ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Ekonomista/Lusa
Ekonomista/Lusa
31 Mar, 2021 - 16:04

Poeiras de África: DGS aconselha crianças e idosos a ficarem em casa

Ekonomista/Lusa

As poeiras de África são prejudiciais a pessoas com problemas respiratórios e cardiovasculares. Deve evitar-se a prática de atividade física ao ar livre.

Poeiras de África trazem problemas

Num comunicado disponibilizado na sua página oficial, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lembra que uma massa de ar vinda do Norte de África está a provocar uma “fraca qualidade do ar” em Portugal e deve permanecer durante esta quarta-feira. São as anunciadas poeiras de África.

O seu efeito, contudo, pode ser enfraquecido com a ocorrência da chuva prevista para algumas zonas do país, reduzindo as concentrações de partículas no ar.

Por esta razão, a autoridade de saúde alerta que as partículas inaláveis desta massa de ar “tem efeitos na saúde humana, principalmente na população mais sensível”, nomeadamente nas crianças, idosos e nos doentes com problemas respiratórios crónicos, principalmente asma, ou problemas cardiovasculares. Recomenda a esta população ” permanecer no interior dos edifícios e, se viável, com as janelas fechadas”.

Se for necessário devem contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou recorrer a um serviço de saúde.

Devido a estas poeiras de África, a população em geral deve evitar esforços intensos, a prática de exercício do ar livre, a exposição a fatores de risco, tais como o fumo do tabaco, e o contacto com produtos irritantes.

Este fenómeno está relacionado com a ação de dois centros de ação: um de pressão que se encontra entre a Madeira e o Norte de África e outro de um anticiclone que, neste momento, se encontra a Norte da Península Ibérica. Geraram um fluxo de leste e houve então este transporte, em altitude, das poeiras que irá afetar Portugal Continental.

Veja também