André Freitas
André Freitas
18 Jul, 2019 - 17:29
Ford Puma: 10 coisas que deve conhecer sobre o novo SUV da Ford

Ford Puma: 10 coisas que deve conhecer sobre o novo SUV da Ford

André Freitas

Lembra-se do coupé desportivo de 2 portas da Ford? Sim, esse mesmo, o Ford Puma. Este modelo vai regressar às estradas sob a forma de crossover. Conheça-o aqui.

O artigo continua após o anúncio

Lançado em 1997, o Ford Puma era um pequeno coupé de duas portas. Passados 23 anos, este modelo é redesenhado e transforma-se num crossover urbano.

Os Crossovers estão na moda e o segmento B é dos mais disputados e dos que mais cresce.

Esta tendência fez com que a Ford decidisse relançar o seu antigo coupé em modo crossover.

A concorrência é feroz, mesmo dentro da própria “casa”, pois a Ford tem vindo a apostar fortemente em automóveis dos segmentos SUV e Crossover (Ka+ Active, Fiesta Active, Focus Active, Kuga e Edge).

O novo Puma tem tudo para se destacar, desde as suas dimensões, equipamento…até à versão híbrida.

Conheça o novo modelo da Ford.

10 coisas que deve saber sobre o novo Ford Puma

1. 1ª Geração

Lançado em 1997, o Puma era um coupé desportivo, compacto e com linhas arredondadas bem ao estilo “New Edge” da Ford.

O seu aspeto ‘felino’, tal como o próprio nome indica, tornava-o bastante apelativo e direcionava-o para os mais jovens.

O artigo continua após o anúncio

Produzido em Colónia, na Alemanha, possuía muitos dos componentes derivados do Fiesta de quarta geração e foi pensado para ser uma edição limitada, mas acabou por ser produzido em série.

Em 2002, a Ford decidiu terminar com a sua produção.

2. 2ª Geração

Em 2020, o Ford Puma renasce em modo Crossover urbano.

A procura cada vez maior de modelos SUV e CUV, levou a Ford a repensar o seu antigo coupé e a transformá-lo (e a atualiza-lo) para aquilo que é a tendência atual.

Tendo por base o Fiesta, o Puma procura atrair aqueles que privilegiam um estilo de vida mais ativo e urbano, um pouco no seguimento daquilo que acontecia com o Puma de 1ª geração.

3. Design exterior

Ford Puma design exterior

Fonte: Ford/ Divulgação

O novo Puma estará disponível em duas versões: o Puma Titanium e o Puma ST-Line.

O Puma Titanium vem equipado com jantes de 18 polegadas, saias laterais, elementos cromados na grelha, luzes de nevoeiro e um difusor traseiro com uma saída de escape de dimensões generosas.

O artigo continua após o anúncio

Por outro lado, o Puma ST-Line, naquela que é a versão mais desportiva deste modelo, poderá vir equipado com jantes de 18 ou 19 polegadas, suspensão desportiva, óticas com tecnologia LED e um spoiler defletor de grandes dimensões que prolonga a linha do tejadilho.

O que têm as duas versões em comum no que toca ao design? Na nossa opinião, o ar mais agressivo e arrojado.

O próprio design das ópticas da frente é semelhante. Concorda?

4. Design interior

Ford Puma interior

Fonte: Ford/ Divulgação

No interior deste veículo é de destacar o painel de instrumentos digital de 12.3″, que é oferecido como equipamento de série e que pode ser configurado de várias formas.

O Puma possui ainda um ecrã tátil de 8 polegadas com sistema de informação e entretenimento SYNC 3 e modem FordPass Connect, onde é possível ajustar as funções de infoentretenimento.

Com um design elegante, o Ford Puma possui ainda vários acabamentos em pele e introduz no segmento bancos com massagens lombares. As suas viagens nunca mais vão ser as mesmas…

5. Motorização

Este veículo estará disponível numa versão a gasolina 1.0 EcoBoost com 3 cilindros e 125 cv e numa outra com 152 cv.

O artigo continua após o anúncio

Uma versão diesel será também disponibilizada, mas mais tarde.

As versões 1.0 EcoBoost poderão vir equipadas com uma caixa manual de 6 velocidades ou uma caixa automática de 7 velocidades.

Para além destas versões, existirá ainda uma outra: uma versão com sistema mild-hybrid.

6. Sistema mild-hybrid

Tal como o Fiesta ou o Focus, também o novo automóvel da Ford terá uma versão com sistema mild-hybrid.

Denominado Ford EcoBoost Hybrid, este sistema associa o motor 1.0 EcoBoost a um motor-gerador por correia (BISG).

Este motor elétrico de 11,5 kW (15,6 cv) substitui o alternador e o motor de arranque e permite recuperar e armazenar energia cinética nas travagens, alimentando assim as baterias de 48 V de iões de lítio.

Este motor permite ainda extrair mais potência ao atingir 155 cv, garante um sistema start-stop mais rápido e suave, e permite até que se desligue o motor ao atingir os 15 km/h, até mesmo com o carro engatado, mas com o pedal da embraiagem pressionado.

A versão 1.0 EcoBoost Hybrid estará disponível em duas variantes: 125 e 155 cv.

A variante de 125 cv apresenta consumos de 5,4 l /100 km e emissões de CO2 de 124 g/km; a de 155 cv anuncia consumos e emissões de CO2 de 5,6 l /100 km e 127 g/km, respetivamente.

7. Inovadora bagageira

Ford Puma bagageira

Fonte: Ford/ Divulgação

A Ford anuncia que o Puma terá 456 L de capacidade de bagageira, um valor bem acima dos 292 L do Fiesta e dos 375 L do Focus.

No entanto, não é só a sua capacidade que é impressionante.

Esta bagageira introduz o Ford MegaBox – um compartimento na base da bagageira com 763 mm largura, 752 mm comprimento, 305 mm altura e com uma capacidade de 80 L, que permite transportar objetos mais altos.

E se sujar a Ford MegaBox? Pode sempre lavá-la com água pois esta contém um ralo para escoamento direto de água.

Esta super bagageira tem ainda uma prateleira que pode ser colocada a duas alturas e que pode ser arrumada contra as costas dos bancos traseiros.

Para abrir a bagageira, pode simplesmente aproximar o pé do sensor que se encontra por baixo do para-choques traseiro.

8. Tecnologia

Não é só o painel de instrumentos digital que se destaca neste novo Puma carregado de tecnologia.

O Ford Co-Pilot360 é um sistema de apoio à gestão da aceleração, travagem e direção composto por 12 sensores ultrassónicos, 3 radares e 2 câmaras (a traseira permite um ângulo de 180º), que disponibilizam todo o apoio ao condutor quando se trata de analisar o que se encontra à sua volta.

Outros sistemas de apoio à condução disponíveis são:

  • cruise control adaptativo com função Stop&Go na versão de dupla embraiagem
  • reconhecimento de sinais de tráfego (o Ford Puma emite até alertas caso entremos numa estrada em sentido contrário)
  • manutenção na faixa de rodagem
  • controlo da velocidade adaptativo
  • assistência de direção evasiva
  • assistente ao estacionamento perpendicular e paralelo
  • sistemas de pré e pós-colisão (com o objetivo de reduzir a gravidade das lesões em caso de embate)
  • máximos automáticos

Com o modem FordPass Connect e Wi-Fi LTE até 4G, é possível ter atualizações de trânsito em tempo real e receber até informações sobre eventuais perigos na estrada.

9. Data de lançamento

O Ford Puma será produzido na fábrica da Ford em Craiova, na Roménia, e a sua comercialização terá início no final deste ano.

A Portugal chegará em Janeiro de 2020.

10. Preço

E quais serão os preços para a nova máquina da Ford? Em relação aos preços das várias versões disponíveis…vai ser preciso aguardar mais um pouco, pois estes ainda estão por anunciar.

Veja também