ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
06 Abr, 2021 - 11:58

Saiba tudo sobre o novo programa Erasmus+

Catarina Milheiro

Já ouviu falar do programa Erasmus+, mas não sabe do que se trata? Damos-lhe toda a informação mais relevante sobre este interessante programa.

mapa da europa a simbolizar programa erasmus+

Quer saber quais são as condições do novo programa Erasmus+? No passado dia 25 de março, a Comissão Europeia lançou oficialmente o novo programa Erasmus+ para o período de 2021-2027.

Este é um programa que ambiciona ser mais inclusivo e apoiar a transição verde e digital da União Europeia.

Com um orçamento de 26 200 milhões de euros, o programa Erasmus+ 2021-2027 vê o seu valor quase duplicado em relação ao período entre 2014 e 2020, em que tinha sido financiado com 14 700 milhões de euros.

O programa, novo e reformulado, irá financiar projetos de mobilidade para fins de aprendizagem e de cooperação transfronteiras. Assim, abrange 10 milhões de europeus de todas as idades e de todas as origens.

Fique connosco e conheça todos os detalhes.

O NOVO PROGRAMA ERASMUS+

1

Em que consiste o programa Erasmus+ 2021-2027?

Trata-se de um programa da União Europeia, cujo objetivo geral é apoiar, por meio da aprendizagem ao longo da vida, as atividades educacionais, profissionais e desenvolvimento pessoal das pessoas nas áreas da educação, formação, juventude e desporto, na Europa e fora dela.

Este programa contribui, assim, para um crescimento sustentável, aparecimento de mais empregos com qualidade, coesão social, para impulsionar a inovação e, claro, para fortalecer a cidadania ativa.

Numa conferência de imprensa, a comissária para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel, afirmou que

Existem poucos programas tão emblemáticos como este: no último Eurobarómetro, os cidadãos europeus classificaram-no como sendo o resultado mais positivo da UE após a livre circulação e a paz.

Acrescentou, ainda,

É, portanto, simbólico que o Erasmus+ seja um dos primeiros programas que a Comissão lança no âmbito do novo Quadro Financeiro Plurianual.

Para além disto, o Erasmus+ 2021-2027 é um programa que vai tentar ser ainda mais inclusivo e apoiar ainda as transições digital e ecológica, conforme previsto no Espaço Europeu da Educação.

2

Quais são os objetivos específicos deste programa?

Este programa pretende promover a mobilidade de aprendizagem:

  • De indivíduos e grupos, bem como a cooperação, qualidade, inclusão e equidade, excelência, criatividade e inovação ao nível das organizações e políticas no domínio da educação e estágios;
  • Não formal e informal e ainda a participação ativa dos jovens, bem como a cooperação, qualidade, inclusão, criatividade e inovação ao nível das organizações e políticas relativamente à juventude;
  • Do pessoal desportivo, assim como a cooperação, qualidade, inclusão, criatividade e inovação ao nível das organizações desportivas e das políticas desportivas.
3

Algumas plataformas e ferramentas associadas ao Erasmus+

The Erasmus+ Project Results Platform

É uma plataforma que oferece o acesso a informações e resultados relativos a todos os projetos financiados ao abrigo do programa Erasmus+. Aqui, os projetos podem ser pesquisados por palavras-chave, ano, país, tópico ou até mesmo tipo de resultados.

Além disto, saiba que as pesquisas podem ser salvas e a plataforma é constantemente atualizada sobre os projetos mais recentes. Aceda aqui.

eTwinning

O eTwinning é uma comunidade de professores, alojada numa plataforma segura, acessível apenas a professores avaliados pelas autoridades nacionais.

Quanto aos participantes, podem-se envolver em diversas atividades, desde discussões com colegas, networking, realização de projetos com outras escolas, até mesmo ao envolvimento numa variedade de oportunidades de desenvolvimento profissional de forma online e presencial.

The School Education Gateway (SEG)

Trata-se de uma plataforma online Europeia para a educação, atualmente disponível em 23 idiomas da UE. Oferece ferramentas essenciais para ajudar professores e funcionários das escolas a encontrarem oportunidades de trainee e mobilidade para o desenvolvimento profissional.

Assim, encontra, por exemplo, cursos presenciais ou online, acompanhamento da procura por emprego, entre outros. Consulte a plataforma aqui.

EPALE

A EPALE é uma iniciativa da Comissão Europeia, financiada pelo programa Erasmus+. Está aberta a professores, formadores, voluntários, investigadores, jornalistas e jovens académicos.

O site oferece notícias atualizadas sobre desenvolvimento nas redes interativas. Para além disso, permite que os usuários se conectem entre eles em toda a Europa, participem em discussões e troquem boas práticas. Entre muitas ferramentas e conteúdos, a EPALE oferece instrumentos de interesse específico para beneficiários do Erasmus+.

Para além destas, existem várias ferramentas e plataformas associadas ao programa Erasmus+. Consulte todas no Guia do Programa Erasmus+ 2021.

4

Quem pode participar no programa?

  • Jovens e adultos;
  • Estudantes, formandos, aprendizes/formandos;
  • Voluntários;
  • Professores, docentes, formadores;
  • Animadores de juventude;
  • Profissionais de organizações ativas nos domínios da educação, formação e juventude.

O Programa chega aos beneficiários através de organizações, instituições, organismos ou grupos que organizam atividades nos setores da educação, formação e juventude.

estudantes juntos na biblioteca

ERASMUS+, UM PROGRAMA VERDE E DIGITAL

O programa Erasmus teve início em 1987. Em 2014, tornou-se Erasmus+ como forma de albergar novos campos de atividade. Passou a incluir, assim, a formação profissional, educação de adultos, intercâmbio e jovens, animadores de juventude e treinadores desportivos.

Como se pode verificar, existe um leque enorme de oportunidades de estudo ou de estágios no estrangeiro. Isto porque o programa investe também em projetos de cooperação transfronteiriças, sobretudo entre universidades, estabelecimentos de ensino ou organizações de juventude e desportivas.

A verdade é que o novo programa Erasmus+ 2021-2027 também irá ajudar a transição verde. Desta forma, favorece o Pacto Ecológico Europeu e, claro, a transformação digital.

Mariya Gabriel frisou, na conferência de imprensa, que o programa irá ter um papel essencial, contribuindo para

apoiar as competências dos professores, formadores e estudantes de todas as idades, para que façam uma utilização inteligente e responsável das ferramentas digitais.

Afirmou ainda que o programa oferece incentivos financeiros

aos participantes para que utilizem meios de transporte duráveis, (…) e iremos também investir em projetos que tenham como objetivo sensibilizar (os participantes) para a proteção do ambiente e para trabalharem em ações concretas perante o desafio climático mundial.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].