Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Reis
Catarina Reis
09 Mai, 2018 - 10:40

5 perguntas que deve colocar quando inicia um novo emprego

Catarina Reis

Eis as perguntas que deve fazer quando inicia um novo emprego, que, uma vez respondidas, irão tornar todo o processo de transição muito mais fácil.

5 perguntas que deve colocar quando inicia um novo emprego

A sensação de nos lançarmos na aventura de um novo emprego é a de um mundo que se abre para nós, cheio de perspetivas, sonhos, oportunidades e novos desafios. Certifique-se de que consegue processar tudo o que está a acontecer com a leveza de espírito necessária e abrace este momento único de transição!

Por muito que lhe pareça muita informação para processar de uma vez – uma nova equipa de trabalho, novos chefes, novos escritório, novo salário – é importante deixar o stress para mais tarde, e focar-se nos aspetos que podem tornar a experiência de mudar de emprego fácil e positiva.

Faça as questões certas no seu novo emprego

novo-emprego

Coloque, desde cedo, as questões certas aos seus colegas e superiores. Vão ser, certamente, uma ajuda preciosa no novo desafio.

1. O que posso fazer para estar atualizado com o trabalho que a empresa está neste momento a desenvolver?

Por muito que se sinta familiarizado com os projetos atuais da empresa, os seus chefes e colegas provavelmente não vão ter tempo para o colocar a par de tudo, por isso é sempre boa ideia perguntar se pode ir adiantando algum “trabalho de casa”. Mesmo que não seja de todo necessário realizar este pré-trabalho independente, só tem a ganhar com essa atitude: demonstra desde logo ser pró-ativo e estar com vontade de começar a trabalhar.

2. Há pessoas dentro da empresa que eu possa observar durante uma parte do dia de trabalho?

Uma das melhores maneiras de se entrosar rapidamente no novo trabalho é aprender observando e acompanhando aquelas pessoas que possam servir como um bom exemplo do que é ser um bom funcionário dentro da empresa. Esta pergunta tanto pode ser feita interiormente, a si mesmo, como também a outros colegas ou ao gerente. Observe como eles reagem e interagem no contexto de trabalho e perceba porque é que são bons.

3. Qual é a melhor maneira de comunicar dentro da empresa?

Esta questão é ideal para colocar ao seu superior, e ele vai gostar de a ouvir, pois é um assunto que simplifica a vida de ambos. Descubra se ele tem preferência por discutir assuntos por e-mail, ou se prefere discutir um determinado tipo de assuntos por telefone ou se prefere realizar reuniões formais ou informais. Desta forma também quebra o gelo com o seu chefe no sentido de que pode evitar sentir-se frustrado ao sentir-se ignorado em determinadas situações.

4. A que horas devo estar disponível?

Esta é outra questão-chave para o seu diretor, pois assim pode evitar algumas situações embaraçosas, como sair mais cedo num dia em que por azar alguém ia tomar cinco minutos do seu tempo para fazer um pequeno briefing sobre o que fazer no dia seguinte. Certifique-se antes de mais do horário do seu diretor, e se o seu horário deve ser igual ao dele ou não. Mesmo que venha apenas a descobrir que os horários são bastante flexíveis, já se pode permitir “dormir mais descansado”, ou seja, é menos um dilema a pairar na sua cabeça quando inicia um novo emprego.

5. Chefe, podemos marcar uma reunião semanal?

Quando se inicia um novo emprego, é normal que demoremos algum tempo a “apanhar o comboio”, especialmente, se num curto espaço de tempo se derem muitas mudanças. Uma das primeiras coisas que deverá fazer é agendar com antecedência uma pequena conversa semanal com o seu chefe de modo a poder realizar um balanço do que já foi feito e o que falta fazer, e dos aspetos que poderá melhorar.

Veja também: