ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Marvin Tortas
Marvin Tortas
05 Abr, 2021 - 11:55

Melhores carros dos anos 2000: 10 modelos que marcam a história

Marvin Tortas

Marcavam a tendência há 20 anos, mas hoje são apenas carros bons, baratos e fazem parte da história. Conheça os melhores carros dos anos 2000.

melhores carros dos anos 2000 a circular

A média de idade de 12,4 anos dos carros em Portugal torna-nos num dos países com o parque automóvel mais velho da Europa. Ainda assim, a grande parte dos automóveis em circulação hoje foram já comprados na década passada. Será que o carro que tem na garagem é um dos melhores carros dos anos 2000?

Entre 2000 e 2009 chegaram aos concessionários míticos carros como o Aston Martin DB9, o Ferrari Enzo, o Porsche Carrera GT ou o Lamborghini Murciélago. Sem dúvida que estes carros já entraram para a história e deveriam figurar como cabeças de cartaz de qualquer lista que se pronuncia sobre os melhores carros dos anos 2000.

No entanto, neste artigo seleccionamos apenas os melhores carros que hoje são acessíveis a qualquer carteira. Assim, apresentamos modelos que não viram o seu preço ser inflacionado de forma ridícula por toda a especulação criada no mercado automóvel nos últimos anos.

Desde carros para uso diário a futuros clássicos, a lista de modelos e marcas é variada. Os preços são também para “todos os gostos”. Conheça, então, alguns dos melhores carros dos anos 2000.

Melhores carros dos anos 2000: top 10

1

Mercedes CL500

Não é dos modelos mais amados da Mercedes. O seu design não agradou a todos. Mas para quem queria o equilíbrio perfeito entre um carro confortável e um carro desportivo, este modelo era o melhor que existia para oferecer em 2004.

O motor é partilhado com o do SL500 AMG, um V8 de 302 cavalos de potência. Novo, custava pouco mais de 120.000€. Hoje há exemplares imaculados à venda por cerca de 15.000€. Este será, sem dúvida, um objeto de coleção daqui a apenas alguns anos.

2

Volkswagen Golf Mark V

O Volkswagen Golf é um dos carros mais vendidos no mundo e o seu legado tem já quase 45 anos.

O modelo da quarta geração, vendido entre 2003 e 2009 podia ser equipado com um dos melhores e mais resistentes motores de sempre, o motor a diesel de 4 cilindros e 1900 de cilindrada, que debitava 105 cavalos.

Este motor aliado à qualidade de construção deste carro tornam-no num dos mais resistentes e melhores carros dos anos 2000. Ainda hoje pode ser comprado em segunda ou terceira mão e garantir centenas de milhares de quilómetros de uso aos seus novos donos.

3

Audi A4

Tal como o Volkswagen Golf Mark V, a 2ª geração do Audi A4 também pode ser equipada ou com um excelente motor 1.8 turbo a gasolina, ou com o maravilhoso motor 1.9 turbo diesel que praticamente nenhum problema dá aos seus proprietários.

Se quisesse, nos anos 2000, comprar um carro familiar prático, bonito, confortável e bem construído, uma das suas escolhas seria, certamente, um Audi A4.

4

Mercedes Classe C

Se o Audi A4 era conhecido pelo seu estilo mais vanguardista, o Classe C era um rival com um design mais clássico e conservador. Embora os dois modelos fossem semelhantes, o Mercedes superava o rival de Ingolstadt em várias frentes, nomeadamente no conforto e nos equipamentos disponíveis.

Os Classe C dos anos 2000, até mesmo para os padrões de hoje, eram carros com bastante equipamento e ótimos consumos.

O calcanhar de Aquiles deste automóvel reside, sem dúvida, nos modelos de caixa automática que tantos problemas dá ao fim de alguns anos. No entanto, e não obstante, é possível encontrar vários Classe C de 2001 com mais de 1 000 000 de quilómetros.

5

BMW Série 3

Os BMW Série 3 em nada ficavam a dever ao Audi A4 ou Mercedes Classe C, resumindo-se tudo a uma questão de gosto. Julgando pela estética, passados mais de 10 anos, os Série 3 continuam a ser bastante bonitos. São, por isso, uns dos melhores carros dos anos 2000.

6

Audi TT

Muitos admiradores de automóveis consideram a primeira geração como uma peça de design. Com um estilo desportivo, o Audi TT é considerado um dos mais belos e intemporais automóveis alguma vez construídos pela Audi.  

Assim, este é um dos carros descapotáveis baratos mais interessantes e bonitos à venda no mercado de usados.

7

BMW Série 1

Se até então ter um Audi, BMW ou Mercedes era um sinal de estabilidade financeira, a BMW veio permitir que praticamente toda a gente pudesse ter um carro de uma marca premium com o lançamento do BMW Série 1.

Com uma gama de motores interessante e espaço quanto baste, a estética deixava, contudo, um pouco a desejar. No entanto, o BMW Série 1 é um dos carros mais marcantes da década passada. É, para além disso, um dos mais vendidos de sempre da marca da Baviera.

8

Renault Clio

O Clio é desde há muitos anos um dos carro mais vendido em Portugal. Chegou, peloa primeira vez, nos anos 90 e a 3ª geração em 2006. É, desde então, um dos carros compactos mais equipados à venda no mercado.

Destacava-se, em algumas versões, a existência de cruise control, ar condicionado automático e vários airbags para todos os passageiros.

Todos estes equipamentos, aliados a um preço relativamente económico, começaram na década passada a fundar o “império Clio” em Portugal.

9

Peugeot 207

Em 2006 a Peugeot tinha em mãos uma tarefa difícil: lançar o modelo que iria substituir o super bem sucedido Peugeot 206. Assim, a marca francesa não cedeu à pressão e deu-se bastante bem, lançando aquele que seria (e talvez ainda seja) um dos carros compactos mais bonitos de sempre.

Tal como o Clio, algumas versões contavam com vários equipamento de série. No entanto, o preço do Peugeot 207 era ligeiramente superior ao do Renault Clio.

Ainda assim, foi um dos carros mais vendidos da década passada e milhares continuam em circulação pelas ruas portuguesas.

10

Toyota Prius

O Prius foi talvez um dos modelos mais importantes da década passada, se não o mais importante.

Numa época onde as preocupações com as alterações climáticas começaram a ter maior importância, a Toyota lançou um modelo revolucionário para o mercado. Surgiu, assim, um carro familiar capaz de consumir menos de 3L por cada 100km percorridos.

Isto, aliado à qualidade de construção e engenharia nipónica, garantiu o sucesso deste carro . Apesar de ter uma aparência algo diferente, foi um campeão de vendas em algumas das maiores cidades do mundo.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].