Inês Silva
Inês Silva
11 Dez, 2019 - 09:50
emprego tap

TAP quer contratar 800 novos trabalhadores em 2020

Inês Silva

A TAP anunciou que vai recrutar no próximo ano e que a maioria das contratações vai ser de comissários de bordo. Continue a ler para saber mais.

O artigo continua após o anúncio

A TAP, que desde 2015 já contratou mais de três mil trabalhadores, divulgou em comunicado que vai contratar 800 trabalhadores em 2020 e pretende, assim, integrar mais 100 pilotos e mais 600 assistentes de bordo para fazer face ao crescimento da empresa.

A companhia aérea salientou ainda que, só em 2018, concretizou um total de 1.113 novas admissões, com 137 pilotos, 566 comissários e assistentes de bordo, 77 técnicos de manutenção de aeronaves, 117 profissionais para reforço das operações terra no hub de Lisboa, 68 elementos para o contact center, 95 trabalhadores para as diversas áreas da manutenção e engenharia e 63 quadros superiores.

A TAP Air Portugal, fundada a 14 de março de 1945 com o nome Transportes Aéreos Portugueses, é a companhia aérea de bandeira portuguesa, com sede em Lisboa e hub no Aeroporto Humberto Delgado, Santa Maria dos Olivais, Lisboa.

É a principal companhia aérea portuguesa, membro integrante da Star Alliance desde 2005, e opera para 90 destinos em 36 países, oferecendo cerca de três mil voos semanais, possuindo uma frota de 106 aeronaves.

RECRUTAMENTO TAP

As ofertas de emprego da TAP podem ser consultadas no site da empresa, mas neste momento ainda não estão abertas as vagas para pilotos e assistentes de bordo, no entanto, tendo em conta outros processos de recrutamento da empresa, ficam aqui os requisitos.

Comissários e assistentes de bordo TAP

  • Capacidade para trabalhar em equipa;
  • Iniciativa e dinamismo;
  • Boa interação pessoal e eficaz capacidade de comunicação;
  • Resistência ao stress;
  • Orientação para o cliente;
  • Sentido de responsabilidade; organização e assertividade;
  • Mínimo 12º ano de escolaridade ou equivalente oficial;
  • Altura mínima de 1,60m e máxima de 1,90m;
  • Bom domínio de conversação e leitura de português e inglês, sendo valorizado o conhecimento de outras línguas estrangeiras;
  • Boa capacidade de comunicação;
  • Boa imagem;
  • Excelentes condições de saúde;
  • Não ter tatuagens e piercings visíveis;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador;
  • Saber nadar.

Oficiais piloto de aviação TAP

  • Mínimo 12º ano ou equivalente;
  • Dominar o português e inglês, escrito e falado;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador;
  • Licença EASA CPL (A);
  • Certificado médico EASA Classe 1;
  • Exames teóricos de Linha Aérea válidos;
  • Averbamento de nível de inglês técnico na licença igual ou superior a 4;
  • Qualificação de instrumentos em aviões multimotores;
  • Formação MCC;
  • Excelente capacidade de liderança, comunicação e de trabalho em equipa;
  • Elevado desempenho em termos de assertividade, tomada de decisão e de resolução de problemas;
  • Sólidos conhecimentos aeronáuticos, associados a um excelente desempenho técnico e operacional;
  • Valorização de Type Rating A320 (com um mínimo de 500h no tipo) e de proficiência 5 ou 6 em inglês técnico;
  • Valorização no aproveitamento em Matemática A e formação universitária.

Se lhe despertou interesse, consulte a página da TAP.

Veja também