Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
20 Set, 2019 - 14:56

Golegã: uma viagem pela capital do cavalo

Márcio Matos

A Golegã é uma vila ribatejana, popular pela sua Feira de Cavalos, mas também por um património rico e diversificado. Fique a saber mais sobre este destino.

Golegã cavalos

A Golegã é uma vila portuguesa situada no Ribatejo, mais exatamente no distrito de Santarém. Tem perto de 4000 habitantes e é, principalmente, conhecida pela Feira Nacional do Cavalo, que ocorre anualmente no mês de novembro.

Todavia, há outros pontos de interesse nesta vila, desde logo a sua Natureza ímpar e, também, o seu património histórico e arquitetónico de grande valor. Portanto, ir à Feira dos Cavalos e não explorar toda a riqueza da região é ficar muito aquém de tudo aquilo que esta vila tem para ver e fazer.

Golegã: roteiro por uma vila ribatejana

Golegã feira
A Feira do Cavalo é já uma tradição no concelho

A vila ribatejana da Golegã fica na lezíria e é atravessada pelos rios Tejo e Almonda. A sua Natureza é uma das suas grandes mais valias, mas há muito para ver e fazer neste destino.

É impossível falar desta vila e não mencionarmos a sua Feira Nacional de Cavalos, que existe desde o século XVI. São milhares os entusiastas equestres e os criadores que todos os anos ali vão para admirar os melhores exemplares de cavalos portugueses.

Além disso, a Golegã é conhecida pelo seu património histórico, social, patrimonial e artístico. Há belos exemplares de arquitetura religiosa como a Igreja Matriz (dos séculos XV e XVI), a Igreja de Nossa Senhora dos Anjos e a Capela de Santo António. Associadas à tradição senhorial e à criação de cavalos, há ainda várias Quintas, como a da Cardiga.

Também de visita obrigatória é a Casa-Estúdio Carlos Relvas e o Museu de Pintura e Escultura Martins Correia, popular pela sua coleção de arte moderna. Para os amantes da Natureza, há a Reserva Natural do Paúl do Boquilobo, com 529 hectares, e a maior colónia de garças da Península Ibérica.

Principais pontos de interesse

Igreja Matriz da Golegã

Esta igreja foi construída na primeira metade do século XVI. Apresenta-se em estilo manuelino com um pórtico monumental de arcos policêntricos representando a Cruz de Cristo. As paredes junto do altar estão revestidas com bonitos azulejos azuis. É um dos edifícios mais importantes da vila, pelo que não pode deixar de ficar a conhecê-lo.

Reserva Natural do Paúl do Boquilobo

Na junção entre os rios Tejo e Almonda, fica esta reserva composta por maciços de salgueiros e freixos. Esta é a única área protegida portuguesa integrada na Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO. É particularmente agradável visitar este espaço entre os meses de março e julho, quando a Reserva fica coberta de verde.

Além da colónia de garças, já referida, há muitas outras espécies a habitar esta Reserva, tais como anatídeos, galeirões, limícolas, o Zorro-comum, o Coelheiro, a Piadeira, ou peixes como o Ruivaco, a Boga-portuguesa, ou mesmo outras espécies como a lontra, o Toirão, o Rato de Cabrera, entre tantas outras.

É possível aceder ao espaço através do caminho da Quinta do Paul ou pela Estrada da Golegã em direção à Azinhaga (2km). O passeio pela Reserva estende-se por cerca de 4kms e pode demorar cerca de 3 horas.

Golegã Azinhaga
Azinhaga do Ribatejo, no concelho da Golegã

XXI FEIRA INTERNACIONAL DO CAVALO / XLIV FEIRA NACIONAL DO CAVALO

Entre 01 e 11 de novembro, tem lugar a Feira Nacional do Cavalo e a Feira Internacional do Cavalo Lusitano, integradas na Feira de São Martinho. Mais uma vez, a capital do cavalo – como também é conhecida esta vila – volta a acolher criadores de cavalos, provas desportivas e atividades destinadas aos profissionais, amadores ou simples curiosos do mundo equestre.

Ficha de Inscrição para Expositores (até 15 de setembro)

Onde comer?

Conheça alguns dos restaurantes sugeridos pelo turismo da Câmara Municipal da Golegã.

Onde dormir?

Conheça alguns dos alojamentos sugeridos pelo turismo da Câmara Municipal da Golegã.

Veja também