Teresa Campos
Teresa Campos
11 Set, 2019 - 10:46
Penteados para casamentos. Como escolher o tal?

Penteados para casamentos. Como escolher o tal?

Teresa Campos

São vários os penteados para casamentos o que pode dificultar a escolha. Saiba o que ponderar na hora de decidir o seu e arrase seja noiva, ou convidada.

O artigo continua após o anúncio

Todos sabemos que o casamento é uma ocasião especial, não só obviamente para a noiva, como para os convidados mais próximos que querem apresentar-se à altura do evento. Por isso, além das preocupações em torno da roupa, sapatos e maquilhagem, é normal também ponderar sobre os melhores penteados para casamentos.

Claro que um evento é sempre uma ocasião especial para fugir ao penteado básico de sempre e apostar em algo mais arrojado e diferente, sempre com bom senso, naturalmente. Porém, são muitas as dúvidas em relação às possibilidades mais em voga e como saber por qual optar. Para a ajudar, iremos deixar dicas preciosas sobre como selecionar os penteados para casamentos mais indicados para cada caso.

Penteados para casamentos: aprenda a escolher o mais indicado para si

penteados casamento

penteados simples e elegantes, que com sobriedade e boa execução, conseguem destacar quanto baste quem os exibe, sem tornar o penteado demasiado espampanante. Claro que não há só um modelo ou proposta que funcione. Tudo depende do estilo de cada um, do tipo de cabelo e, também, do género de festa de casamento.

Para quem quer estar o mais in possível, ficar a par das tendências presentes nas passarelles, nos desfiles de moda, pode ser uma excelente opção. De entre as muitas sugestões aí presentes, haverá sempre algum look capaz de a inspirar e de a ajudar a escolher um dos penteados para casamentos.

Aspetos a ter em conta

Como já adiantámos, para selecionar o penteado mais adequado, deve considerar alguns aspetos que não apenas o seu gosto pessoal, por exemplo. É muito importante ter em linha de conta o tipo e as caraterísticas da roupa que vai levar à festa.

É essencial considerar o tipo de roupa que vai levar ao evento. Idealmente, no momento de experimentar o traje, deve simular como fica o conjunto com o cabelo solto ou apanhado, para ficar com uma ideia de qual a solução mais agradável à vista.

Por exemplo, os vestidos mais abertos e que deixam mais pele exposta adaptam-se tanto a penteados com o cabelo solto e ar  natural, como composições com o cabelo apanhado. Já os vestidos mais fechados, principalmente na zona do decote, “pedem” um arranjo com o cabelo apanhado. Assim, a linha do pescoço irá ficar mais definida e o rosto sobressairá.

Tipos de penteados

1. Apanhados

O artigo continua após o anúncio

Quando falamos em cabelos apanhados, isso não significa que tenha que fazer o tradicional rabo-de-cavalo ou tranças.

Por exemplo, o bun continua a ser uma tendência e, para quem deseja algo que marque realmente a diferença, ele pode incorporar tranças e nós. Para isso, pode beneficiar do auxílio de ganchos e de outros acessórios de cabelo, cada vez mais variados e capazes de se adaptar a um evento sofisticado.

2. Soltos

Claro que os cabelos com ondas naturais continuam a ser uma escolha muito popular, mas saiba que também pode apostar no efeito molhado, puxando o cabelo para trás. Esta é uma solução particularmente indicada para quem tem o cabelo mais curto ou que prefere fios lisos a ondulados.

Mesmo quem opta por levar o cabelo solto pode recorrer a um acessório de cabelo ou a uma pequena trança que evite, por exemplo, que o cabelo cai sobre o rosto, ofuscando a maquilhagem.

3. Semi apanhado com ondas

Entre as duas opções anteriores, fica este semi apanhado. Neste penteado, são presas algumas madeixas laterais de cabelo, formando um pequeno coque ou torcido na parte de trás da cabeça. Os fios soltos podem ser alisados ou deixados cair em ondas soltas.

Outra possibilidade é apostar num penteado preso de lado. Esta é uma solução que aposta na valorização do volume, sobretudo em cabelos encaracolados.

O artigo continua após o anúncio
Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp