Marvin Tortas
Marvin Tortas
15 Jan, 2020 - 12:15

10 coisas que deve saber sobre o novo Honda CR-V Hybrid

Marvin Tortas
Patrocinado por:

Com uma forte aposta na tecnologia híbrida, o novo Honda CR-V conta com uma renovada proposta capaz de revolucionar o segmento SUV na Europa.

Honda CR-V 2019

A versão original do Honda CR-V já foi lançada no mercado há mais de 20 anos, e em 2019 chegou-nos a 5ª deste icónico modelo que durante largos anos liderou a tabela dos SUV mais vendidos do mundo.

Ganhando progressivamente espaço num mercado altamente competitivo como o dos SUV, o Honda CR-V acabou por tornar num dos modelos mais vendidos neste segmento, pertencendo ao mesmo tempo ao grupo dos 10 automóveis mais vendidos do mundo.

A 5ª geração do Honda CR-V foi oficialmente apresentada no último Salão Internacional do Automóvel de Genebra e chegou recentemente à Europa. Mais espaçoso, mais confortável e com uma aposta reforçada na versatilidade.

A Honda tem como principal compromissoeletrificação total de todos os modelos da gama num futuro próximo. De acordo com a marca japonesa, em 2022, é esperado que 100% da sua gama seja eletrificada.

Descrito pela fabricante como “o primeiro SUV Honda Híbrido da Europa”, o novo Honda CR-V pretende ir ao encontro do que os clientes da marca ambicionam: que seja “um carro prático, fiável, espaçoso e que cumpra o ADN da marca”.

A grande novidade é a motorização híbrida que a Honda chamou de i-MMD, uma tecnologia inteligente Multi Mode Drive que incorpora vários modos. Esta tecnologia serve para a marca diferenciar-se das demais, uma vez que o novo CR-V combina 2 motores elétricos acoplados a uma transmissão inovadora de relação única.

Fique a conhecer tudo sobre o novo Honda CR-V, em particular a sua versão híbrida, que mais parece um eléctrico, movido a gasolina.

o novo honda cr-v em 10 pontos

1. 5º carro mais vendido no mundo

A Honda tem 3 modelos no top dos 10 carros mais vendidos no mundo, e o Honda CR-V é um deles, ocupando a 5ª posição.

Este SUV é um verdadeiro sucesso, sobretudo no mercado norte-americano, e aos poucos cada vez mais são também os os modelos em circulação na Europa.

Só no ano de 2018 foram vendidas aproximadamente 748 000 unidades.

2. Garantia Honda de 7 anos sem limite de quilómetros

Desde 1 de Maio de 2019, a Honda oferece 7 anos de garantia sem limite de quilómetros e 7 anos de assistência em viagem, sendo uma das marcas líderes da indústria nesta temática.

Esta garantia diz tudo sobre a confiança depositada nestas novas motorizações híbridas da marca nipónica.

3. Sistema híbrido

A Honda revolucionou a tecnologia híbrida com o seu sistema i-MMD (Intelligent Multi Mode Drive). Esta tecnologia é composta por dois motores elétricos, um motor a gasolina de ciclo Atkinson, uma bateria de iões lítio e uma transmissão de relação fixa, que trabalham em perfeita sinfonia com um só objetivo: oferecer o máximo de potência da forma mais requintada e amiga do ambiente possível.

Tal como o acrónimo em inglês exprime, esta tecnologia revolucionária da Honda permite alternar de forma automática e inteligente entre três modos de condução (EV Mode, Hybrid Mode e Engine Mode), oferecendo a mais elevada eficiência possível de condução.

No modo EV, o conjunto de baterias de iões de lítio alimenta o motor elétrico de propulsão. No modo híbrido, o motor de combustão fornece energia ao gerador que, por sua vez, a fornece ao motor elétrico transmitindo assim a potência para as rodas.

No modo engine, o motor de combustão está ligado diretamente às rodas motrizes através de uma embraiagem de bloqueio (denominada “embraiagem de lock-up”).

Em modo 100% elétrico, a bateria de aproximadamente 1 kWh permite percorrer sensivelmente 2km (dependendo da velocidade e das condições do terreno) sem emitir quaisquer gases poluentes.

4. Dimensões

Comparativamente às anteriores gerações, o novo Honda CR-V apresenta variadas diferenças, ao nível das suas dimensões. Neste modelo, a plataforma foi revista e a distância entre eixos cresceu 40 mm. A altura ao solo é também de 40 mm, mas a largura cresceu 35 mm.

No habitáculo, as proporções sofreram também um aumento. A altura ganhou 5 mm e 16 mm no comprimento. Os ocupantes ganharam espaço para as pernas – 50 mm.

As soleiras das portas são agora mais baixas e nesta 5ª geração, o novo CR-V pode vem agora equipado com filas de bancos reclináveis e uma segunda fila de bancos ajustáveis ao nível da profundidade.

A proposta híbrida encontra-se disponível com a lotação de 5 lugares, tal como a versão a gasolina 2WD (tração a apenas duas rodas).

A capacidade de carga do novo Honda CR-V é surpreendente. O comprimento máximo da bagageira é de 1 830 mm na opção de 5 lugares não híbrida e de 1 800 mm na versão de 7 lugares. Um aumento de cerca de 250 mm face à geração anterior do CR-V. O volume da bagageira é de 497 litros.

É ainda importante referir que os bancos são facilmente reclináveis e acabam por ser uma vantagem extra para o transporte de bagagens, tal como o piso ajustável, que ao rebater-se para uma posição inferior, possibilita ainda uma maior capacidade de arrumação.

5. Prestações e Consumos

A proposta híbrida do novo Honda CR-V conta com a tecnologia i-MMD (Intelligent Multi-Mode Drive) que combina um motor 2.0 a gasolina com 145 cv, um gerador elétrico, um motor elétrico com 184 cv e uma pequena bateria que que recolhe a energia recuperada nas travagens.

Ao contrário do que estamos habituados, neste modelo, é o veículo que decide qual o modo de condução mais eficaz, escolhendo entre o EV Drive (elétrico), o Hybrid Drive e o Engine Drive. O sistema i-MMD é capaz de analisar e selecionar o melhor modo a utilizar, consoante a situação e para que se possa usufruir de uma experiência completa ao volante.

A versão Hybrid da nova geração do CR-V transita automaticamente entre o modo Hybrid Drive e EV Drive, quando em situações de condução urbana.

Por sua vez, o excesso de potência do motor a gasolina utilizada no modo Hybrid Drive pode ser desviada para recarregar a bateria do CR-V. Já o modo Engine Drive é considerado o mais eficiente nas viagens de longo curso ou em altas velocidades.

A única intervenção que o condutor pode ter é na maximização da utilização do modo elétrico (EV Drive), recorrendo ao botão que permite prolongar a utilização da motorização elétrica, tendo uma autonomia de 2km.

O novo Honda CR-V apresenta consumos médios de 5,3 l/100 km e as emissões de CO2 correspondem a 120 g/km.

Na verdade, a marca reivindica consumos de 5,3 l/100 km na versão de tração dianteira e 5,5 l/100 km na versão 4×4.

6. Condução e conforto

Honda CR-V 2019
Fonte: Honda

Segundo a marca, o novo Honda CR-V foi concebido para ir ao encontro das exigências dos mercados europeus, traduzindo-se num modelo cuja condução pode tornar-se divertida, mas ao mesmo tempo, confortável.

A aposta da Honda foi na premissa “Fun to drive”. Para cumprir com esta faceta, a tecnologia Agile Handling Assist (AHA) garante subtis respostas a quaisquer sinais da direção, oferecendo um comportamento suave, mais seguro e mais previsível.

Ao mesmo tempo, o sistema (opcional) de tração integral 4×4 – Real Time –  cumpre com uma performance mais dinâmica nas curvas, o que torna a condução divertida e segura.

7. Ausência de caixa de velocidades

Honda CR-V 2019
Fonte: Honda

O novo Honda CR-V Hybrid está equipado com uma caixa de velocidades automática, bastante intuitiva. Tal como é comum nos veículos elétricos, a transmissão efetua-se através de uma única relação fixa, que, estando ligada aos componentes móveis, resulta numa transferência de binário muito suave.

8.  Potência e Velocidade

A marca japonesa anuncia 184 cv de potência combinada com o seu sistema híbrido. Com a carga máxima, a bateria por sua vez permite percorrer 2 km em modo 100% elétrico.

modo EV Drive utiliza apenas a carga das baterias. Já no modo Hybrid Drive, o motor envia a potência para um gerador que alimenta as baterias. Na prática, este gerador permitirá carregar ou alimentar o motor elétrico, enquanto o veículo se move.

No modo Engine Drive, existe a ligação entre o motor de combustão e as rodas. Assim sendo, o condutor pode recorrer ao máximo da potência.

A velocidade máxima do novo Honda CR-V é de 180 km/h, sendo que o mesmo vai dos 0 aos 100 km/h em 8,8 segundos na versão de tração dianteira e 9,2 segundos na versão 4×4.

Não havendo caixa de velocidades, a transmissão tem uma velocidade única. Porém, a Honda decidiu colocar patilhas atrás do volante para permitir ao condutor gerir a recuperaração energia e assim reduzir ou aumentar o efeito das travagens.

9. Design

Em termos estéticos, a Honda continua a apostar na sua identidade. As luzes diurnas em LED numa posição mais baixa que vai ao encontro de uma nova grelha renovada, parcialmente cromada que ostenta o emblemático logo da marca.

As cavas das rodas e um perfil vincado na zona da cintura lateral, registam uma imagem de um crossover equilibrado e garantidamente desportivo, ao mesmo tempo que as novas jantes conferem uma silhueta mais robusta e todo-terreno.

As óticas traseiras também em LED estão em harmonia com a forma do pilar C estando divididas entre a carroçaria e a abertura da mala. Estas são unidas por entre um friso cromado que, tal como a dianteira, convergem até ao centro do logo da marca.

O ar corpulento da traseira é conseguido através do posicionamento das suas ponteiras de escape colocadas nas extremidades do pára-choques, mais esculpido e desportivo que nas gerações anteriores.

No interior, o novo Honda CR-V oferece bastante espaço, tanto para os ocupantes, como a nível dos compartimentos de arrumação para objetos. O conforto foi outro critério de melhoria da marca.

O painel de instrumentos é digital e apresenta um novo grafismo. Todo o ambiente a bordo consegue prever uma escolha assertiva de materiais e a tradicional qualidade de construção nipónica.

O novo Honda CR-V brinda os seus ocupantes com extraordinários espaços de arrumação. Nas portas, as bolsas de arrumação apresentam agora maior capacidade de armazenamento que permitem, por exemplo, guardar um tablet.

Os comandos da caixa de velocidade e o travão de mão estão numa posição mais elevada por forma a conferir mais espaço na consola central para guardar ou colocar mais objetos.

Por sua vez, o novo CR-V vem também equipado com uma consola que inclui três posições e uma plataforma deslizante, bem como um espaço para acomodar uma bolsa de mão.

10. Preço

A versão híbrida pode ser adquirida a partir de 41 500 €. O novo Honda CR-V encontra-se disponível com 4 níveis de equipamento (Comfort, Elegance, Lifestyle e Executive) e 3 tipos de motorizações.

Veja também