Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ivo Monteiro
Ivo Monteiro
30 Mar, 2019 - 11:00

Revolut: o que é, como funciona e como beneficiar

Ivo Monteiro

A Revolut é uma startup britânica que pretende revolucionar o sistema bancário, tornando-o mais transparente e menos monopolizado. Saiba como funciona.

Revolut: o que é, como funciona e como beneficiar

A Revolut é uma alternativa para criar e carregar uma conta, a partir da qual podemos efetuar pagamentos de compras online e/ou em países estrangeiros, sem preocupações relativas a custos associados a taxas de câmbio, bem como transacionar criptomoedas.

Sendo, atualmente, conhecida pela transparência que confere aos câmbios, em resultado de não cobrar comissões (exceto ao fim de semana), a empresa procura continuar a destacar-se por estar na vanguarda do setor no qual se insere, onde que ser um player de referência.

Revolut: como funciona?

Revolut
Fonte da imagem: Blog Revolut / Divulgação

A plataforma móvel da Revolut possibilita a realização de pagamentos e/ou transferências, após a criação de um cartão virtual e, embora ainda tenha algumas limitações acaba por ser uma ótima solução para quem estiver em viajem dada a flexibilidade inerente e os baixos custos associados.

Para os utilizadores mais tradicionais existe a hipótese de solicitar um cartão de débito da rede Visa, sem custos, em formato físico associando ao Revolut a habitual experiência de pagamento com cartão.

A Revolut trabalha e desenvolve-se para ser uma referência no mercado em que atua e pretende deixar de ser a opção que as pessoas escolhem para ir de férias para passar a ser a escolha número um na rotina diária dos utilizadores, sendo esperadas, em breve, novidades neste sentido dado que a empresa já tem autorização para recebimento de depósitos, deixando de servir apenas como intermediário nestas transações.

Adira aqui ao cartão Revolut

Quais as vantagens do cartão Revolut?

Além de poder levantar até 200 euros por mês nas caixas automáticas (ATM) dos vários países, sem custos, o cartão Revolut permite ainda um conjunto de vantagens como:

  • Facilidade na criação da conta e de cartão virtual;
  • Rapidez na emissão de cartão físico (prazo de poucos dias), que é gratuito;
  • Carregamento da conta gratuito, se a partir da associação de um cartão de débito;
  • Possibilidade de conversão do seu saldo para uma das 25 moedas suportadas na aplicação, à taxa de câmbio real;
  • Realização de pagamentos no estrangeiro sem pagar taxas ou comissões;
  • A app permite bloquear e voltar a desbloquear o cartão de imediato – em caso de perda, por exemplo – bem como escolher ou alterar o código PIN do cartão;
  • Transferências imediatas entre contas Revolut.

Descubra aqui mais vantagens do cartão Revolut

Apesar disso, conforme já mencionado, existem ainda algumas limitações que se consubstanciam nas seguintes desvantagens:

  • Limites nos valores de levantamentos sem pagamento de taxas, de 200 euros nas contas gratuitas e de 400 euros nas contas premium. A partir destes valores é cobrada uma taxa de 2%;
  • O carregamento através de cartão de crédito tem custos associados;
  • No caso de carregamento através de transferência bancária, o valor só fica disponível após 3 dias, e podem também ser cobradas taxas pela transferência internacional.

A Revolut está em franco crescimento e a melhorar progressivamente o serviço que disponibiliza aos seus utilizadores, sendo já a escolha número um daqueles que viajam frequentemente, já que a aplicação funciona com pré-carregamento possibilitando, posteriormente, a conversão instantânea e gratuita entre 24 moedas mundiais, com a taxa real momentânea, sem “acréscimos” ou comissões.

A evolução da empresa adivinha-se positiva e poderá ver com mais detalhe como ter acesso a um cartão Revolut no website que é bastante intuitivo.

Veja também