Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarine Martins
Catarine Martins
06 Nov, 2019 - 10:40

Diga adeus à pele flácida com estas 6 dicas!

Catarine Martins

É natural que com o envelhecimento a pele outrora tonificada dê lugar a uma pele flácida. Mas pode evitar que isto aconteça.

Mulher com pele flácida

São muitas as mulheres que, a partir de uma certa idade, se queixam de pele flácida, sem firmeza e com pouca elasticidade.

E, de facto, a flacidez prende-se maioritariamente com o envelhecimento, uma vez que ocorre quando há uma diminuição das fibras de sustentação da pele, que se baseiam no colagénio e na elastina e, claro, na água. Trata-se de um processo natural de que todos acabamos por sofrer.

Contudo, há outros factores como o sedentarismo, as rápidas variações de peso ou a herança genética que também influenciam na flacidez da pele.

A boa notícia é que, não importa se tem 30, 40 ou 60 anos, há algumas dicas que pode pôr em prática, tendo em vista assegurar a firmeza da pele e, consequentemente, a beleza do seu corpo. Conheça-as!

Como acabar com a pele flácida: 6 dicas úteis

Dicas para combater a pele flácida

1. Evite a exposição solar em excesso

Se a esta altura está a perguntar-se o que é que o sol tem que ver com a perda de firmeza da pele, saiba que tem tudo. Nós explicamos: a grande maioria dos dermatologistas concorda que, de facto, uma das maiores causas de flacidez prende-se com a exposição solar excessiva.

É que, os raios UV tendem a danificar não só a superfície da pele (epiderme), como também as camadas mais profundas (derme), onde se encontra o colagénio, que nada mais é do que uma proteína, que o próprio organismo produz, que assegura a firmeza da pele.

Ou seja, quando a pele é exposta durante horas ao sol, a estrutura do colagénio é destruída e a sustentação da pele posta em causa.

Assim, para além de provocar o envelhecimento precoce da pele, os raios UV também são responsáveis pela perda de firmeza.

Pelo que, o ideal para evitar a pele flácida é que se exponha ao sol de forma moderada e nunca nas horas de maior calor (que, de resto, já deveria evitar, de todo o modo).

2. Mexa-se!

Bem sabemos que é cliché, mas é verdade. A prática regular de exercício físico é a sua maior aliada no combate à flacidez cutânea. É que, quanto mais fortalece e tonifica os músculos, menos enfraquecidas ficam as fibras da pele.

Por isso, da próxima vez que estiver com preguiça de ir ao ginásio, pense como isso está a afetar a sua pele. Não importa se faz musculação, cardio, natação ou se apenas corre no parque. O importante é que se mexa de uma forma regular.

Contudo, se for extremamente preguiçosa no que diz respeito a praticar exercício, procure um profissional e equacione pagar um personal trainer, que não só a ajudará a fazer os exercícios como criará uma rotina constante de treino.

Vai ver como sente a pele mais firme e “tudo no lugar”, quando se começar a mexer mais.

3. Faça dos procedimentos estéticos os seus maiores aliados

Se tem uma alimentação equilibrada, pratica desporto com regularidade e, mesmo assim, sente a pele flácida, uma boa diga é apostar em procedimentos estéticos.

Hoje em dia há vários, não invasivos, que ajudam a dizer adeus à flacidez mas, os preferidos de grande parte das mulheres são a drenagem linfática e as massagens modeladoras.

Para além de melhorarem a circulação e ajudarem a eliminar toxinas, ambas ajudam a diminuir a retenção de líquidos e a tonificar a pele, o que se traduz em menos flacidez.

Como cada caso é um caso, é muito importante que faça uma avaliação com um profissional qualificado que decidirá, em conjunto consigo, qual o melhor protocolo para combater a flacidez do seu corpo (e rosto).

Receita: máscara caseira anti-celulite para barriga e coxas
Veja também Receita: máscara caseira anti-celulite para barriga e coxas

4. Beba muita água

A pele flácida também pode ser provocada por alguns comportamentos diários a que não damos a devida atenção.

Se tem por hábito beber pouca água, eis uma coisa que tem que mudar já, se quer uma pele firme e bonita. É que, quanto mais hidratada a pele estiver, mais elasticidade vai ter, mesmo que perca peso.

Por isso, comece a beber mais água e chás e mantenha-se hidratada. Vai ver que, com o tempo, vai sentir a pele mais elástica e resplandescente.

5. Alimente-se de forma adequada

Este é, provavelmente, um dos passos mais importantes para todas aquelas que querem um corpo firme, bonito e tonificado.

Sim, o segredo para um corpo jovem está na alimentação, pelo que é crucial que tenha faça uma rica em fibras, frutas, legumes e proteínas magras.

Com efeito, são muitos os legumes e frutas com propriedades antioxidantes que não só previnem o envelhecimento das células, como também estimulam a produção de colagénio.

Assim, evite ao máximo os fritos, os doces e os refrigerantes que apenas vão fazer com que se sinta menos saudável, contribuindo ainda para uma pele flácida.

6. Use cremes tonificantes para o corpo

Os cremes adelgaçantes e anti-celulite não fazem milagres, mas aliados a uma boa alimentação, ao consumo de muita água e à prática regular de exercício físico, ajudam a melhorar a aparência da pele, tornando-a mais firme e bonita.

E, nem um orçamento apertado é desculpa para não os usar, uma vez que pode encontrá-los (muitas vezes em promoção), nos super e hipermercados a preços acessíveis.

Mulher em tratamento estético
Veja também Descubra 5 procedimentos estéticos para perder barriga

Agora que já sabe o que fazer para dizer adeus a uma pele flácida, do que está à espera para conseguir ser a melhor versão de si própria?

Veja também