Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
06 Jun, 2018 - 00:00

SOS: receitas para fugir às dietas perigosas e demasiado restritivas

Teresa Campos

Hoje trazemos um tema polémico: receitas para fugir às dietas perigosas. E, para nos ajudar a enquadrar esta realidade, pedimos a ajuda da nutricionista Andreia Santos.

SOS: receitas para fugir às dietas perigosas e demasiado restritivas

Todos já ouvimos falar de um sem número de regimes alimentares que prometem, de forma muito rápida e quase milagrosa, uma perda de tempo substancial e de forma quase instantânea. Mas quais as reais repercussões destas opções? A especialista Andreia Santos fala-nos sobre tudo isto e nós deixamos-lhe ainda saborosas e saudáveis receitas para fugir às dietas perigosas.

Perder peso de forma equilibrada e, acima de tudo, sem pôr em risco o seu organismo é a ordem do dia – e deve seguir para a vida. Diga não às restrições excessivas, pondo em prática as nossas receitas para fugir às dietas perigosas.

Aprenda com a especialista truques e receitas para fugir às dietas perigosas

dietas perigosas

A que se deve a proliferação de dietas (muitas delas perigosas…)?

Andreia Santos: À semelhança do mundo da música ou da moda, o mundo da alimentação saudável também segue tendências e todos os anos surgem novas dietas. Seja para perder ou ganhar peso, por um problema de saúde comprovado, que implica, por exemplo, a diminuição dos níveis de colesterol e triglicerídeos, hipertensão arterial, desintoxicação do organismo, redução da glicose ou ácido úrico no sangue, ou mesmo por uma intolerância a determinado tipo de alimento, muitas são as razões, fundamentadas ou não, que motivam qualquer pessoa a procurar “a melhor dieta”.

O que se pode esperar dessas “dietas da moda”?

Andreia Santos: De entre um sem número de dietas conhecidas – Vegan, do Dr. Atkins, Mediterrânica, do Paleolítico, de South Beach, Macrobiótica, Cetogénica, entre outras -, muitos são os resultados que se procuram alcançar com a sua implementação e, efetivamente, os resultados esperados tenderão a aparecer, resta saber é se não vão por em causa a sua saúde e se os resultados se manterão a longo prazo.

Então, o que nunca se deve fazer numa “boa dieta”?

Andreia Santos: Qualquer que seja a dieta escolhida, se se procura, por exemplo, emagrecer, a fórmula é simples: basta gastarmos mais calorias do que as que consumimos. Mas não podemos dissociar que tudo depende dos alimentos que compõem essa quantidade de calorias, pois duas “dietas” com as mesmas calorias podem produzir resultados totalmente distintos na nossa composição corporal, fazendo igualmente perder peso, mas num caso essa perda se fazer à custa de diminuição da massa gorda e aumento de massa muscular ou essa perda se fazer unicamente à custa da diminuição de massa gorda e massa muscular.

Para além deste, outros “erros” e fundamentalismos são indubitáveis por quem procura fazer uma dieta a qualquer custo, seja a restrição alimentar sem motivo aparente, como deixar de consumir produtos com glúten, lactose, alimentos como ovos, carnes vermelhas, qualquer fonte de hidratos de carbono, ou mesmo a seleção alimentar apenas pelos “superalimentos”, como quinoa, aveia, sementes de chia, entre outros, deixando de consumir outros alimentos só para consumir estes, muitas vezes em excesso, o que pode levar a desequilíbrios alimentares.

E o que se deve fazer para emagrecer de forma saudável?

Andreia Santos: Se procura emagrecer de forma saudável, esqueça as mudanças radicalistas, com uma dieta restritiva, onde reina o sacrifício e o deixar de comer, e procure uma reeducação alimentar com mudança de hábitos e comportamentos com disciplina e equilíbrio, onde pode comer tudo que o seu corpo precisa e na medida certa. Em parceria, inclua na sua rotina a prática de uma atividade física que lhe dê prazer, como ginásio, corrida, caminhada, jogar futebol com os amigos, andar de bicicleta, o importante é que se mexa e contrarie o sedentarismo. Aliada a estes dois pilares, incuta o hábito da hidratação regular durante todo o ano, de forma a potenciar o seu rendimento cognitivo e desportivo, a sua qualidade de vida, evitando a fadiga, a apatia, a sonolência, a irritabilidade e o cansaço precoces.

Como posso desenhar a minha própria dieta?

Andreia Santos: É importante ressalvar que a alimentação não pode ser padronizada seguindo regras únicas, existindo várias formas de praticar uma alimentação saudável sem ser necessário classificar a melhor abordagem, até porque “a dieta ideal” ou “a melhor dieta” é aquela que permite que perca massa gorda de forma saudável e sustentada, sem restrições e desequilíbrios alimentares, com a qual se sinta bem, sendo totalmente adaptada a si, aos seus gostos, hábitos, estilo de vida, horários e histórico de saúde. Lembre-se sempre, o importante é que faça “dieta” pela sua saúde e pelo seu bem-estar, não pela busca incessante do tão desejado número que aparece na balança ou porque “está na moda”.

3 receitas para fugir das dietas perigosas e comer de forma equilibrada

Peitos de frango salteados com legumes

frango com legumes

Ingredientes
4 peitos de frango
4 cebolas
2 tomates
1 alho francês
1 folha de louro
1/4 pimento verde
2 c. de sopa de azeite
Sal, pimenta e coentros, q.b.

Modo de Preparação

  1. Corte as cebolas, o tomate, o alho francês (às rodelas) e os pimentos (às tiras).
  2. Coloque metade da cebola no wok, junte o tomate e o louro e regue com o azeite.
  3. Adicione o frango, previamente temperado com sal, e junte a restante cebola.
  4. Cozinhe em lume brando durante 45 minutos.
  5. Sirva polvilhado com coentros picados.

Valor nutricional: 250Kcal

Espetadas de tamboril

1

Fonte: Pixabay/RitaE

Ingredientes
300g de lombos de tamboril, cortados aos cubos
12 tomates-cerejas
1 pimento amarelo

Modo de Preparação

  1. Lave o pimento, corte-o ao meio e retire as sementes.
  2. Divida cada metade em pequenos quadrados.
  3. Num espeto de madeira, coloque um cubo de tamboril, intercalado com um quadrado de pimento e um tomate-cereja. Repita o processo até terminar todos os ingredientes.
  4. Grelhe as espetadas durante 30 minutos, rodando várias vezes para não queimarem.

Valor nutricional: 91Kcal

Salada de presunto e melão

Ingredientes
200g de Alface e/ou rúcula
100g de presunto, cortado em fatias muito finas
2 tomate chucha, cortados em rodelas finas
2 fatias de melão, cortadas em cubos
1 queijo mozzarella fresco
1 c. de chá de azeite
Sal e pimenta, q.b.

Modo de Preparação

  1. Numa saladeira, coloque a alface e/ou a rúcula, as rodelas de tomate, as fatias de presunto e o queijo mozzarella fresco, cortado grosseiramente.
  2. Tempere com azeite e sal e envolva.
  3. Acrescente os cubos de melão e finalize, polvilhando com a pimenta.

Valor nutricional: 286Kcal

As palavras de Andreia Santos não deixam margem para dúvidas: não há dietas milagrosas que não tenham repercussões negativas mais tarde e também não há dietas universais – cada pessoa deve adaptar o plano alimentar às suas características e às particularidades da sua vida e rotinas.

Já percebeu que há muitas formas e receitas para fugir das dietas perigosas e é isso que deve fazer: nutrir o corpo com consciência, melhorando os seus hábitos alimentares e sempre com equilíbrio. Siga as nossas receitas para fugir às dietas perigosas e (com)prove como é possível emagrecer, sem abdicar do sabor.

CONTACTOS PROFISSIONAIS DRª ANDREIA SANTOS

Marcação de consultas (Presenciais – Porto e Lisboa; Não presenciais – Skype e Telefone)
Telemóvel: (+351) 912884517
E-mail[email protected]

Veja também: