Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
09 Ago, 2022 - 19:39

Renovação de telhados: quando fazer?

Catarina Milheiro

A renovação de telhados pode parecer uma autêntica dor de cabeça. Mas existem alguns sinais para os quais deve estar atento. Saiba tudo.

Afinal, quando sabemos que devemos fazer uma renovação de telhados? Há um prazo pré-definido ou devemos estar atentos para alguns aspetos de deterioração? Respondemos a estas e outras questões.

A verdade é que os problemas nos telhados são bastante comuns e podem afetar qualquer tipo de construção: desde residências a edifícios comerciais.

Ora, eles podem acontecer por diversos motivos como fenómenos naturais, falhas na execução, problemas no próprio desempenho dos materiais, falta de manutenção e até devido aos danos causados pelas chuvas e pelo frio.

O importante é estar atento para que consiga tomar as devidas precauções o mais cedo possível, sem que seja necessário gastar rios de dinheiro.

Tudo sobre a renovação de telhados

Na maior parte dos casos, o que leva qualquer tipo de construção a precisar de uma renovação de telhados é precisamente a necessidade de corrigir alguns problemas como falhas de execução ou infiltrações.

Contudo, e ao contrário do que possa estar a pensar, estes também são problemas sérios visto que podem mesmo comprometer a estrutura do edifício se não forem resolvidos atempadamente.

Para além disto, a renovação de telhados também pode acontecer quando alguém quiser apenas renovar a estrutura de um telhado de uma casa antiga (como acontece bastante no caso das renovações de casas antigas).

E na verdade, esta é uma excelente oportunidade para garantir que a estrutura vai ser mais segura do que a anterior e, paralelamente, para aumentar o conforto térmico.

No entanto, o importante é compreender que para prevenir qualquer problema relacionado com a renovação de telhados, o essencial é que se usem materiais de qualidade. Além disto, deve fazer uma inspeção anual por toda a estrutura.

Desta forma garante que o mínimo problema seja detetado numa fase inicial e por isso, será mais rápido de corrigir e mais barato.

Como identificar problemas na estrutura do telhado?

Na maioria dos edifícios, a estrutura do telhado não está diretamente exposta à chuva, ao sol nem ao ambiente em geral. O que significa que é menos comum existirem problemas nesta zona.

Mas mesmo assim, isto não garante que alguma parte da estrutura estará 100% protegida. Por isso, é essencial prevenir e adotar alguns cuidados.

Ainda que aconteça com pouca frequência, um dos problemas mais comuns nas estruturas dos telhados é quando eles são feitos de madeira. Por se tratar de um produto natural, a madeira pode começar a apodrecer com o tempo.

No fundo, tudo irá depender do tipo de madeira e da exposição dela ao ambiente. Normalmente, telhados com madeiras de boa qualidade costumam durar cerca de 50 anos.

Já aqueles que são compostos por estruturas metálicas, estas raramente apresentam problemas. Tal acontece porque são peças industrializadas e que recebem um tratamento antiferrugem. Nestes casos, ainda que sejam raros, o que pode acontecer à estrutura é a corrosão por falta de manutenção.

Para além disto, saiba que as deformações excessivas devido a falhas na execução, são também um dos problemas mais comuns e facilmente identificáveis.

Quando devo fazer a renovação do telhado?

Se a estrutura do seu telhado for composta por madeira, é necessário avaliar o grau de apodrecimento de cada viga. Quando o problema é detetado numa fase inicial, ainda é possível trocar as vigas e outras partes podres sem que seja obrigatório refazer toda a estrutura.

No caso de se verificar que o problema é geral, então talvez a melhor opção seja fazer uma renovação completa do telhado.

Relativamente às estruturas metálicas, se os problemas forem pontuais e estiverem associados à corrosão (e a peça não estiver comprometida totalmente), é possível corrigir os problemas sem que tenha que colocar um novo telhado.

Quando se tratam de problemas relacionados com as deformações em excesso, estes são mais fáceis de resolver – o ideal é contratar um profissional para averiguar o ponto de situação.

De um modo geral, a renovação de telhados depende sempre do estado em que eles se encontram (especialmente na sua estrutura). Assim, o aconselhamento profissional deve ser sempre uma prioridade, bem como as manutenções anuais.

E se o problema for nas telhas, o que devo fazer?

De facto, não é só a estrutura que pode dar problemas. As telhas que compõem um telhado estão demasiado expostas às condições climáticas e são propícias para o aparecimento de infiltrações.

Por isto mesmo, há que entender que cada tipo de telha tem as suas necessidades e cuidados. Estas são as mais comuns no mercado:

  • Telhas de cerâmica, fibrocimento e concreto – se este é um dos tipos de telha que tem no seu telhado, saiba que são as que absorvem mais humidade e têm menos resistência a choques mecânicos;
  • Telhas metálicas – com tendência para durarem mais (no entanto podem não ser tão eficazes na condução térmica e sofrem, normalmente, uma maior movimentação).

Assim, uma boa forma para perceber se as telhas têm ou não problemas será observá-las na parte interna do teto. Se estas apresentarem pintura desgastada, infiltrações ou manchas, deve chamar de imediato um profissional.

Se, por outro lado, quiser ser o próprio a verificar o problema mais a fundo, nunca pise as telhas, especialmente se estiverem húmidas ou molhadas pois pode magoar-se facilmente.

Por fim, independentemente de ser um profissional ou não a detetar quais as telhas que precisam de ser trocadas, o importante é saber qual o tipo de telha e a quantidade. Depois, basta adquiri-las e contratar alguém para o fazer cuidadosamente.

Quanto custa renovar um telhado?

Os preços para a renovação de telhados podem variar bastante, tudo irá depender do profissional que contrata, da área e dos materiais necessários.

Para que consiga ter uma noção, o preço médio para um serviço de manutenção de telhados ronda os 100 euros/m2. O que significa que quando pedir orçamentos, pode contar com custos a rondarem os 50 euros/m2 e os 250 euros/m2.

É importante ainda referir que estes preços já contam com a aplicação de isolamento e a remoção de telhas, normalmente. Contudo, não se esqueça que a estes custos ainda acrescem os valores dos materiais.

Renovar telhados pode parecer uma autêntica dor de cabeça, especialmente quando somos nós a tratar de quase tudo. Mas a verdade é que se trata de algo fundamental para mantermos as nossas casas devidamente saudáveis e prontas para lidarem com as mais diversas alterações climáticas.

Veja também