ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Bárbara do Carmo
Bárbara do Carmo
17 Ago, 2021 - 12:50

Pontevedra: a pérola galega a dois passos de Portugal

Bárbara do Carmo

Pontevedra tem tudo: histórica, gastronomia, cultura, tradição e um acolhimento ímpar. Conheça a capital da região turística das Rias Baixas.

Praia em Pontevedra

Pontevedra tem tudo – histórica, gastronomia, cultura, tradição e um acolhimento ímpar. É aqui, na capital da região turística das Rías Baixas e do Caminho Português de Santiago, que podemos partir à descoberta da Península Ibérica. 

As razões para visitar Pontevedra são imensas: está a pouco mais de 50 quilómetros da fronteira portuguesa Tui-Valença e é uma das cidades europeias mais premiadas pela sua organização e planeamento urbano. A qualidade de vida, as políticas de mobilidade e a segurança fazem desta cidade um modelo e só por si tornam-na digna de uma visita. 

Pontevedra: uma cidade rica em história

Ponte do Burgo em Pontevedra

Entreposto comercial desde a época romana, Pontevedra funcionava como uma via de ligação entre a Europa e a Península Ibérica. A construção Turocqua, hoje conhecida como Ponte do Burgo, cruzava o rio Lêres, era uma importante via comercial. 

Este carácter comercial de Pontevedra foi-se intensificando com o passar dos séculos. No século XVI torna-se a cidade mais populosa da Galiza, reforçando a sua imagem de um  importantíssimo entreposto comercial. 

A cidade foi passando por várias fases de crescimento, até ser hoje reconhecida como um excelente ponto de partida para explorar a Galiza, e provar o que de melhor os ’nuestros hermanos’ têm para oferecer.

Centro histórico: igrejas e parques verdes 

O centro histórico de Pontevedra destaca-se pelas ruas sinuosas e arquitetura medieval muito bem preservada. Merece um passeio demorado pelas ruelas, enquanto se desfruta da intensa vitalidade citadina. 

Existem várias praças que merecem visita, como Praça d’O Teucro,  a Praça d’A Ferrería ou a Praça da Estrela. Todas estão no culminar das várias ruelas que rasgam o centro da cidade e que durante a noite se enchem de animação.

É por esta zona que se encontra o Museu de Pontevedra com uma coleção de ourivesaria riquíssima. Assim como, outros dois  pontos de interesse: o Convento de São Francisco e a Igreja d’A Peregrina, local de passagem obrigatória para os peregrinos que rumam a Santiago de Compostela pelo caminho Português

Do centro histórico até ao rio

Descendo pelas vielas até ao rio vamos encontrar vários espaços verdes, excelentes para um lanche ou apenas para uma pausa, como no Parque Rosalia de Castro, onde encontramos a Ilhas das Esculturas. Aqui, a exuberância da natureza mistura-se com esculturas de alguns dos mais reputados artistas galegos, em 7 hectares perdidos no meio do rio. É ainda onde nos encontramo com a Ponte do Burgo, marco turístico importante da cidade de Pontevedra, que nos leva de volta ao centro.

Ainda no centro histórico a não perder o Mercado Hortícola e a Pousada Nacional de Turismo, construída entre os séculos XVI e XVIII. 

Perto da Praça das Cinco Rúas temos o Teatro Principal e a Casa das Campás, para logo de seguida encontrarmos a Praça de España. É aqui que estão localizadas as Ruínas Góticas de Santo Domingo. Continue pelos Jardins de Colón até à Praça de San Xosé e visite o Café Moderno – um espaço majestoso de art nouveau, que funciona como um centro cultural. 

Gastronomia a não perder 

Caminhar não se faz sem paragens obrigatórias nas várias tabernas e esplanadas que se podem encontrar pelo caminho. A oferta é variada, mas o que não pode perder são o cozido à galega, o polvo à galega, e claro, marisco, ora não fosse a Galiza o berço do melhor marisco da península. 

Para petiscar, e não se demorar, tem os pintxos, uma tapa que pode ir da clássica tortilha a um chouriço assado até pequenos canapés mais requintados acompanhados de uma ‘cerveza’, claro está. 

Basílica menor de Pontevedra

Pontevedra: feiras e romarias

Pontevedra pode ser visitada em qualquer altura do ano. No entanto, se quer conhecer bem a vida da cidade há algumas festividades que deve apontar na agenda: 

  • Festa d’os Maios – é uma festa de origem pagã relacionada com os rituais da fertilidade e com a chegada do bom tempo.
  • Festa de San Benitiño de Lérez – dia 11 de julho é feriado local e celebra-se com uma grande romaria em nome do santo padroeiro, que mobiliza milhares de pessoas
  • Feira Franca – decorre no primeiro fim de semana de setembro e que nos leva diretamente ao período medieval

Para além de todos estes motivos para visitar Pontevedra, existem ainda várias praias que não pode perder. Seja um fim de semana com amigos, ou umas férias em família tudo pode ser uma boa desculpa para explorar de uma das cidades mais importante da Galiza.

Veja também