Ekonomista
Ekonomista
30 Jan, 2024 - 10:52

IWG reforça presença em Portugal com três novos espaços

Ekonomista

Com a escolha pelo trabalho híbrido a ganhar cada vez mais terreno, a IWG vai abrir três novos espaços, em Lisboa e no Porto.

Espaço de trabalho da IWG

Neste primeiro semestre de 2024, a IWG vai realizar três novas aberturas em Portugal de espaços de trabalho de classe superior, ideais para responder Às necessidades de quem já faz do trabalho híbrido uma realidade diária.

A abertura destas novas localizações (Regus Porto Bom Sucesso, Regus Lisboa D. João V e Spaces Oriente) surge logo após a IWG registar a maior receita trimestral de sempre, e um crescimento acelerado da sua rede, com cerca de novas 900 localizações a nível global, em 2023.

O Spaces Oriente, em Lisboa, vai proporcionar 3000m² de espaço de trabalho flexível, com coworking, escritórios privados, salas de reuniões e espaços criativos.

A IWG irá inaugurar também em Lisboa a Regus Dom João V, um espaço de trabalho com 100m², concebido como um ambiente propício à criatividade e produtividade ilimitadas, alcançando um total de 15 localizações na região Sul.

Mais a norte do país, abrirá o Regus Porto Bom Sucesso, com 100m² de comodidades de vanguarda para empresas de todas as dimensões.

Com abertura no início de 2024, as novas unidades irão proporcionar aos trabalhadores das regiões de Lisboa e Porto espaços de trabalho sofisticados, com áreas de coworking vibrantes, escritórios privados modernos e salas de reuniões dinâmicas.

IWG acelera presença em Portugal

Com a crescente procura de soluções de trabalho híbridas, a IWG tem vindo a adicionar novas localizações em Portugal a um ritmo acelerado. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), o modelo de trabalho híbrido já é o preferido entre os trabalhadores portugueses, com 40% dos colaboradores a conseguirem alternar entre a sede da empresa, o escritório local e a residência.

Este modelo de trabalho continua a inspirar as multinacionais, bem como as pequenas empresas que procuram trabalhar de forma mais inteligente, melhorar a sua produtividade e evitar deslocações desnecessárias.

“Com estas inaugurações, estamos a estabelecer uma presença mais forte e muito necessária em Portugal. Este ano estamos a trabalhar para abrir em novas cidades e arredores e para nos expandirmos em todo o país“, afirma Mark Dixon, CEO e fundador do IWG.

“Sendo importantes pólos de negócios, Lisboa e Porto são locais fantásticos para impulsionarmos os nossos planos de expansão. Estamos muito satisfeitos por trabalhar com os nossos parceiros para desenvolver as marcas Regus e Spaces sob acordos de gestão que irão acrescentar espaços de trabalho de vanguarda aos seus edifícios”, frisa o responsável..

Em busca de novos parceiros

A IWG está a trabalhar com proprietários e investidores para expandir o seu modelo de parceria e procura ativamente novos parceiros em todo o país.

As parcerias permitem que proprietários e investidores aumentem o retorno dos seus imóveis, capitalizando a rápida expansão da procura de soluções de trabalho híbrido.

A IWG oferece apoio ao longo de todo o processo, incluindo a utilização da sua plataforma tecnológica líder de mercado, o acesso a expertise em design e adaptação, bem como a recursos de vendas e de marketing, onde são gerados mais de 100.000 pedidos todos os meses em termos globais.

Para justificar esta aposta da IWG, refira-se que com o crescimento explosivo do mercado à medida que as empresas de todas as dimensões adotam o trabalho híbrido a longo prazo, prevê-se que 30% de todos os imóveis comerciais sejam espaços de trabalho flexíveis até 2030.

Veja também

Artigos Relacionados