Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
04 Ago, 2018 - 11:00
Será que também comete estes erros ao cozinhar batata-doce?

Será que também comete estes erros ao cozinhar batata-doce?

Mónica Carvalho

É rica em fibras, vitaminas e minerais e por isso um dos alimentos mais apetecidos e desejados. Saiba quais os principais erros ao cozinhar batata-doce.

O artigo continua após o anúncio

Este alimento está no topo da lista de produtos saudáveis e é apreciado por todos. Todavia existem erros ao cozinhar batata-doce que podem afetar a consistência, o sabor e as propriedades nutricionais deste tubérculo.

A batata-doce é um vegetal de raízes com amido e um sabor adocicado. Eles têm uma pele fina e castanha no lado de fora com polpa colorida dentro, sendo mais frequente a cor de laranja, mas também existem as variedades brancas, roxas ou amarelas.

Com ou sem casca; cozida, frita ou assada; inteira ou em pedaços: é sempre deliciosa e bem pode ser classificada como o acompanhamento perfeito.

Em termos nutricionais, a batata-doce é uma rica fonte de fibras e contem uma boa variedade de vitaminas e minerais, incluindo ferro, cálcio, selénio, vitamina B e C. Por isso, se já consome, continue a fazê-lo, porém se ainda não o faz, então, prepare-se para começar a introduzir este alimento na sua alimentação. Antes disso, atente aos nossos conselhos para evitar estes erros ao cozinhar batata-doce.

Erros ao cozinhar batata-doce: o que deve evitar

batata doce

Fonte: Max Pixel

A forma como preparamos e cozinhamos determinados alimentos irá, seguramente, afetar o seu sabor e, até, alterar as suas propriedades. Como tal, para tirar o máximo proveito do consumo deste tubérculo, evite 7 erros ao cozinhar batata-doce. Descubra quais são.

1. Cortar com antecedência

Por vezes, para adiantar, é normal já deixar legumes e afins cortados. Todavia é um erro, dado que isso irá fazer com que percam nutrientes valiosos, devido à exposição ao ar e à luz. Como tal, o ideal é adiantar outros pratos e prepara a batata-doce antes de cozinhar.

2. Não lavar os legumes

A batata-doce pode ser consumida com ou sem casca, pelo que, neste caso, uma correta lavagem torna-se ainda mais preponderante, para eliminar vestígios químicos ou de terra.

O artigo continua após o anúncio

3. Não respeitar o tempo certo de cozedura

Um dos erros mais comuns ao cozinhar batata-doce é não respeitar o tempo certo de cozimento, até porque é menor quando comparando com a batata tradicional.

Não precisa de cozinhar a batata-doce até que fique mole, até porque ficará bem mais saborosa e saudável se consumida “al dente”.

Se vai cortar a batata-doce, é importante que todos os pedaços têm o mesmo tamanho, de modo a manter uma cozedura uniforme e garantir que tudo fica pronto ao mesmo tempo.

Para facilitar, atente aos tempos de preparação da batata-doce:

  • Cozedura em água: 15 a 20 minutos
  • Cozedura a vapor: 18 a 22 minutos
  • Cozedura a pressão: 10 a 15 minutos
  • No forno: 30 a 35 minutos
  • Microondas: 9 a 11 minutos

4. Descartar a água da cozedura

Não deite fora a água de cozer as batatas e legumes, pois pode ser aproveitada para vários fins, como sopas, caldos e risotos.

5. Temperos a mais

A própria batata-doce já tem um sabor especial que merecem ser sentido e realçado, ao invés de camuflado por temperos excessivos, principalmente o sal, que pode ser bastante prejudicial para o sistema cardiovascular.

6. Exagerar no óleo

No caso da fritura, o ideal é substituir o óleo tradicional pelo azeite ou óleo de coco e não precisa de encher a fritadeira com líquido, apenas o suficiente para cobrir os alimentos. Quando terminar, deverá colocar a batata-doce em papel absorvente para retirar o excesso.

7. Má utilização do óleo para fritar

É certo e sabido que o azeite é o melhor óleo para fritar em comparação aos óleos de girassol, milho e soja. Conseguindo, ainda, um efeito crocante ao seu alimento, e conseguir aquelas batatas fritas estaladiças que tão bem sabem. Além disso, não deve reutilizar o óleo, pois ele fica queimado logo após a primeira utilização, libertando compostos prejudiciais para a saúde.

O artigo continua após o anúncio

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp