ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Teresa Campos
Teresa Campos
27 Abr, 2021 - 11:54

Higiene oral: cuidados a ter para manter um sorriso saudável

Teresa Campos

A higiene oral é essencial para prevenir doenças da boca e dentes. Saiba quais os cuidados a ter para garantir a sua saúde oral.

Dicas de higiene oral

A higiene oral é uma das principais formas de evitar doenças na boca e dentes. Alguns sinais de uma boa higiene oral são dentes limpos e sem restos alimentares; gengivas rosadas que não doem, nem sangram, e hálito agradável.

No entanto, os cuidados de higiene oral ainda não são postos em prática por muitas pessoas que, por isso, acabam por sofrer de problemas como cáries, gengivite, periodontite, halitose, abcessos, sensibilidade dentária,  tártaro e placa bacteriana. Perceba como deve tratar da sua boca e dentes, para uma higiene oral adequada.

Higiene oral: conheça os cuidados que deve ter com a sua boca e dentes

Tratar da saúde da boca e dos dentes, através de uma higiene oral regular e correta, permite evitar doenças, mastigar melhor os alimentos, pronunciar adequadamente as palavras e exibir um sorriso bonito e saudável.

Sem uma boa higiene oral, a nossa boca fica mais vulnerável às bactérias que existem nos alimentos e nas bebidas e que estão na origem da inflamação dos tecidos à volta dos dentes. Além disso, uma higiene oral insuficiente pode ainda estar associada a outras doenças que não orais, como é o caso da endocardite (problema cardíaco), do entupimento arterial e dos derrames cerebrais.

Medidas para uma boa higiene oral

  • Escovar os dentes, pelo menos duas vezes por dia, durante 2 minutos, 30 a 60 minutos após cada refeição, usando uma pasta dentífrica com flúor;
  • Mastigar pastilhas elásticas sem açúcar, pois estimulam o fluxo salivar e a produção de cálcio e fosfato, fortalecendo o esmalte dentário e prevenindo a cárie dentária;
  • Bochechar com um elixir próprio, pelo menos uma vez por dia;
  • Usar o fio dentário diariamente, antes ou depois da escovagem, para remover os restos alimentares e as bactérias presentes no espaço entre os dentes;
  • Substituir a escova de dentes de 3 em 3 meses ou quando as cerdas se apresentarem desgastadas;
  • Ir regularmente ao dentista com regularidade, pelo menos duas vezes por ano;
  • Não fumar;
  • Fazer uma alimentação saudável.
dentista a tratar paciente

Como escovar corretamente os dentes: passo a passo

  1. Incline a escova com um ângulo de 45º na direção da gengiva e faça movimentos horizontais ou circulares.
  2. Escove delicadamente as superfícies exteriores e interiores dos dentes, através de movimentos curtos.
  3. Escove a língua para eliminar as bactérias e melhorar o hálito.

Como usar o fio dentário: passo a passo

  1. Retire cerca de 45 cm de fio dentário.
  2. Envolva o fio na curva dos dentes.
  3. Limpe abaixo da linha da gengiva.
4 dicas para uma melhor saúde dentária
Veja também 4 dicas para uma melhor saúde dentária

Cuidados com a alimentação

A alimentação também interfere na nossa saúde oral. Os ácidos resultantes do processo de transformação dos açúcares e dos hidratos de carbono aceleram a decomposição do esmalte dos dentes. Por esse motivo, costuma dizer-se que “comer doces faz mal aos dentes”.

Na verdade, alimentos ricos nessas substâncias são mais “agressivos” para o esmalte dentário e, por isso, a escovagem, após o consumo destes produtos, é especialmente recomendada. Assim, fique a saber quais os alimentos a privilegiar e quais deve evitar.

Homem a trincar maçã

O que comer?

Deve preferir os alimentos ricos em fósforo e cálcio, de modo a fortalecer o esmalte dentário, e com alto teor de água, para aumentar o fluxo de sanguíneo. Assim, deve comer:

  • Queijos;
  • Carnes brancas;
  • Nozes;
  • Leite;
  • Legumes e vegetais (brócolos e espinafres);
  • Fruta (maçã e pera).

O que evitar comer?

A ingestão de alimentos ricos em açúcar ou ácidos deve ser reservada a dias especiais. Assim, deve evitar-se o consumo de alimentos como:

  • Doces;
  • Batatas fritas;
  • Citrinos;
  • Pão branco;
  • Refrigerantes;
  • Bebidas energéticas;
  • Fruta enlatada;
  • Café;
  • Bebidas alcoólicas.
Veja também