Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Araújo
Ana Araújo
01 Fev, 2018 - 10:38

O que fazer em caso de queimadura em crianças

Ana Araújo

Café, água do banho, fogão, leite… Estes são apenas alguns exemplos de causas de queimaduras em crianças. Saiba o que fazer em caso de queimadura.

O que fazer em caso de queimadura em crianças

As queimaduras em crianças têm causas maioritariamente domésticas, ocorrendo sobretudo na cozinha e na casa de banho. Há várias opiniões (muitas erradas) sobre como deve reagir em caso de queimadura. Há quem aconselhe a colocar manteiga, há quem considere melhor colocar gelo ou água e ainda pomada. Mas, então, o que fazer em caso de queimadura?

No caso das crianças, a acrescentar à sua imprevisibilidade, temos o facto de as mesmas terem uma pele fina, acabando assim por estarem menos protegidas. Neste sentido, torna-se importante saber o que fazer em caso de queimadura e conhecer alguns cuidados a ter de modo a evitar queimaduras nas crianças.

3 dicas sobre o que fazer em caso de queimadura em crianças

1. Colocar área queimada debaixo de água corrente

placeholder-1x1

Antes de mais, deve retirar qualquer peça de roupa que esteja em cima da queimadura como, por exemplo, roupa queimada ou molhada. De seguida, o que deve fazer em caso de queimadura é colocar água corrente na área queimada, aproximadamente durante 5 minutos. Isto vai permitir descer a temperatura da pele e diminuir, assim, os danos nas células.

2. Não tocar nas bolhas e ir ao hospital

placeholder-1x1

As queimaduras podem ser de primeiro, segundo e terceiro grau, sendo que a gravidade aumenta à medida que aumenta o grau. Assim sendo, a queimadura de terceiro grau é a mais grave, uma vez que afeta a camada mais profunda da pele.

É importante saber o que fazer em caso de queimadura, sobretudo se se tratar de uma queimadura de segundo ou terceiro grau. Ir ao hospital é a medida mais prudente.

As bolhas são típicas das queimaduras de segundo e terceiro grau, mas deve evitar furá-las, pois isso vai facilitar a entrada de bactérias no organismo.

3. Queimaduras elétricas

placeholder-1x1

O que fazer em caso de queimadura elétrica? Há um cuidado importante que não deve descurar. Antes de socorrer a criança ferida, desligue o quadro elétrico. De todas as formas, sempre que se trata de uma queimadura por causa elétrica, deve dirigir-se ao hospital, para avaliar possíveis danos não visíveis.

Por outro lado, em casos de queimaduras que afetem áreas grandes ou que atinjam o rosto, mãos e região genital, o recomendável é que também se dirija ao hospital.

7 cuidados a ter para evitar queimaduras em crianças

Todos sabemos que as crianças são imprevisíveis, ainda assim há cuidados que podemos ter de modo a tentar contornar eventuais acidentes.

1. Mantenha bebidas ou líquidos quentes, como sopas ou café, afastadas das beiras das mesas ou outras superfícies;

2. Evite que as crianças corram em espaços públicos de restauração, como cafés;

3. Caso tenha uma lareira, não se esqueça de proteger a mesma com uma grelha;

4. Quando estiver a cozinhar, vire as pegas dos tachos e das frigideiras para a parede;

5. Evite ter bebidas quentes na mão e uma criança ao colo ao mesmo tempo;

6. Proteja as fichas da eletricidade;

7. Tenha atenção à temperatura da água do banho das crianças. Uma solução passa por juntar primeiro a água fria e só depois adicionar a água quente.

Aposte na prevenção e informe as crianças para os diversos perigos e consequências.

Veja também: