Márcio Matos
Márcio Matos
29 Nov, 2021 - 11:05

Islândia: viagem inesquecível à terra do gelo e do fogo

Márcio Matos

A Islândia é um país onde a Natureza nos brinda com os seus melhores encantos. Fique com um aperitivo do que pode ver e agende já uma visita.

aurora boreal na Islândia

Para muitos, a Islândia é um verdadeiro destino de sonho e é fácil perceber porquê. Quem for sensível aos caprichos da Natureza, encontra neste país atrativos como as suas cascatas, a sua fauna e uma panóplia de fenómenos naturais verdadeiramente encantadores. Descubra mais sobre este destino único.

Por que é que a Islândia é tão encantadora?

Conhecida por muitos como a Terra do Gelo e do Fogo, por possuir tanto glaciares, como vulcões, há diversas razões para visitar a Islândia. A superfície deste país conta mais de 100.000kms2, repletos de pontos de interesse únicos, como géiseres, glaciares, fontes termais, a Lagoa Azul, a aurora boreal, baleias e aves nativas.

O seu clima e geografia contribuem, em muito, para a preservação de todos os seus encantos naturais. Além disso, para lá da sua Natureza exuberante, a Islândia também é composta por cidades e vilas pacatas e sossegadas, onde pode saber mais sobre as lendas vikings e as tradições nórdicas.

Escusado será dizer que a história escandinava está na moda, muito fruto de filmes e séries como a Guerra dos Tronos que usaram locais deste país como cenários para inúmeras das suas cenas.

Por isso, se também se deixou apaixonar pelas maravilhas da Islândia, compre bilhete para a sua capital, Reykjavík, explore os seus museus e  sua gastronomia, sem deixar de explorar tudo o que existe nas imediações desta cidade e que tornam a Islândia num destino de sonho!

Lagoa Azul na Islândia

O que visitar na Islândia?

Já frisámos que a Islândia é muito mais do que a sua capital. Ainda assim Reykjavík é um excelente ponto de partida para ficar a conhecer este país e, por isso, começamos por falar desta cidade.

Reykjavík

Reykjavík é a capital da Islândia, mas não é uma cidade muito grande. Porém, não faltam parques, ruas e cafés para explorar.

O seu porto preserva muita da herança viking e, por isso, é de passagem obrigatória. E se se interessa por história, então visite o Museu Nacional da Islândia que narra um pouco do trajeto do país, desde a sua origem à atualidade.

Se lhe falarem em Hallgrímskirkja, referem-se à maior Igreja Luterana islandesa que tem como influências, imagine-se, as próprias formações vulcânicas tão comuns neste país. É possível subir à sua torre e admirar toda a panorâmica. Pelo caminho, espreite ainda o maravilhoso órgão com 5000 tubos.

Para trazer souvenirs para a família e para os amigos, passeie pela Laugavegur ou pela Skólavörðustígur, as ruas de comércio e de artesanato mais conhecidas da capital, cheias de belíssimas lojas nacionais e internacionais.

Aurora Boreal

É impossível falar na Islândia, sem falar em aurora boreal. O território islandês é, sem dúvida, dos melhores para admirar esta maravilha da Natureza. Na origem deste fenómeno, estão partículas solares.

Para ser visível, é necessário estar num lugar escuro. Além disso, quanto mais perto estiver do Círculo Polar Ártico (caso das cidades de Akureyri, Isafjordur e Húsavík), melhor conseguirá apreciar a aurora boreal.

No que respeita ao calendário, o período ideal para conseguir apreciar na sua plenitude este fenómeno é de setembro a abril, sobretudo nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

Lagoa Azul

Já aqui falámos sobre ela. A Lagoa Azul é uma verdadeira piscina ao ar livre, com a vantagem de ter as suas águas aquecidas por uma central geotérmica. A particularidade é que o cenário envolvente é encantador, com a lava negra e a Natureza soberba. Um spa incomparável a nenhum outro.

Geysir Hot Springs

Também já destacámos como os géiseres fazem parte da riqueza natural da Islândia. Apesar de não ser dos mais ativos, é possível ver as águas deste elevarem-se dezenas de metros, desde dentro da terra, em apenas breves minutos.

geiser Islândia

Parque Nacional de Thingvellir

Este é um dos vários parques islandeses que pode visitar e onde pode ficar a conhecer lagos, rochas, campos e uma singela e amorosa igreja em madeira. Vale ainda a pena ficar a saber que aqui se reunia o parlamento Viking da Islândia.

Campos de lava Dimmuborgir

Estes campos de lava são absolutamente imperdíveis, em qualquer viagem à Islândia. São compostos por cavernas vulcânicas e formações rochosas que podem ser admiradas através dos caminhos que se percorrem por entre a lava. Há trajetos para todo o tipo de viajantes.

Planalto rochoso Dyrhólaey

Suba até este planalto e admire a paisagem, composta por uma praia vulcânica e deslumbrantes colunas rochosas de basalto, implantadas no meio do mar.

Reza a lenda que essas colunas eram, na verdade, dois ogres que tentarem arrastar um navio de três mastros para terra, mas foram petrificados, quando o sol nasceu.

Cascata Skógafoss

Na Islândia, cascatas há muitas! Esta é uma das mais poderosas e impactantes. Consegue subir ao seu topo, através de uma escada e, assim, admirar as vistas sobre a costa do sul da Islândia.

sala decorada ao estilo escandinavo
Veja também Decoração escandinava: o estilo que falta aí em casa

O que comer na Islândia?

Apesar da Islândia ser sobretudo reconhecida pelas suas paisagens arrebatadoras, também é importante saber quais as iguarias que não pode mesmo deixar de provar. Tome nota:

  • Iogurte Skyr;
  • Chocolates;
  • Salmão e bacalhau, nomeadamente grelhado ou fumado;
  • Sopa islandesa, feita com legumes (cenoura, repolho, cebola e pedacinhos de carne de cordeiro) e acompanhada com pão;
  • Carne de cordeiro, um das carnes mais conumidas na Islândia.
  • Cachorro-quente, com salsicha de carne de cordeiro;
  • Óleo de fígado de bacalhau, servido em pequenos copos;
  • Brennivín, uma bebida alcoólica bastante forte.
Veja também