Valdemar Jorge
Valdemar Jorge
17 Mar, 2021 - 15:52

Ponto de embraiagem: saiba como fazer corretamente

Valdemar Jorge

Encontrar o ponto de embraiagem pode ser um “quebra cabeças” Saiba como superar esta dificuldade e tornar a condução mais agradável.

foco nos pés de um condutor a fazer o ponto de embraiagem

Em alguma altura da sua condução já deixou, certamente, o carro ir abaixo, como por exemplo, num sinal luminoso, numa fila de trânsito ou mesmo numa subida íngreme. É aqui que surge, então, a questão sobre o ponto de embraiagem e como fazê-lo corretamente.

Este é um dos grandes dilemas dos recém encartados. Isto porque, na maioria dos casos, fazem a instrução em viaturas com motor de combustão a diesel. Posteriormente, acabam por conduzir o carro do pai, da mãe ou de um amigo, que poderá ser a gasolina.

E o drama começa aqui, porque, nos carros a gasolina, como têm menos binário, e funcionamento mais suave, é necessário mais aceleração e maior prática no que por norma se chama “encontrar o ponto de embraiagem”.

Se é o seu caso e tem dificuldade em encontrar o ponto de embraiagem no seu carro, saiba que a tranquilidade é crucial para realizar os vários passos que tem de fazer em simultâneo.

Por isso, se o carro for abaixo, o primeiro passo é sempre respirar fundo, dar à chave, colocando o motor em marcha e lembrar-se das dicas abordamos ao longo do artigo.

A embraiagem e o seu funcionamento

Antes de avançar com a dica para fazer o ponto de embraiagem corretamente, importa saber o que é a embraiagem e como funciona.  

A utilização da caixa de velocidades manual obriga a que o condutor controle a ação da embraiagem, o pedal colocado à esquerda do pedal do travão. E, como em tudo num automóvel, a embraiagem tem um modo correto de funcionamento.

Trata-se, portanto, de um mecanismo que transmite a rotação do volante do motor às engrenagens da caixa de velocidades que, por sua vez, a transfere para o diferencial através do eixo.

A embraiagem faz a ligação entre o motor e a caixa de velocidades do automóvel. É uma das peças com maior desgaste num automóvel, uma vez que está em constante utilização, quando este está em circulação.

Fazer o ponto de embraiagem corretamente

O ponto de embraiagem é o processo necessário para que um automóvel com caixa de velocidades manual comece a andar. Sente-se sempre que a viatura dá uma tremida, quando se engrena a primeira velocidade e se solta  o pedal da embraiagem devagar. Nesse momento o carro começa a ganhar força para se movimentar.

Esse momento é importante, pois se o condutor perder o ponto ou passar demais, o motor pode ir abaixo. É esse momento não queremos que aconteça.

Por isso, aqui fica a dica de como fazer o ponto de embraiagem corretamente:

  • Depois de colocar o motor em funcionamento, pise o pedal de embraiagem a fundo e engate a primeira velocidade. O pé direito deverá estar a pressionar o pedal do travão;
  • De seguida, vá levantando o pé esquerdo na embraiagem, bem devagar, até sentir que o carro treme ligeiramente e sente-se a tração;
  • Nesta fase já encontrou o ponto de embraiagem;
  • Mantenha a pressão necessária para suster o pedal nesse sítio. Tire o pé direito do travão e passe-o para o acelerador (movimento deve ser feito rapidamente), pressionando-o suavemente;
  • À medida que acelera, liberte, suavemente, o pé esquerdo da embraiagem e deixe vir o pedal para a sua posição normal. Nesta fase o carro estará em andamento de forma perfeita, sem solavancos.
foco nos pés de um condutor a fazer o ponto de embraiagem

Travão de mão poderá ajudar no processo do ponto de embraiagem

Embora algumas pessoas não aconselhem, em alguns casos, pode até dar mais segurança ao condutor.

Para fazer o ponto de embraiagem numa subida, recorrendo ao travão de mão, deve acelerar devagar até sentir o carro tremer e a parte traseira levantar. Nesse momento, solta-se o travão de mão e acelera-se. Assim, o automóvel inicia a marcha.

Reforça-se ainda, como já referimos, que dependendo da viatura ter motor a gasolina ou diesel o processo de encontrar o ponto de embraiagem é diferente. No primeiro caso, tudo tem de decorrer de uma forma mais suave. No segundo, como os motores têm mais binário, o processo torna-se mais fácil.

Além disso, nos modelos movidos a gasolina, a embraiagem tem tendência a ser mais dura e precisa de aceleração mais cedo.

Num carro a diesel, à medida que se vai soltando levemente a embraiagem, o veículo, regra geral, começa a deslizar imediatamente, sendo também mais fácil encontrar o ponto de embraiagem.

O que fazer para melhorar a performance como condutor

Neste caso específico de “fazer/encontrar o ponto de embraiagem” enumeramos algumas sugestões que podem ajudar a melhorar a sua performance enquanto condutor.

O treino/a prática é extremamente importante. Quanto mais treinar, mas capacitado estará para lidar com esta situação. Por isso, sugere-se que treine o que acima lhe transmitimos, numa garagem ou num parque de estacionamento.

Ligue o motor do carro e siga passo a passo a dica que lhe demos. Sinta o carro, saiba interpretar o movimento. Verá que em poucos minutos intuirá a forma de fazer o ponto de embraiagem.

Os semáforos e as filas de trânsito podem também constituir um problema e “acordar” o estigma do “ponto de embraiagem”.

No caso dos semáforos, é sempre uma ajuda estar atento ao momento em que o semáforo dos peões se prepara para mudar para vermelho. É nessa altura que deverá engrenar a primeira velocidade e preparar-se para arrancar.

Se estiver em filas de trânsito, tente vislumbrar, através do carro que está à sua frente, se o carro que este precede arranca. Se isso acontecer, prepare-se para engrenar a primeira velocidade. Nessa altura, o carro que está à sua frente deve estar a arrancar possibilitando também que inicie a sua marcha.

Numa subida o processo é idêntico, necessitando só que a embraiagem não seja tirada tão rapidamente e que deve acelerar de uma forma mais decidida, embora não bruscamente.

Carros de caixa automática e elétricos

No caso dos carros com caixa automática não necessita preocupar-se com a embraiagem, pois o pedal não existe. Nestas viaturas existem apenas dois pedais: o acelerador e o travão.

Também nas viaturas elétricas não tem de se preocupar com o pedal da embraiagem, pelo simples facto de estes modelos não terem embraiagem, nem caixa de velocidades. Na mesma linha, também só existem dois pedais: acelerador e travão.

Acresce nos carros elétricos que, como no momento do arranque o motor dispõe da totalidade do binário, exige-se o doseamento do acelerador, principalmente nos primeiros metros após arrancar.

Com tempo e treino adquirirá a tão necessária experiência e tornar-se-á um ás do “ponto de embraiagem”, passando a realizar este processo de forma intuitiva. Não se esqueça: encare com descontração o processo pois, mais facilmente conseguirá superá-lo.

Veja também