Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luís Vicente
Luís Vicente
24 Set, 2019 - 16:55

Perda de peso: Facebook e Instagram reduzem visibilidade a produtos

Luís Vicente

Produtos de perda de peso ou relacionados com estética corporal vão deixar de aparecer a utilizadores menores no Instagram e no facebook.

Facebook e instagram apertam conteúdos sobre perda de peso

As redes sociais Instagram e Facebook vão filtrar conteúdos que promovam a perda de peso e/ou cirurgias estéticas. Assim, os menores de 18 anos vão estar menos expostos a publicidade e fotografias patrocinadas que visem alterações corporais.

A decisão faz parte de uma nova política da empresa que procura regular o mercado dos influencers.

Perda de peso: publicidade com mais restrições

Publicidade a produtos de perda de peso
Imagens que incitam à compra de produtos vão ter mais controlo

Com o crescimento do negócio deste tipo de conteúdos, o regulamento prevê, em alguns casos, a eliminação de posts. Segundo a organização, os Termos e Condições já não permitiam a publicidade a produtos de perda de peso; porém a ausência de consequências promoveu um conjunto de medidas adicionais.

Os posts mais sujeitos ao escrutínio são as fotografias com incentivo à compra de produtos. Já a eliminação de conteúdos acontecerá caso as publicações façam “declarações milagrosas sobre determinadas dietas ou produtos de perda de peso.” Também as estratégias relacionadas com ofertas comercias e promocodes serão analisadas.

A responsável de Políticas Públicas do Instagram referiu-se às mudanças quanto a produtos para a perda de peso como uma estratégia para “reduzir a pressão que as pessoas podem vir a sentir com a presença nas redes sociais”. Emma Collins sublinhou ainda que o objetivo é tornar o Instagram “um sítio mais agradável”

Novidade: Instagram Stories guardadas mais tempo
Veja também Novidade: Instagram Stories guardadas mais tempo

Marcas apostam cada vez mais em embaixadores

A capacidade de comunicação do Instagram fez desta rede social um território propício para as marcas que comercializam produtos para a perda de peso. Isto porque tornou-se mais eficaz apostarem em pessoas com muitos seguidores.

A partir daí, rapidamente o mercado se expandiu, muito pelo facto de pessoas seguirem mais facilmente contas de outras pessoas em vez de marcas.

Uma das maiores áreas de negócio é a Beleza e Cosmética, entre outras, como Viagens e Cuidados de Bebé. Os dados são do relatório de 2018 da RythmOne; a empresa revela que quatro em cinco marcas fizeram campanhas de social media recorrendo ao marketing de influência

Desta forma, a política de Instagram e Facebook poderá influenciar a rentabilização de contas de personalidades como Kim Kardashian, Kylie Jenner ou Huda Kattan.

Veja também