Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
12 Jun, 2023 - 12:21

Fritadeira airfryer faz mal à saúde?

Catarina Milheiro

Será que a fritadeira airfryer faz mal à saúde? Saiba a resposta e conheça as vantagens e desvantagens da sua utilização.

Eis a questão com que muitas pessoas se debatem atualmente: a fritadeira airfryer faz mal à saúde? Também conhecida como fritadeira de ar quente, a airfryer funciona como um pequenino forno que nos permite confecionar pratos distintos e fritar alimentos sem usar óleo.

E ao contrário do que possa pensar, esta fritadeira não dá para cozinhar apenas fritos. Existem várias refeições que podem ser confecionadas no aparelho sem que sejam fritas.

Com o passar dos anos é normal que se criem novos eletrodomésticos que permitam facilitar o nosso dia a dia. No entanto, a popularização da fritadeira airfryer veio revolucionar a forma como fritamos os alimentos (já que com o aparelho não necessitamos de óleo para o fazer).

Por outro lado, surgiram algumas polémicas, dúvidas e preocupações relativamente ao consumo de alimentos confecionados nas airfryers. Queremos esclarecer todas as suas dúvidas, fique connosco.

A fritadeira airfryer faz mal à saúde?

Antes de percebermos se a fritadeira airfyer faz mal à saúde ou não, é importante percebermos como funciona este equipamento.

São cada vez mais os modelos disponíveis no mercado, bem como os preços que estão mais económicos para os portugueses – algo que os torna por si só atrativos.

Este tipo de eletrodomésticos replicam o efeito que se obtém com o óleo a borbulhar nas fritadeiras tradicionais. Ou seja, fazem circular o ar e a gordura sobreaquecidos pelos alimentos.

Quando comparados com a fritura tradicional, a airfryer não requer a utilização de gordura ou óleo para cozinhar os alimentos. Contudo, este tipo de confeção tem as suas vantagens e desvantagens associadas.

Uma das grandes desvantagens que está relacionada com a airfryer é o facto de levar mais tempo a fritar do que os modelos a óleo. Ora, isto faz com que se consuma mais energia e fritam-se os alimentos a temperaturas elevadas – algo que contribui para a formação de uma substância potencialmente cancerígena.

É importante referir que, este tipo de substância (a acrilamida) surge de forma natural em alguns alimentos quando os mesmos são cozinhados a elevadíssimas temperaturas.

Por isso, podemos afirmar que a fritadeira airfryer poderá ser nociva para a nossa saúde se não soubermos como devemos confecionar algumas refeições e que tipos de alimentos são mais ou menos aconselhados para o equipamento.

Mas o que é a acrilamida?

Como já explicamos, a acrilamida forma-se de maneira natural nos alimentos que são ricos em açúcares redutores (como a glucose e a frutose) e num aminoácido (a asparagina).

Tudo isto está presente nas batatas, por exemplo, que quando sujeitas a temperaturas elevadas podem dar origem ao aparecimento da acrilamida. Também nos fritos, nos grelhados e nos assados a substância pode surgir.

Foi classificada como potencialmente cancerígena por provocar cancro em animais e constituir um risco para o Homem – quem o diz é a Agência Internacional para a Pesquisa do Cancro.

Por exemplo: no caso de cozinharmos batatas, existem vários fatores que podem influenciar a formação desta substância. Falamos da temperatura, a variedade, a forma como são conservadas e até como as descascamos.

De que forma podemos prevenir a formação desta substância?

Se tem uma airfryer em casa ou se tenciona adquirir uma e pretende prevenir a formação de acrilamida atente nas seguintes dicas que deixamos de seguida.

  • No caso das batatas, compre variedades próprias para fritura que têm, por norma, baixo teor de açúcares redutores. Mas, em caso de dúvida, leia sempre os rótulos das embalagens.
  • Guarde as batatas a uma temperatura acima dos 6ºC. Recordamos que quando mais baixa for a temperatura em que são guardadas, maior será a quantidade de açúcares redutores que se forma.
  • Descasque os alimentos de forma correta de acordo com o cozinhado, retirando toda a casca (já que é precisamente nesse local onde se pode formar a maior concentração de açúcares redutores.
  • Evite que as cebolas e batatas que armazenou “grelem”. Opte por guardá-las num local escuro.
  • Quanto mais grossos forem os alimentos que fritar na airfryer, maior será a probabilidade de se formar acrilamida. Assim, no caso das batatas corte sempre em palitos finos.

As vantagens e desvantagens do uso de fritadeiras airfryer

Vantagens

  • Menor teor de gordura quando comparadas com uma fritadeira tradicional.
  • Para quem está a perder peso, a airfryer pode ajudar devido ao baixo valor energético.
  • Usam menos óleo do que as tradicionais.
  • São mais práticas de usar, lavar e arrumar.

Desvantagens

  • Risco de formação de acrilamida (substância altamente cancerígena).
  • Devido às elevadas temperaturas, a fritadeira elétrica não preserva o valor nutricional dos alimentos.
  • Corremos o risco de não sabermos utilizar corretamente o equipamento;
  • Não garantem um dieta saudável.

Apesar de ser um equipamento eletrónico que pode ser potencialmente perigoso para a saúde quando mal usado, a airfryer está presente em muitas casas e a verdade é que facilita as nossas rotinas.

Para uma correta utilização, é necessário ter atenção à forma como prepara e confeciona cada um dos alimentos que coloca lá dentro. Além disto, evite fazer um uso constante do aparelho e vá variando nos seus cozinhados. Afinal, uma dieta equilibrada é o segredo para manter a sua saúde e bem-estar.

Veja também