Helena Peixoto
Helena Peixoto
29 Ago, 2019 - 10:53
Qual o melhor pavimento de cozinha? Saiba escolher

Qual o melhor pavimento de cozinha? Saiba escolher

Helena Peixoto

Esta questão não tem respostas certas ou erradas. O melhor pavimento de cozinha é o que melhor se adaptar a si e à sua casa! Conheça diferentes opções.

O artigo continua após o anúncio

Escolher o pavimento de cozinha pode ser uma tarefa tão agradável quanto difícil. E porquê? Porque se por um lado não queremos abdicar da questão do design e da estética, por outro nunca esquecemos que o chão desta divisão é dos que mais agressões sofre e deve, por isso, ser bastante resistente.

O que lhe vamos mostrar neste artigo é que não tem de sacrificar o design pela qualidade ou vice-versa! Hoje existem imensas opções no mercado que permitem fazer um equilíbrio entre as duas características, sendo que muitas vezes o fator de desempate é mesmo o estilo que pretende para a casa e, claro está, o preço.

5 tipos de pavimento de cozinha que vão ficar a brilhar em sua casa

1. Tijoleira ou mosaico

Este é o tipo de pavimento por excelência. Aplicado nas cozinhas há décadas e décadas, as tijoleiras têm opções cada vez mais diversificadas e originais, que vão desde o habitual quadradinho branco até imitação de madeira.

As grandes vantagens deste tipo de revestimento são o facto de ser muito resistente e durável e fácil de limpar, já para não falar da atual grande diversidade de escolha possível. No entanto, e apesar das tijoleiras serem consideradas extremamente robustas, tenha atenção ao que compra para não estar a adquirir gato por lebre!

Um preço mais elevado das tijoleiras é quase sempre sinónimo de melhor qualidade. Não se esqueça também de garantir que possuem antiderrapante e que compra pelo menos uma caixa a mais para a eventualidade de uma se partir.

  • Sugestão: Aspen
  • Preço: 8,99€ m2

2. PVC

 

Em termos de frequência de utilização de pavimento de cozinha, o PVC será o segundo mais utilizado. Na verdade, nos últimos tempos ele tem ficado quase tão popular quanto a tijoleira, sobretudo para cozinhas de estabelecimentos públicos ou de utilização pública. E porquê? Primeiramente, porque é uma opção extremamente em conta. Além disso, é um piso rápido e fácil de instalar, e é um material robusto q.b. e de fácil manutenção.

Uma vez que a sua aplicação é realizada sem deixar as famosas juntas, por exemplo, das tijoleiras, o PVC (ou vinil) acaba por ser um material excelente para manter uma boa higienização. Apenas um alerta: se pretende um material que dure ainda bastante tempo, não opte pela gama mais fraca e barata ou terá de substituir rapidamente todo o piso, sobretudo se a utilização for muito exaustiva.

3. Madeira

 

Se é verdade que a madeira é um dos materiais de eleição para revestir o piso das salas de estar e de jantar, também é verdade que ele começa a ser cada vez mais tendência nas cozinhas.

O artigo continua após o anúncio

Conhecida por permitir criar um ambiente bem acolhedor, a madeira é uma excelente opção para quem gosta de casa mais românticas e clássicas em termos decorativos. No entanto, é importante que tenha noção que esta não é das opções mais duráveis que pode escolher. A impermeabilização da superfície e cuidados regulares de raspagem e envernizamento vão ser garantidos se pretender este tipo de chão para a sua cozinha. Ah, e o preço é bem puxado.

4. Linóleo

 

O linóleo é um dos chamados revestimentos naturais para pavimentos. Feito com matérias-primas naturais como óleo de linhaça, farinha de cortiça, de madeira e de juta, consegue com esta mistura de materiais ser um piso antiderrapante, anti-estático e fácil de limpar.

Nos dias de hoje este tipo de pavimento é comum nas casas mais modernas e que arriscam mais e é, de facto, um dos pavimentos mais higiénicos que pode ter em casa. Uma nota muito importante é a de que este revestimento deve instalado por profissionais, já que é necessário um cimento especial de linóleo e no final aplicar uma camada de verniz altamente resistente à abrasão que evita a penetração de água, evitando o apodrecimento do material.

5. Pedra

 

Finalmente, deixamos como sugestão de pavimento de cozinha a pedra natural. Em termos de durabilidade, dificilmente encontrará algo mais robusto (eventualmente o cimento). Super resistente à água e a solventes, ela vai aguentar praticamente qualquer agressão da sua cozinha.

Além disso, existem imensas opções em termos de design e de estilo que pode escolher, consoante os seus gostos e estilo decorativo. O granito escuro é das pedras mais duras e duráveis; já o mármore é um pouco mais sensível do que o granito e com necessidades especiais, mas também é mais em conta. Tenha especial atenção às manchas e limpe-as imediatamente para que não fique marca permanente.

Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp