ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Inês Silva
Inês Silva
04 Mar, 2021 - 12:33

Saiba quais as profissões mais procuradas pelas empresas em 2021

Inês Silva

Quer mudar de emprego? Conheça quais as profissões mais procuradas pelas empresas portuguesas, de acordo com recrutadores.

profissões mais procuradas

Várias empresas de recrutamento analisaram o mercado de trabalho e fizeram as suas previsões quanto às tendências de contratação e profissões mais procuradas em 2021. Continue a ler para saber quais são.

Em 2020, a pandemia causada pela COVID-19 e as medidas implementadas para a contenção do vírus trouxeram várias alterações ao mercado de trabalho, já todos sabemos isso. Os profissionais tiveram que adquirir novas competências e as empresas tiveram que repensar e adaptar os seus modelos de negócio.

Naturalmente, todas estas alterações tiveram e têm impacto no que ao recrutamento diz respeito.

Profissões mais procuradas em 2021

Profissões tecnológicas entre as mais procuradas

Na análise realizada pela Michael Page, empresa de recrutamento, destacam-se as seguintes áreas:

  • Cyber Security;
  • IoT;
  • Cloud; Machine Learning;
  • Big Data.

Neste seguimento, as profissões mais procuradas são: SOC Analysts, Pen Testers, IoT Architects, Cloud Admin, Data Engineers, Data Scientists, Data Analysts e Machine Learning Engineers.

Os profissionais destas áreas vão ter maior procura no decorrer deste ano. Assim, acompanham as atuais necessidades das empresas no sentido da digitalização dos seus produtos, serviços e processos de trabalho. Confirma-se, portanto, o dinamismo do setor tecnológico, no qual se prevê uma evolução de salários de 5% a 10%.

A empresa refere ainda que, a partir de observações de mercado e tendências de contratações para este ano, a função que atualmente apresenta maior procura entre os empregadores é a de Fullstack Developer.

Esta função tem como principais responsabilidades o desenho e implementação de soluções de alta performance com recurso a tecnologias Open Source e/ou tecnologias proprietárias. Os candidatos com formação académica superior nas áreas de Engenharia Informática, e experiência prévia de trabalho em projetos internacionais, são os mais valorizados.

Para o desempenho desta função, os candidatos poderão auferir uma remuneração bruta anual de 28 mil euros, à qual acresce uma parte variável.

Saúde e Tecnologia como áreas de maior procura

Segundo o estudo ManpowerGroup Employment Outlook Survey, o impacto da pandemia afetou negativamente os sectores da Restauração, Hotelaria e Retalho. No entanto, por outro lado aumentou a procura de profissionais nas áreas da Saúde, da Tecnologia e Transformação Digital, ou do Ecommerce, sem que haja uma resposta suficiente em termos de talento disponível.

Em relação a tendências de contratação para o 1.º semestre de 2021, o mercado de trabalho mais forte é antecipado pelos empregadores do subsetor Público que, com uma projeção de +17%, sobe em 4 pontos percentuais face ao trimestre anterior e 12 pontos na comparação anual.

No setor de Outras Atividades de Produção há uma projeção de +12%, o valor mais elevado registado nos últimos dois anos. Este resultado é reflexo de projeções otimistas, de +12% no subsector da Agricultura e de +13% no subsetor do Fornecimento de Eletricidade, Gás e Água.

As intenções de contratação para este setor sobem 10 pontos percentuais, quando comparadas com as projeções avançadas para o trimestre anterior, e 2 pontos percentuais, na comparação com o 1.º trimestre de 2020.

Os setores da Construção, da Indústria e das Finanças e Serviços é esperado um ritmo de contratação moderado, com uma Projeção de +5%. Na Construção e na Indústria, as perspetivas de contratação melhoram em 14 e 5 pontos percentuais face ao trimestre anterior. Já no setor das Finanças e Serviços, a tendência é mais pessimista, com uma quebra de 7 e 12 pontos percentuais, face ao período anterior e ao trimestre homólogo de 2020.

75% dos empregadores pretende recrutar em 2021

A Hays Portugal publica, anualmente, o Guia do Mercado Laboral. Trata-se de um barómetro com tendências de emprego e salários, numa tentativa de melhor compreender o mercado de trabalho qualificado em Portugal.

Estas são algumas das suas conclusões:

  • 75% dos empregadores afirma que pretende recrutar em 2021;
  • Entre os motivos mais referidos pelos empregadores para as contratações em 2021, destacam-se o crescimento do negócio em território nacional, mas também a recuperação do negócio no período pós-COVID19;
  • Os perfis da área Comercial, de Tecnologias da Informação, de Engenharia e de Marketing vão ser as profissões mais procuradas;
  • A motivação dos colaboradores foi o fator mais referido pelos empregadores no que concerne a garantir a produtividade em 2021;
  • A maioria dos profissionais qualificados revela insatisfação em fatores que poderão impactar esta produtividade, tais como: perspetivas de progressão, prémios de desempenho e pacote salarial. Talvez por isso, a percentagem de profissionais que pretendem mudar de emprego aumentou para 79%;
  • A flexibilidade em modelos de trabalho remoto é outro fator muito referido pelos empregadores com vista à produtividade este ano, um sinal de que esta nova realidade veio para ficar.
mulher com cão ao colo a trabalhar em casa a usufruir da flexibilidade no trabalho

As profissões mais procuradas e salários médios

Também o Salary Survey da Robert Walters identificou as funções mais procuradas, bem como os salários médios em Portugal para 2021, elencando-as por áreas:

Contabilidade e Finanças

Financial controller, Internal auditor, Finance director são as funções destacadas.

Um Financial controller com mais de 10 anos de experiência poderá contar com um salário anual entre 65 e 70 mil euros. Um Internal auditor, também com 10 anos de experiência, pode esperar um salário entre 45 e 70 mil euros anuais e um Finance director entre 65 e 90 mil euros.

Engenharia e Operações

Supply Chain manager, Business development Renewables e Industrial Technical director vão ser as funções mais procuradas em 2021.

Um Supply Chain manager com mais de 10 anos de experiência pode receber entre 50 e 85 mil euros por ano, um Business development Renewables receberá entre 65 e 90 mil euros anuais e um Industrial Technical director terá um salário anual entre 70 e 90 mil euros.

Recursos Humanos

As funções mais procuradas serão as de Talent Acquisition specialist/manager, Change management e Compensation & Benefits manager.

Um Talent Acquisition specialist/manager com mais de 10 anos de experiência poderá contar com um salário entre 35 e 40 mil euros anuais, um Change management terá um salário entre 35 e 50 mil euros por ano e um Compensation & Benefits manager pode receber um salário entre 40 e 50 mil euros anuais.

Tecnologias de Informação

Data & Analytics manager, DevOps engineer, Cyber Security manager serão as mais procuradas.

Um Data & Analytics manager com experiência, entre cinco e 10 anos, terá um salário entre 90 e 100 mil euros por ano, um DevOps engineer poderá ter um salário entre 70 e 85 mil euros anuais e um Cyber Security manager pode receber entre 55 e 70 mil euros por ano.

Vendas e Marketing

As Digital Marketing manager, E-commerce manager e IT Sales Account manager são as profissões destacadas.

Um Digital Marketing manager com mais de 10 anos de experiência pode auferir um salário entre 50 e 65 mil euros anuais. Um IT Sales account manager terá um salário entre 40 e 55 mil euros por ano e um E-commerce manager poderá receber entre 35 e 45 mil euros.

Profissionais mais procurados e bem pagos

A empresa de recrutamento, Adecco, realizou um relatório com as profissões mais procuradas e bem pagas em 2021, saiba quais são:

Telecomunicações

Nesta área, os mais procurados deste setor vão ser os responsáveis pelas infraestruturas, com salários a partir dos 70 mil euros anuais.

Indústria

No que à indústria diz respeito, os gestores de saúde, qualidade, ambiente e segurança assumiram um papel importante no contexto de pandemia, sendo o perfil mais procurado gestor com experiência operacional, com remunerações entre 76 mil e 160 mil euros por ano, e com funções de supervisão e coordenação em questões de qualidade e segurança a nível transversal.

Saúde

Na Saúde, são procurados, sobretudo em tempos de pandemia, enfermeiros que podem receber salários entre os 26 mil e os 50 mil euros anuais.

Comércio

No Comércio, temos o gestor de marketing comercial que pode receber entre 35 mil e 45 mil euros anuais. Para além deste, o gestor de e-commerce, devido à explosão das compras e vendas online, poderá receber salários que variam entre os 40 mil e os 80 mil euros por ano.

Finanças

Na área das Finanças, controladores, responsáveis pela supervisão da situação económica das empresas são os mais procurados, com vencimentos entre 35 mil e 60 mil euros anuais.

Tecnologias de Informação

Nas Tecnologias de Informação, ganham destaque os programadores com salários entre os 25 mil e os 55 mil euros anuais. Os perfis de Chief Information Officer também vão ter grande procura, com remunerações entre 60 mil e 250 mil euros por ano.

Recursos humanos

Na área de Recursos Humanos, será o responsável pelas relações laborais, fundamental num ciclo de alterações jurídicas como o atual, com remunerações de 35 mil a 75 mil euros anuais.

Marketing

No Marketing, temos o gestor de produto, com salários entre 35 mil e 50 mil euros anuais. No entanto, o mais bem pago nesta área será o Chief Digital Officer, responsável pela digitalização das empresas, que poderá receber um salário entre 80 mil e 120 mil euros anuais.

Ciências da Vida

Nas Ciências da Vida, vão ser os mais procurados os técnicos de garantia de qualidade com uma remuneração entre 35 mil e 45 mil euros anuais.

Logística

Quando falamos em Logística, a profissão mais procurada será o Global Sourcing Manager, responsável pelas compras globais, com uma remuneração entre 65 mil e 100 mil euros anuais.

Banca

Na Banca, será o gestor de banca privada, que gere estratégias e carteiras privadas de clientes, será o mais procurado e terá uma remuneração entre 27 mil e 37 mil euros por ano.

Engenharia

Na área da Engenharia, será o engenheiro de processos, que dirige as otimizações e transformações internas das empresas, com uma remuneração entre 35 mil e 45 mil euros anuais.

Direito

No Direito, o advogado na área do Trabalho, com todas as alterações aos vínculos laborais, será o mais procurado. Os salários podem variar entre 40 mil a 60 mil euros por ano.

Procurar emprego em 2021

Agora que já sabe quais as profissões mais procuradas, deverá ter em conta que a escolha de uma profissão não pode seguir apenas os gostos e talentos de cada um, como também as tendências do mercado laboral.

Por isso, se é profissional destas áreas, 2021 será uma boa altura para encontrar emprego ou procurar novas ofertas. Por outro lado, se o que pretende é contratar pessoal para a sua empresa, tenha em mente que a procura por estes profissionais vai ser mais recorrente nos tempos que se avizinham.

Veja também