Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Viviane Soares
Viviane Soares
25 Jul, 2018 - 00:00

Os 10 melhores Honda de sempre

Viviane Soares

A Honda já construiu alguns dos melhores desportivos da indústria automóvel e continua a primar pela fiabilidade. Conheça os 10 melhores Honda de sempre.

Os 10 melhores Honda de sempre

A fé no poder dos sonhos, traduzida pelo slogan da Honda – “The Power of Dreams” – é um dos principais legados deixados pelo criador da marca, Soichiro Honda. Fundada há 70 anos, a Honda Motor Co. continua a ser sinónimo de fiabilidade, segurança, conforto, design e, sobretudo, da sua sede pela constante evolução. Conheça os 10 melhores Honda de sempre.

Os 10 melhores Honda de sempre

1. Honda NSX

nsz
nsz 2

Depois do modelo lançado em 1990, o NSX surge totalmente reinventado no Acura NSX, lançado em 2016. É um carro super desportivo, refinado e preciso em todos os detalhes. Com um motor V6 com duplo turbo montado em posição central, complementado por um sistema Sport Hybrid de três motores elétricos e uma caixa DCT de 9 velocidades, o NSX debita 550 cavalos, razão pela qual é considerado um super carro. O design é caracterizado pelas linhas elegantes e fluídas e o interior é digno de um carro de luxo.

Ver carro >>

2. Honda CR-X

crx

O CR-X é, talvez, um dos modelos mais icónicos da Honda. O modelo de 1987 (primeira imagem) possuía um motor de 130 cv, tração dianteira e tornou-se popular devido à sua performance, condução apurada, e excelentes consumos. A versão de 1991 foi designada em alguns mercados como CR-X del Sol (na segunda imagem). O motor original de 1330 cc permitia-lhe consumos muito baixos, mais de uma década antes de se falar em automóveis híbridos. Eram desportivos cheios de estilo.

3. Honda PRELUDE

Honda
Honda

Por falar em modelos icónicos, o Prelude, lançado em 1978, marcou muitas gerações. Com motor de 4 cilindros em linha e excelentes motorizações, sempre foi um veículo competitivo em temos de design, desempenho e qualidade de construção, tendo adquirido o estatuto de carro de culto em muitos países, nomeadamente em Portugal. A sua produção foi suspensa em 2001 e, apesar de ainda se verem alguns exemplares a circular, é um modelo que deixa saudades.

4. Honda S2000

Honda

De 1999, o modelo S2000 fazia parte de um segmento de luxo, com linhas desportivas e muito bem equipado em termos de motorizações. A produção deste roadster foi suspensa em 2007 e, sabe-se, a Honda não pretende, para já, encontrar um sucessor para este ícone.

5. Honda INTEGRA R-TYPE

integra

Este modelo, que já foi descrito como o “melhor desportivo de tração dianteira de sempre”, é, sem dúvida um carro de culto. O primeiro Honda Integra foi lançado em 1985, mas o modelo que lançou o nome Integra para a ribalta só se estreou no mercado europeu 13 anos depois, em 1998.

Surgiu associado ao motor 1.8 VTEC de 192 cv e conseguia ultrapassar as 8.000 rpm sem nunca dar descanso ao ponteiro. Ainda hoje a sua potência especifica é capaz de envergonhar muitos motores a gasolina: 107 cv por litro.

6. Honda LEGEND

Honda

Apesar da versão coupé ter tido muito sucesso, o Legend de 2008 foi um dos carros favoritos de muitas famílias.

7. Honda JAZZ

Honda

Apresentamos a versão mais recente do modelo citadino (de 2001) que marcou gerações. A nova versão Dynamic, com um ágil motor i-VTEC 1.5 a gasolina de 130 cv, tem uma performance acima da média para o seu segmento. E isto para não falar no design moderno e na experiência de condução desportiva.

Ver carro >>

8. Honda CR-V

Honda

Deste modelo SUV da marca foram vendidos, em 2017, mais 700 mil unidades em todo o mundo.

Ver carro >>

9. Honda ACCORD

Honda

Outro dos modelos icónicos da marca japonesa, que data de 1972. Este é outro dos modelos a que a marca nipónica não deu continuidade.

10. Honda CIVIC

Honda

O Honda Civic tem 40 anos de história e é um dos pilares da Honda. Continua a surpreender pelo design, tecnologia, motor e baixos consumos.  Na Europa, este modelo de décima geração vem equipado com motores de três e quatro cilindros sobrealimentados, culminando nos 320 cv do 2.0 litros turbo do Civic Type-R.

Em termos de dimensão, é o maior de todos os Civic já produzidos, ultrapassando os 4,5 metros de comprimento, praticamente um metro mais longo do que o primeiro Civic. Apesar disso, o novo Civic apresenta consumos muito semelhantes ao da primeira geração.

Ver carro >>

Veja também: