Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Cátia Tocha
Cátia Tocha
20 Ago, 2018 - 12:20

Quanto custa depilação a laser: cada sessão e total

Cátia Tocha

Saiba quanto custa depilação a laser e ainda quais são os seus métodos e cuidados a ter, além das vantagens e desvantagens deste tipo de tratamento.

Quanto custa depilação a laser: cada sessão e total

Está cansado(a) de se depilar com gilete, máquina depilatória ou cera, pois os pelos crescem rápido, mas não sabe quanto custa depilação a laser? Vamos ajudá-lo(a) ao darmos uma estimativa de preços de cada sessão e de todo o processo no total.

Este tipo de tratamento, também conhecido por fotodepilação, é um sonho para muitas mulheres e igualmente para cada vez mais homens, principalmente para as pessoas que têm pelos em demasia.

Quanto custa depilação a laser: preço por sessão e total

quanto custa depilação a laser

O que é a depilação a laser?

Antes de saber quanto custa depilação a laser, saiba que este tratamento é um método muito eficaz para reduzir os pelos, sendo o seu processo realizado através da incidência de raios laser, sob a forma de luz, no folículo piloso.

O laser é atraído pela melanina, nome dado à substância que dá cor ao pelo, e elimina o folículo piloso, o que impede que se desenvolva um novo pelo. Este processo só é eficaz em pelos escuros.

Preços

O preço por sessão varia consoante a zona do corpo e a clínica escolhida, por isso apresentamos-lhe uma estimativa de quanto custa depilação a laser:

  • Buço + queixo: a partir de 35€ por sessão | cerca de 95€ por 3 sessões
  • Axilas + virilhas: a partir de 35€ por sessão | cerca de 95€ por 3 sessões
  • Meia perna + axilas + virilhas: a partir de 65€ por sessão | cerca de 175€ por 3 sessões
  • Meia perna + virilhas + coxas: a partir de 75€ por sessão | cerca de 200€ por 3 sessões

Saiba também quanto custa depilação a laser para as zonas masculinas:

  • Maçãs do rosto + pescoço: cerca de 35€ por sessão
  • Tórax + abdómen: cerca de 49€ por sessão
  • Costas: cerca de 79€ por sessão

O total de todos estes valores dependerá do número de sessões que cada clínica determina serem necessárias para a realização da depilação a laser.

Tipos de laser mais usados

Há muitos tipos de laser usados neste tratamento, mas os três mais comuns são:

1. Laser de Díodo de longo pulso

O laser de Díodo possui uma eficácia de 56% na primeira sessão e de 95% depois de várias sessões. As pessoas que têm peles claras com pelo escuro são as mais indicadas para este tipo de laser, apesar deste também poder ser usado em pele escura. O seu comprimento de onda é de 755 nanómetros.

2. Laser de Alexandrite

Tal como o laser anterior, o laser de Alexandrite tem uma eficácia de 56% na primeira sessão e de 95% após várias sessões, sendo igualmente indicado para peles claras com pelo escuro, ainda que possa ser usado em pele escura. O seu comprimento de onda é também de 755 nanómetros.

3. Luz Pulsada Intensa

Este laser, também conhecido por IPL ou Intense Pulsed Light, tem um maior comprimento de onda do que os anteriores, indo entre 800 a 1000 nanómetros. No entanto, a sua eficácia é de 34% na primeira sessão e de 84% após várias sessões, o que significa que é menos eficaz do que o Laser de Díodo e o Laser de Alexandrite.

A Luz Pulsada Intensa requer entre três a cinco sessões para se obter uma eficácia de 80%. Uma vez que os aplicadores são mais largos do que os dos outros sistemas, funcionam melhor em zonas extensas do corpo como costas e pernas. Este sistema é usado nos aparelhos de uso doméstico, menos potentes do que os das clínicas e centros especializados.

Vantagens e desvantagens da depilação a laser

Vantagens

  • É um método praticamente indolor;
  • É rápido e eficaz, podendo tratar grandes áreas do corpo numa única sessão;
  • É indicado para pelos grossos e escuros;
  • Pode ser aplicado em qualquer parte do corpo, exceto sobrancelhas, devido à proximidade aos olhos, que têm que estar protegidos em todas as sessões.

Desvantagens

  • Poderão ser necessárias várias sessões, dependendo da zona do corpo a depilar;
  • Cada sessão, também dependendo da zona onde o laser é aplicado, poderá ser bastante demorada;
  • É desaconselhado para pelos muito claros, mulheres grávidas, pessoas bronzeadas, pessoas que sofrem de lúpus, de fotossensibilidade ou que têm dificuldades ao nível da cicatrização;
  • Quem opta por este tratamento corre sempre o risco de queimadura superficial e de alterações pigmentares, ou seja, aparecimento de manchas caso o tratamento não seja administrado corretamente.

Depilação a laser: perguntas frequentes

quanto custa depilacao a laser

Agora que já sabe aproximadamente quanto custa depilação a laser, partilhamos consigo as respostas às dúvidas mais frequentes relacionadas com este tema.

1. Fazer depilação a laser é doloroso?

Este tipo de tratamento é, regra geral, indolor. É possível que surja alguma vermelhidão na pele, tal como acontece quando se expõe ao sol sem colocar protetor solar, mas essa vermelhidão acabará por desaparecer após algumas horas.

2. Qual a melhor altura para fazer a depilação a laser?

Se quiser fazer este tratamento nas zonas mais extensas do corpo, o melhor é começar as sessões durante o outono ou, pelo menos, no inverno. Assim, conseguirá chegar ao verão com resultados visíveis e já poderá expor essas zonas ao sol sem problemas.

3. Quantas sessões são precisas para a eliminação dos pelos?

Em cada sessão, a estimativa é de que sejam atingidos 20% a 30% dos pelos. Por isso, um tratamento deve ter pelo menos seis sessões, podendo chegar a dez em determinados casos.

4. É necessária alguma preparação para o tratamento?

Se vai fazer depilação a laser tenha em conta que não deve fazer depilação a cera nas seis semanas que antecedem este tratamento, nem durante o mesmo, pois isso vai anular o efeito do laser na destruição do folículo.

No dia ou na véspera da sessão deve cortar os pelos com lâmina para que fiquem no seu comprimento mínimo e o laser consiga chegar à raiz.

5. Os pelos nunca mais voltam a crescer?

A eliminação definitiva dos pelos só é possível se o laser atingir o pelo na sua fase de crescimento. No entanto, os pelos só deixam de crescer entre três e seis anos.

Isto significa que sim, os pelos voltam a crescer. O mais correto é então falar-se de redução da quantidade de pelos em vez de depilação definitiva, pois mesmo que um tratamento dure apenas algumas sessões, é sempre necessário fazer manutenção.

6. Quanto tempo dura a manutenção do tratamento?

Não existe um tempo estabelecido para ser feita a manutenção. No entanto, como este tratamento torna os pelos cada vez mais raros e finos, bastam duas a três sessões de manutenção por ano na maior parte dos casos.

7. Tenho de ter alguns cuidados após este tratamento?

Ao fazer depilação a laser, é necessário que cumpra alguns cuidados básicos essenciais, como por exemplo:

  • Não fazer depilação com cera ou sistemas por electrólise nas seis semanas anteriores à sessão;
  • Não expor a pele ao sol nas 24 horas anteriores e posteriores à sessão;
  • Evitar, nas 24 a 48 horas após a depilação a laser, a exposição a outras fontes de calor (aquecedores, vapor, etc.);
  • Aplicar um creme ou loção com efeito calmante e de regeneração da pele (este cuidado não é obrigatório mas é aconselhável).

8. Este tipo de depilação pode ser feito em qualquer tipo de pele?

Sim, desde que não sejam peles muito escuras (fototipos V e VI). Há muitos tipos de laser adequados aos vários tipos de pele, mas só o laser de Alexandrite será eficaz nas peles mais escuras, pois não deixa marcas.

9. Por que é que indivíduos com fototipos V e VI não devem fazer depilação a laser?

Os indivíduos que pertencem aos fototipos V (pele morena, olhos e cabelos escuros, e que nunca sofrem escaldões e se bronzeiam com muita facilidade) e VI (pele negra) correm um maior risco de queimaduras com a fotodepilação.

Isto acontece porque ambas as peles absorvem a luz do laser por possuírem mais melanina, o que pode danificar os tecidos.

Conselhos importantes sobre depilação a laser

Este tipo de tratamento deve ser realizado num instituto de estética ou consultório dermatológico. Ao escolher o espaço, esteja a par de quanto custa depilação a laser e das técnicas que vão ser realizadas nas suas sessões, tendo de ser atendido por profissionais especializados na área da depilação permanente.

Tire todas as suas dúvidas antes de se submeter ao tratamento, cuja duração normal é de de três a seis sessões. No entanto, algumas pessoas precisam de mais para terminarem o tratamento. Os resultados serão visíveis logo após as primeiras sessões.

Antes de iniciar o tratamento, terá de marcar uma consulta e fazer um teste para avaliar o seu tipo de pele e pelo, pois só desta forma o técnico ou a técnica poderão decidir que aparelho usar e qual a potência que melhor se adequa ao seu caso.

Não se esqueça de seguir à risca todos os conselhos dados pelos técnicos para que tudo corra sem problemas. Lembre-se dos cuidados a ter após este tratamento, que foram mencionados neste artigo.

Veja também