ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Inês Silva
Inês Silva
02 Fev, 2021 - 10:50

Empregos mais bem pagos e com menos stress: conheça 33

Inês Silva

Acredita não ser possível ganhar bem sem sofrer de ansiedade? Continue a ler e conheça os empregos mais bem pagos e com menos stress.

homem ao computador a exercer um dos empregos mais bem pagos e com menos stress

Trabalhos intensos e com altos níveis de stress não são, de todo, adequados a qualquer pessoa. Felizmente, para aqueles que gostariam de trabalhar num ritmo mais tranquilo, há vários empregos com bons salários e que oferecem também ambientes onde a pressão que terá de enfrentar será bem menor. O Business Insider, site norte-americano, fez uma lista dos empregos mais bem pagos e com menos stress.

A publicação norte-americana recorreu aos dados disponibilizados pelo Bureau of Labor Statistics (em português, Departamento de Estatísticas do Trabalho) e pela Occupational Information Network (O*NET – Rede De Informação Ocupacional).

O estudo tem por base pesquisas sobre a importância de várias competências, atividades e características pessoais para um trabalho específico.

Uma das características medidas é a tolerância à pressão, que O*NET descreve como trabalhos que exigem “aceitar críticas e lidar com calma e eficiência com situações de alto stress“.

Nesse sentido, as diferentes profissões foram classificadas numa escala de zero a 100, onde o menor número significa menos stress, seguindo-se depois o salário auferido por cada profissional.

A área da investigação domina a lista, com professores do ensino superior em vários campos e investigadores em economia, estatística, matemática e ciências dos materiais, sendo esta uma das principais conclusões da lista dos empregos mais bem pagos e com menos stress divulgada pelo Business Insider.

Convém realçar que, embora a lista divulgada dos empregos mais bem pagos e com menos stress diga, obviamente, respeito aos Estados Unidos da América e a realidade desse país seja distinta daquela que se vive em Portugal, podem sempre estabelecer-se algumas conexões.

E depois, quem sabe se não encontra aqui inspiração para o seu futuro emprego.

Os 33 empregos mais bem pagos e com menos stress

1

Matemáticos

  • Níveis de stress: 57
  • Salário médio anual: 107,280 dólares
  • O que fazem: Realizar pesquisas em matemática fundamental ou na aplicação de técnicas matemáticas para a ciência, gestão e outras áreas.
2

Geógrafos

  • Níveis de stress: 59
  • Salário médio anual: 81,970 dólares
  • O que fazem: Estudar a natureza e o uso de áreas da superfície da terra, relacionando e interpretando interações de fenómenos físicos e culturais.
3

Técnicos de Produção Agropecuária

  • Níveis de stress: 59
  • Salário médio anual: 80,360 dólares
  • O que fazem: Programar, organizar, orientar e executar as atividades de uma exploração agrícola e/ou pecuária.
4

Cientistas Políticos

  • Níveis de stress: 61
  • Salário médio anual: 120,260 dólares
  • O que fazem: Estudar a origem, o desenvolvimento e a atuação dos sistemas políticos.
5

Engenheiros Químicos

  • Níveis de stress: 61
  • Salário médio anual: 117,090 dólares
  • O que fazem: Projetar e desenvolver processos para produção e fabrico de químicos e outros produtos.
6

Programadores de Software

  • Níveis de stress: 61
  • Salário médio anual: 111,620 dólares
  • O que fazem: Desenvolver, criar e modificar software geral de aplicativos de computador ou programas especializados.
7

Analistas de Dados

  • Níveis de stress: 61
  • Salário médio anual: 90,600 dólares
  • O que fazem: Formular e aplicar modelos e outros métodos de otimização para desenvolver e interpretar informações que auxiliem a administração na tomada de decisões, formulação de políticas ou outras funções de gestão.
8

Físicos

  • Níveis de stress: 62
  • Salário médio anual: 131,080 dólares
  • O que fazem: Realizar pesquisas sobre fenómenos físicos, desenvolver teorias com base em observações e experiências, criando métodos para aplicar leis e teorias físicas.
9

Cientistas de Materiais

  • Níveis de stress: 62
  • Salário médio anual: 100,430 dólares
  • O que fazem: Pesquisar e estudar as estruturas e propriedades químicas de vários materiais naturais e sintéticos ou compósito.
10

Hidrólogos

  • Níveis de stress: 62
  • Salário médio anual: 86,330 dólares
  • O que fazem: Pesquisar a distribuição, circulação e propriedades físicas das águas subterrâneas e superficiais.

Depois do top ten, conheça os restantes empregos mais bem pagos e com menos stress da lista

11

Cientistas de alimentos

  • Níveis de stress: 62
  • Salário médio anual: 76,190 dólares
  • O que fazem: Usam a química, microbiologia, engenharia e outras ciências para estudar os princípios subjacentes ao processamento e deterioração de alimentos; analisam o conteúdo dos alimentos para determinar os níveis de vitaminas, gordura, açúcar e proteínas, entre outras pesquisas.
12

Professores de Economia

  • Níveis de stress: 63
  • Salário médio anual: 119,160 dólares
  • O que fazem: Ministrar cursos de Economia.
13

Engenheiros Biomédicos

  • Níveis de stress: 63
  • Salário médio anual: 97,090 dólares
  • O que fazem: Aplicar conhecimentos de engenharia, biologia e princípios de biomecânica para o design, desenvolvimento e avaliação de sistemas e produtos biológicos e de saúde.
14

Economistas

  • Níveis de stress: 64
  • Salário médio anual: 116,630 dólares
  • O que fazem: Realizar pesquisas, preparar relatórios ou formular planos para abordar problemas económicos relacionados à produção e distribuição de bens e serviços ou política monetária e fiscal.
15

Estatísticos

  • Níveis de stress: 64
  • Salário médio anual: 95,680 dólares
  • O que fazem: Desenvolver ou aplicar teoria matemática e estatística e métodos para recolher, organizar, interpretar e resumir dados numéricos para fornecer informações utilizáveis.
16

Epidemiologistas

  • Níveis de stress: 64
  • Salário médio anual: 78,290 dólares
  • O que fazem: Investigar e descrever as causas e disseminação de doenças, deficiências ou resultados de saúde pública.
17

Engenheiros Ambientais

  • Níveis de stress: 65
  • Salário médio anual: 94,220 dólares
  • O que fazem: Pesquisar, projetar, planear ou executar tarefas de engenharia na prevenção, controlo e minimização de riscos ambientais usando várias disciplinas de engenharia.
18

Professores de Geografia

  • Níveis de stress: 65
  • Salário médio anual: 86,540 dólares
  • O que fazem: Ministrar cursos de Geografia.
19

Cientistas da Computação

  • Níveis de stress: 66
  • Salário médio anual: 127,460 dólares
  • O que fazem: Realizar pesquisas em informática fundamental e ciência da informação como teóricos, designers ou inventores. Desenvolver soluções para problemas na área do hardware e software de computador.
sala de aulas da faculdade a representar o ensino de cursos sem desemprego
Veja também Conheça 68 cursos sem desemprego em Portugal
20

Ortodontistas

  • Níveis de stress: 67
  • Salário médio anual: 230,830 dólares
  • O que fazem: Examinar, diagnosticar e tratar más oclusões dentárias e anomalias da cavidade oral.
21

Engenheiros de Hardware

  • Níveis de stress: 67
  • Salário médio anual: 123,030 dólares
  • O que fazem: Pesquisar, projetar, desenvolver ou testar equipamentos relacionados com computadores.
22

Engenheiros Agrónomos

  • Níveis de stress: 67
  • Salário médio anual: 98,290 dólares
  • O que fazem: Aplicar conhecimentos de tecnologia de Engenharia e Ciências Biológicas à agricultura.
23

Agentes de Artistas e Atletas

  • Níveis de stress: 67
  • Salário médio anual: 97,170 dólares
  • O que fazem: Representar e promover artistas, performers e atletas em negociações com empregadores atuais ou futuros.
24

Engenheiros do Petróleo

  • Níveis de stress: 68
  • Salário médio anual: 156,780 dólares
  • O que fazem: Elaborar métodos para melhorar a extração e produção de petróleo e gás e determinar a necessidade de projetos novos de ferramentas ou modificados.
25

Geofísicos

  • Níveis de stress: 68
  • Salário médio anual: 108,350 dólares
  • O que fazem: Estudar a composição, estrutura e outros aspetos físicos da Terra.
26

Professores de Filosofia ou Religião

  • Níveis de stress: 68
  • Salário médio anual: 88,970 dólares
  • O que fazem: Ministrar cursos de Filosofia, Religião e Teologia.
27

Engenheiros Navais

  • Níveis de stress: 68
  • Salário médio anual: 79,540 dólares
  • O que fazem: Supervisionar e coordenar as atividades da tripulação integrante na operação e manutenção de motores, caldeiras, máquinas de convés e equipamentos elétricos, sanitários e de refrigeração a bordo de navios.
28

Professores de Ciências Matemáticas

  • Níveis de stress: 68
  • Salário médio anual: 86,330 dólares
  • O que fazem: Ministrar cursos relacionados com conceitos matemáticos, estatística e ciências exatas e à aplicação de técnicas matemáticas originais e padronizadas na resolução de problemas e situações específicas.
29

Diretores de Arte

  • Níveis de stress: 69
  • Salário médio anual: 109,600 dólares
  • O que fazem: Formulam conceitos de design e abordagens de apresentação para meios de comunicação visual, como impressão, transmissão e publicidade.
30

Examinadores Financeiros

  • Níveis de stress: 69
  • Salário médio anual: 92,330 dólares
  • O que fazem: Aplicar ou garantir a conformidade com as leis e regulamentos que regem as instituições financeiras e de valores mobiliários e transações financeiras e imobiliárias.
31

Cientistas e Especialistas Ambientais

  • Níveis de stress: 69
  • Salário médio anual: 77,940 dólares
  • O que fazem: Fazem pesquisas ou realizam investigações com o objetivo de identificar, diminuir ou eliminar fontes de poluentes ou perigos que afetam o meio ambiente ou a saúde da população.
32

Escritores Técnicos

  • Níveis de stress: 69
  • Salário médio anual: 76,860 dólares
  • O que fazem: Escrevem materiais técnicos, como manuais de equipamentos, apêndices ou instruções de utilização e manutenção.
33

Optometristas

  • Níveis de stress: 70
  • Salário médio anual: 122,980 dólares
  • O que fazem: É um especialista dos cuidados da saúde primários visuais que examina, diagnostica e trata doenças oculares e faz a reabilitação de condições do sistema visual.

Empregos mais bem pagos e com menos stress em Portugal?

A pandemia causada pela COVID-19 trouxe consequências e alterações ao mercado de trabalho. Embora não possamos aferir os níveis de stress nacionais, podemos falar nas profissões mais procuradas para 2021 em Portugal.

Segundo a Michael Page, empresa de recrutamento especializado, as profissões tecnológicas estão entre as mais procuradas.

Os profissionais destas áreas vão ter maior procura no decorrer deste ano, acompanhando as atuais necessidades das empresas no sentido da digitalização dos seus produtos, serviços e processos de trabalho.

Para a Manpower, também uma empresa de recrutamento, as tendências de contratação, tendo em conta o aumento da procura, são para profissionais nas áreas da Saúde, da Tecnologia e Transformação Digital, ou do Ecommerce.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].