25,1€ 
Iberdrola
Até 4 elementosFamília Numerosa
Fatura S/IVA48,04€ 48,04€ 
IVA Atual11,05€ 11,05€ 
Novo IVA9,65€ 8,95€ 
Poupança anual16,8€ 25,2€ 
Mercado Regulado
Até 4 elementosFamília Numerosa
Fatura S/IVA49,80€ 49,80€ 
IVA Atual 11,54€11,54€ 
Novo IVA9,91€ 9,14€ 
Poupança anual18,5€ 27,8€

Fonte: Ministério das Finanças

Redução do IVA a dobrar

Se já beneficiava de uma redução do IVA relacionada com a potência contratada, pode acumular ambas as vantagens.

A medida “complementa a redução da taxa de IVA para 6% na componente fixa das tarifas de acesso às redes nos fornecimentos de eletricidade correspondentes a uma potência contratada que não ultrapasse 3,45 kVA”.

Assim, se a potência contratada for inferior a 3,45 kVA ou o consumo de gás natural não ultrapasse os 10.000 m3 (Decreto-Lei n.º 60/2019 ) vai somar esta poupança à que já tinha.

Fontes

Veja também