Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
18 Ago, 2020 - 12:24

Fritar sem óleo? Saiba como fazer fritos perfeitos (e saudáveis)

Mónica Carvalho

Fritar sem óleo já é possível, graças aos novos equipamentos existentes no mercado – uma forma mais saudável de comer fritos.

fritar sem óleo

Quem não adora uma boa dose de fritos estaladiços e cheios de sabor? É difícil resistir às batatas, ao frango e, até, aos legumes quando são crocantes e suculentos – certo? Se andou a fugir destes pequenos prazeres e acreditava que para manter a saúde em dia tinha de cortar os fritos da dieta, saiba que estava enganado. Pelo menos a partir de agora, ignorar este tipo de preparação e excluir os fritos da dieta é perda de tempo. Já existem no mercado vários equipamentos que permitem fritar sem óleo, para se deliciar sem culpa.

CONHEÇA os diferentes tipos de FRITADEIRAS DO MERCADO

Não sabe como escolher a melhor fritadeira? A grande dica é: opte pela que melhor se ajusta às suas necessidades. Para começar, precisa de saber que existem três grandes tipos de fritadeiras a ter em conta, e são os seus objetivos que vão definir qual é o mais indicado para si.

fritos

Fritadeira convencional

Esta é a fritadeira indicada para quem prepara poucos fritos e, por ter uma capacidade reduzida, é ideal para confecionar refeições para poucas pessoas. Ou seja, é perfeita para cozinhar pequenas porções de cada vez.

Semiprofissional

Esta é a melhor fritadeira para aqueles que não conseguem ficar longe dos fritos ou para as famílias mais numerosas. Por ter uma grande capacidade para os alimentos, é possível cozinhar maiores quantidade de comida em simultâneo.

Fritadeira com baixo teor de gordura

É fã das comidas mais saudáveis, mas, de vez em quando, também não abre mão de saborear comida frita? Então, opte por uma fritadeira que necessite de apenas uma pequena quantidade de óleo, mas mantém os alimentos crocantes e suculentos, tal como as fritadeiras convencionais.

Fritadeira sem óleo

Este tipo de aparelhos replica o efeito que se obtém com o óleo a borbulhar nas fritadeiras tradicionais, fazendo circular o ar e a gordura pelos alimentos. Todavia, deve ter em conta que, além de levarem mais tempo a fritar do que os modelos a óleo, consume mais energia.

O QUE TER EM CONTA NA ALTURA DE COMPRAR A FRITADEIRA?

Há três questões que deve colocar na hora de levar para casa a sua nova fritadeira e as respostas devem, de facto, moldar a decisão de compra. Tome nota.

1

Verifique a capacidade de óleo e de alimentos

Se está de olhos postos numa fritadeira sem óleo, esta questão não será determinante. Isto porque a máquina praticamente não requer a utilização de óleo. Neste caso, verifique a capacidade de alimentos. Para famílias maiores, o ideal é apostar em máquinas com maior capacidade, por exemplo.

No entanto, se procura por uma fritadeira semiprofissional ou convencional, esta é uma questão que deve mesmo influenciar na compra. A premissa de existir maior capacidade de óleo é preponderante para quem deseja utilizar a máquina para preparar vários pratos, enquanto que aqueles que vão cozinhar poucos fritos devem optar pelas máquinas com menor capacidade.

2

Tenha em conta a segurança

Por alcançarem altas temperaturas, é extremamente importante que verifique algumas características de segurança da fritadeira. Isto serve para evitar acidentes e queimaduras.

A primeira característica que deve analisar é o termostato. Esta é a opção que vai permitir saber a temperatura do óleo, sabendo se é seguro adicionar os alimentos ou retirar tudo no final da sua utilização.

Certifique-se que  a fritadeira tem a opção de paredes frias, pois esta função limita o seu aquecimento, permitindo manter uma temperatura uniforme no seu exterior.

Por último, escolha uma fritadeira com cesto amovível, que vai facilitar a colocação dos alimentos no óleo.

3

Verifique o tipo de limpeza

Acredite: limpar uma fritadeira pode ser uma tarefa morosa. Neste ponto, o mais importante a analisar é a forma como vai retirar o óleo que foi utilizado. Há modelos que permitem o seu escoamento através de um compartimento amovível.

Preparados para os melhores fritos de sempre? Então diga adeus à culpa e olá à alimentação mais saudável. Agora, já não precisa de fugir das receitas estaladiças.

Bom apetite!

Veja também