Ana Luisa Santo
Ana Luisa Santo
11 Jul, 2017 - 12:19
Como melhorar a sua performance física

Como melhorar a sua performance física

Ana Luisa Santo

O treino físico prepara o atleta para aumentar o seu desempenho. Aprenda a otimizar o rendimento na prática regular de exercício físico com estas dicas.

O artigo continua após o anúncio

O objetivo das pessoas que praticam exercício físico regular, sejam atletas profissionais ou não, é conseguir cada vez mais capacidade física, potenciar os treinos em resistência e carga para atingir o êxito na atividade desportiva.

O seu corpo possui todas as informações sobre o seu rendimento físico e as metas que poderá atingir a curto, médio e longo prazo. É necessário saber e aprender a descodificar essas informações e interpretá-las de forma realista e consciente. A evolução deverá ser gradual e progressiva para evitar lesões e desajustes físicos que poderão pôr em causa a sua integridade desportista.

Em todo o caso, o seu plano de atividade física poderá ser feito com acompanhamento especializado, um treinador, personal training ou um professor da área disciplinar que pratica. Este acompanhamento permite a avaliação, escolhas e toda a gestão que o ajudarão a atingir os resultados que deseja com segurança e motivação.

A fitoterapia ao serviço da performance física

fitoterapia

Fonte da imagem: Natural Med

Receita fitoterápica

Ingerir duas horas antes do exercício físico extrato líquido ou seco combinado de Eleutrococo, Ginseng Coreano, Rodiola e carnitina.

O Eleuterococo, o Ginseng Coreano e a Rodiola são plantas medicinais com ação adaptogénica, com capacidade para ajudar naturalmente o corpo a tolerar os danos causados pelo stress físico.

A carnitina (L-carnitina) é uma substancia presente nos tecidos musculares, sintetizada pelo próprio organismo em pequenas quantidades. Pode obter-se através da dieta pelo consumo de carnes vermelhas e produtos lácteos. No entanto, são muitos os casos em que existe uma carência deste nutriente, como por exemplo no exercício físico extenuante, nos vegetarianos e na obesidade.

Nos desportistas, ajuda a aumentar a resistência, a promover o desenvolvimento da massa muscular, bem como a recuperar de lesões. A L-carnitina não é tóxica, não causa dependência, pelo que pode ser consumida como suplemento alimentar para melhorar a performance física.

O artigo continua após o anúncio

O Eleuterococo (Eleuterococo senticosus) não só aumenta a resistência física, como melhora a saúde mental, melhora a imunidade, regula a função endócrina pela diminuição dos níveis de cortisol, proporcionando diminuição da fadiga, astenia, ansiedade e stress.

O Ginseng Coreano (Panax Ginseng), uma das plantas mais estudadas na antiga fitoterapia, cujas propriedades terapêuticas a tornaram uma espécie protegida. Muito consumida para aumentar a energia do organismo, aumentando a capacidade de exercício, trabalho, concentração e redução significativa do stress.

A Rodiola (Rhodiola rosea) é uma outra planta surpreendente da natureza. Melhora a sensação de calma ao mesmo tempo que aumenta a energia, a concentração e a resistência física.

Outras dicas importantes

  • Alimentação rica em carboidratos (pão, cereais, arroz e massas) que auxiliam na aquisição ou manutenção da massa muscular necessária para manter o corpo do desportista em boas condições;
  • Hidratação com ingestão de bastantes líquidos ao longo do dia;
  • Determinação: faça acontecer os seus objetivos. Vencer uma prova ou conseguir atingir uma simples meta física é o impulso para o trabalho e nunca se renda às dificuldades ou aos momentos de desânimo.

Veja também: