Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luísa Santos
Luísa Santos
23 Mai, 2018 - 12:58

Google One: conheça o novo serviço cloud da Google

Luísa Santos

O Google One é o novo serviço da Google que vem substituir, em parte, o Google Drive e que passará a funcionar como a Dropbox. Veja tudo o que deve saber.

Google One: conheça o novo serviço cloud da Google

Quem já usa o pacote pago do Google Drive será notificado deste upgrade e passará a utilizar, automaticamente, o Google One. Os utilizadores que têm a versão grátis do Google Drive terão de esperar pelo lançamento da mais recente novidade da Google. Veja, neste artigo, o que deve saber sobre o novo serviço.

Google One: o maravilhoso mundo do armazenamento em cloud

google drive

Até agora, o Drive tem funcionado como um serviço de armazenamento que está ligado a vários serviços da empresa, nomeadamente o Gmail, o Google Photos e as várias apps do Google Drive. Agora, imagine que todos esses serviços se agregam num só: o Google One. Isso não significa que o Google Drive vai deixar de existir, mas sim que vai estar integrado no Google One, que é um serviço de armazenamento na cloud.

Esta funcionalidade vai estender-se para além do seu browser de computador ou do smartphone. Irá estar disponível, simultaneamente, uma app que poderá descarregar para, a partir dela, gerir o seu armazenamento – saber quanto paga e se quer pagar mais ou menos (alterando, assim, o seu pacote quando entender que o deve fazer).

Mas as novidades não ficam por aqui. Para além da enorme capacidade de armazenamento que estará disponível para compra, pode ainda dividir a mesma com até cinco membros do seu agregado familiar. Além disso, o serviço de apoio ao cliente estará disponível 24h/dia, através da app já referida. Para já, este serviço so estará disponível nos E.U.A., mediante a seguinte tabela de preços:

 Armazenamento Preço/mês ($)
 15GB grátis
100GB$1,99
200GB$2,99
2TB$9,99
10TB$99,99
20TB$199,99
30TB$299,99

Porquê o Google One?

É cada vez mais frequente assistir à transferência e armazenamento de ficheiros em plataformas online, que não impliquem a existência de uma pen por perto. Quem diz pen, diz um disco externo, um CD ou um cartão de memória.

É, por isso, usual pedir que transfiram um ficheiro para si através da Dropbox, do MyAirBridge ou do Drive. Ter uma cloud disponível e com muita capacidade de armazenamento é, hoje em dia, uma mais-valia para quem não quer transportar consigo dispositivos físicos de armazenamento.

Esses métodos (de armazenamento ou transferência) são cada vez mais simples de usar, para além de serem muito mais rápidos do que passar um ficheiro para um pen, por exemplo. Basta que tenha o login feito para rapidamente entrar no Drive e, através dele, manusear os documentos, fotografias e vídeos que entender, de forma fiável e segura.

Sabendo que os smartphones são lançados com cada vez mais qualidade de câmara, é fácil perceber que isso implica a gravação de ficheiros cada vez mais pesados – é aí que entra o Google One, para armazenar esse ficheiros na cloud e libertar espaço no telemóvel.

Já é, inclusive, possível filmar vídeos a 4K e nenhuma memória de smartphone aguenta, durante muito tempo, este tipo de armazenamento. Ter uma conta no Google One é, por isso, vantajoso nesse sentido também – para além de poder ter acesso aos seus dados a partir de qualquer dispositivo, em qualquer lugar.

Veja também: