ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
26 Fev, 2021 - 11:56

Feiras de emprego virtuais em 2021: uma forma de encontrar trabalho

Catarina Milheiro

As feiras de emprego virtuais aumentam as hipóteses de encontrar emprego. Com a pandemia, tornou-se numa forma de alcançar mais candidatos.

candidata a participar em feiras de emprego virtuais

Provavelmente já ouviu falar nas feiras de emprego virtuais, principalmente agora que o mercado de trabalho exige novos métodos e estratégias de recrutamento.

Mesmo antes da pandemia, este tipo de feiras já funcionava como um excelente complemento às feiras de emprego presenciais. Com a situação atual que o mundo vive, tornou-se mesmo numa excelente forma para alcançar ainda mais candidatos.

A verdade é que existe cada vez mais uma dificuldade, por parte dos profissionais em geral, de encontrarem a empresa dos seus sonhos, aquela que lhes irá permitir ter o estilo de vida com que sempre sonharam.

E é precisamente por esse motivo, que as feiras de emprego virtuais são uma excelente forma para qualquer profissional experiente ou jovem recém-licenciado, procurar emprego sem sequer ter que sair de casa. Assim, não apenas economiza tempo e recursos, como também garante a sua segurança e a dos outros.

O que são as feiras de emprego virtuais

Tendo em consideração que o panorama económico atual não é o mais animador para a maioria dos profissionais e empresas, as feiras de emprego virtuais chegaram para facilitar todo o processo da procura de emprego.

No fundo, estas feiras funcionam como uma solução mais adequada para aproximar os diversos candidatos e empresas a um custo reduzido e claro, com vantagens para ambas as partes.

Para que consiga ter uma noção, um candidato a uma destas feiras de emprego virtuais pode fazer tudo através de um simples computador ou dispositivo móvel, um aspeto crucial nos tempos que correm.

Se ainda não participou em nenhuma, provavelmente deve estar a questionar-se como funcionam estas feiras virtuais. A dinâmica é praticamente a mesma das feiras de emprego presenciais: é reunido um grupo de empresas que necessitam de preencher vagas num só lugar, recebendo as indicações dos candidatos via online.

Como pode ver, a única diferença entre as feiras de emprego virtuais e as presenciais é só mesmo o simples facto de que nas primeiras, tudo é feito através do computador.

Feiras de emprego virtuais: o que deve ter em consideração

entrevista de emprego online

Se está a pensar em inscrever-se numa das feiras de emprego virtuais existentes, saiba que deverá ter o seu currículo online.

Antes de participar, certifique-se que o seu CV não contém qualquer tipo de erros e que se encontra devidamente atualizado e de acordo com as tendências de mercado.

Tendo em conta que terá de submeter/fazer o upload do seu currículo online, deve estar atento aos seguintes aspetos. Tome nota:

  • O título do seu currículo deve ser descritivo, mas breve;
  • Opte por ordenar a sua experiência profissional por ordem cronológica inversa, isto é, do trabalho mais recente para o mais antigo;
  • Utilize marcadores para que consiga listar as suas atividades para cada trabalho;
  • Não se esqueça de mencionar o seu nível de estudos e de adicionar todas as formações ou cursos que possa ter feito até ao momento (sejam eles presenciais ou online);
  • Certifique-se que inclui uma fotografia adequada e com a devida qualidade, para que se torne mais fácil para a entidade observar a sua imagem.

Exemplos de feiras de emprego virtuais em 2021

Agora que já conhece o conceito destas feiras de emprego virtuais, deve estar a perguntar-se quais são afinal, não é assim?

Fizemos uma listagem com feiras de emprego virtuais com alguma notoriedade no mercado de trabalho em 2021.

FJC Porto de Emprego

Este ano não é exceção e por isso mesmo, irá realizar-se mais uma edição da FJC Porto de Emprego, desta vez totalmente online.

Nos dias 2 e 3 de março estarão publicadas mais de 500 vagas de emprego, nas mais diversas áreas, desde recursos humanos, passando por fiscalidade e gestão de marketing.

Este evento promove o encontro de mais de 60 empresas empregadoras de diferentes setores com os alunos da Faculdade de Economia do Porto. Além disto, irá decorrer em 3 modalidades diferentes: apresentações, stands e speed recruitment, com 24 alunos a apresentarem-se de forma individual a 24 empresas, em apenas 5 minutos.

A plataforma escolhida para a realização desta feira de emprego virtual foi a Easy Virtual Fair, que pode ser acedida através de qualquer dispositivo móvel.

Find Your Career 2021 – U.Porto

A Find Your Career é organizada pela U.Porto e, tal como muitas outras entidades, esta também teve que se reinventar. O objetivo é promover o networking entre as empresas que procuram atrair candidatos para as suas posições atuais e futuras aos estudantes e diplomados.

Irá realizar-se no dia 28 de abril, entre as 10h00 e as 18h00 e inclui:

  • Presença das empresas em stand virtual;
  • Apresentação das empresas on-line;
  • Entrevistas de recrutamento via live chat;
  • Contacto com mais de 1000 estudantes e diplomados;
  • Possibilidades de networking e de reforço de employer branding para a sua empresa.

Importa ainda referir que, esta feira de emprego virtual é destinada a todos aqueles que estejam interessados, independentemente da universidade onde tenham estudado, ou área de formação.

Job Summit

Job Summit é considerada uma mega feira virtual de emprego. Este ano conta com a presença de empresas como a EDP, BNP Paribas, Mercer, Zurich, entre muitas outras.

Com data marcada para o dia 17 de março, entre as 09h00 e as 20h00, esta feira de emprego virtual pode mesmo ser aquilo que procura. São várias as empresas confirmadas que estarão a recrutar recém-licenciados ou alunos que estejam a frequentar o ensino superior nas mais diversas áreas.

Alguns benefícios das feiras de emprego virtuais

Destacamos seis dos benefícios das feiras de emprego virtuais, sendo que muitos deles irão permanecer mesmo após a pandemia:

  • São de fácil acesso: a distância deixou de ser um problema;
  • Redução nos custos associados: para as empresas esta é uma questão bastante importante porque o custo com eventos presenciais é drasticamente mais alto;
  • A Implementação das feiras é mais rápida: a preocupação de adquirir um local, por exemplo, deixou de existir. Este tipo de feiras pode ser montada de forma mais centralizada;
  • Maior número de contactos: este tipo de feiras permite aos candidatos e empresas terem várias conversas privadas ao mesmo tempo;
  • Acesso aos dados após o evento: o acompanhamento depois do evento e a monitorização de dados permite a existência de fortes resultados;
  • Máxima informação por parte das empresas e candidatos: as plataformas através das quais se realizam as feiras, permitem reunir um conjunto de informação muito maior do que numa feira presencial.
Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].