Luísa Santos
Luísa Santos
12 Dez, 2018 - 13:08
Os 5 melhores serviços de streaming de música

Os 5 melhores serviços de streaming de música

Luísa Santos

Vieram substituir as cassetes, os discos e os MP3. A oferta destes serviços é imensa, por isso apresentamos-lhe os melhores serviços de streaming de música.

O artigo continua após o anúncio

Com a proliferação da Internet, muita coisa mudou na indústria da música. Uma das mais notáveis foi o número de músicas descarregadas ilegalmente, fazendo com que a venda de discos baixasse cada vez mais. Para contornar a situação e responder a diversas necessidades, surgiram vários serviços alternativos. Apresentamos-lhe os melhores serviços de streaming de música da atualidade.

Estes são os melhores serviços de streaming de música da atualidade

5 apps para ouvir música offline que vai gostar de ter

Foi a melhor estratégia encontrada, até aos dias de hoje, para garantir que os artistas e bandas de música continuam a produzir e a vender o seu material. Com o surgimento dos serviços de streaming, os artistas passaram a ser pagos pelos royalties de cada música produzida, e a verdade é que a oferta é imensa.

1. Spotify

É o serviço de streaming de música mais conhecido de todos, e também por isso ocupa o primeiro lugar deste top. Uma das suas melhores particularidades é dar ao utilizador a possibilidade de escolher entre um serviço gratuito e um serviço pago – sendo que, no primeiro, o utilizador é obrigado a ouvir pequenos intervalos publicitários, enquanto que no segundo esses não existem.

A modalidade paga permite, também, que ouça a sua música preferida offline, no seu smartphone, computador ou tablet. Isto significa, por isso, que não precisa de Internet para ouvir as suas playlists. Para além de milhões de músicas, pode ainda encontrar podcasts muito interessantes, entre outro tipo de conteúdo.

Aderindo ao Spotify Premium (a modalidade paga), pode usufruir, primeiramente, de 30 dias de trial gratuitamente. Depois, o Spotify pede o pagamento de 0,99€ por três meses, sendo que, depois, a mensalidade cobrada é de 6,99€/mês.

2. Apple Music

Ainda que o princípio seja o mesmo entre os vários serviços, são muitas as especificidades de cada um, que os distingue dessa forma. Um dos melhores serviços de streaming de música é o Apple Music, onde pode navegar entre 50 milhões de músicas de todos os estilos.

Este serviço em particular funciona com base no iTunes, sendo que precisa sempre de o abrir para ter acesso à sua conta do Apple Music, que pode ouvir em todos os seus dispositivos Apple (Apple Watch incluído). Existem três planos distintos, sendo que, em qualquer um deles, pode usufruir, gratuitamente, dos primeiros três meses:

  • Plano Estudante: desde que verifique que é estudante, pode assinar este plano. Custa 3,49€/mês e dá-lhe acesso a uma série de funcionalidades;
  • Plano Individual: o plano mais comum do Apple Music tem uma mensalidade de 6,99€/mês;
  • Plano Família: onde podem ouvir, em simultâneo, até seis pessoas do agregado familiar. A mensalidade deste plano é de 10,99€.

3. Pandora

Para ouvir onde quiser, quando quiser. Este serviço funciona de uma forma ligeiramente diferente dos restantes, isto porque, depois de escolher a música que quer ouvir, o Pandora continua a tocar as músicas seguintes com base naquele estilo.

O artigo continua após o anúncio

Este serviço vai, por isso, criando pequenas estações de rádio com base no seu gosto pessoal. Pode ser, então, uma ótima oportunidade de descobrir novos artistas e géneros, uma das grandes vantagens dos serviços de streaming de música hoje em dia. Existem três planos de entre os quais pode escolher:

  • Pandora: o plano mais básico e gratuito, já que obriga o utilizador a ouvir todas as publicidades que passam. Mesmo com este plano, pode também criar as suas próprias estações de rádio;
  • Pandora Plus: com uma mensalidade de 4,99$/mês (aproximadamente 4,40€/mês), pode personalizar até 4 estações diferentes e ouvi-las offline, com melhor qualidade de som e sem qualquer publicidade. Antes de aderir, pode usufruir de um período de 30 dias grátis;
  • Pandora Premium: para além de poder saltar entre músicas de forma ilimitada, criar as playlists que quiser e não ouvir publicidade, pode ainda fazer download das suas músicas preferidas gratuitamente, para que as possa ouvir offline quando quiser. Usufrua de um trial de 60 dias e, depois, pague a mensalidade de 9,99$/mês (aproximadamente 8,81€/mês).

4. Tidal

Um dos melhores serviços de streaming de música de hoje em dia e, também, um dos que tem mais particularidades. Foi criado no meio de alguma controvérsia, com a finalidade única de pagar melhor aos artistas incluídos no seu catálogo. Prova disso é o facto de o Tidal pertencer a nomes grandes da indústria da música, como Jay-Z, Beyoncé ou Rihanna.

O Tidal é, atualmente, o serviço com maior catálogo, com mais de 56 milhões de músicas disponíveis. Outra das particularidades que distingue o Tidal dos restantes serviços é o facto de incluir, na mensalidade, livestreams, concertos e outros eventos exclusivos para os seus utilizadores. Pode aderir a um dos três planos base do Tidal:

  • Plano Individual: tem uma mensalidade de 9,99$/mês (aproximadamente 8,81€/mês) e pode ter acesso a vídeos e músicas com curadoria de especialistas. Para qualidade de som HiFi, a mensalidade passa para 19,99$ (aproximadamente 17,63€/mês);
  • Plano Familiar: inclui até 5 pessoas com qualidade de som sem falhas. A mensalidade é de 9,99$/mês (aproximadamente 8,81€/mês). Para qualidade de som HiFi, a mensalidade passa para 29,99$ (aproximadamente 17,63€/mês), incluindo até 6 pessoas do agregado familiar;
  • Plano Estudante: a sua disponibilidade varia de região para região, e tem acesso a todo o catálogo de músicas por 4,99$/mês (aproximadamente 4,40€/mês). Para som HiFi, a mensalidade passa para 9,99$/mês (aproximadamente 8,81€/mês).

5. Amazon Music

Para quem é cliente Amazon Prime, este serviço de streaming pode ser o que mais compensa no geral. Os planos diferem bastante, mas o seu funcionamento é muito semelhante ao do Spotify, podendo mesmo comparar-se o número de músicas que cada catálogo inclui, que é muito semelhante.

Outros serviços de streaming de música

1. Mixcloud

Um dos serviços de streaming de música mais alternativos do mercado. Apesar de não possuir a vasta biblioteca do Spotify e de outros serviços pagos, como o Google Play Music, o Mixcloud possui uma vasta biblioteca de música, sets de DJs, podcasts, programas de rádio, entre muitas outras coisas. Claro que o Mixcloud não deve ser utilizado por quem pretende ouvir um álbum ou uma música específica, mas pode e deve ser utilizado por quem pretende descobrir os artistas de amanhã!

2. Deezer

De nacionalidade francesa, o Deezer já tem quase dez anos de existência… Surpreendido? A quantidade de música disponível é enorme e surpreende-nos – são mais de 40 milhões de tema, disponíveis onde quiser: no computador, no tablet ou no smartphone. Há uma opção grátis que vai ter de experimentar!

O artigo continua após o anúncio

O Deezer está disponível em diversas plataformas e através de diversas formas de pagamento – até para quem não paga nada! Este serviço de streaming de música conquistou-nos pela facilidade com que podemos procurar e encontrar músicas para ouvir. E, tal como no Spotify, há inúmeras playlists para ouvir e uma enorme quantidade de música disponível.

3. Grooveshark

De certeza que já ouviu falar no Grooveshark. Este serviço de streaming de música já é bastante conhecido e permite que qualquer utilizador partilhe tudo o que é ficheiro de áudio e nem precisa de criar conta.

Veja também