ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
08 Fev, 2021 - 09:59

Rojões: a tradição portuguesa na sua mesa

Mónica Carvalho

As refeições em família são também uma forma de dar a conhecer às gerações mais novas a gastronomia portuguesa, como os rojões. Veja como preparar.

rojões

A origem dos rojões é um pouco indefinida, tanto no tempo, como no espaço. Ainda assim, o que se sabe é que o hábito da criação do porco ou do leitão para se comer quando estivessem no ponto é algo bem enraizado em Portugal, principalmente no Norte.

Após a matança do porco, também se pensava no futuro e os rojões representam essa poupança de carne para receitas que aconchegassem estômago e dessem energia suficiente para ultrapassar os dias mais rigorosos.

Saiba, então, como preparar mais um prato típico português e, com isso, fazer uma refeição que toda a família pode apreciar.

Rojões à moda do Minho

Rojões à moda do Minho
Cozinha:típica portuguesa
Tipo:almoço ou jantar
Tempo de preparação:00h45

Ingredientes

  • 1kg rojões
  • 650gr batatas
  • Banha de porco
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Cominhos q.b.
  • Colorau q.b.
  • Loureiro q.b.
  • Vinho branco q.b.

Modo de preparação

  • Temperar a carne com sal, pimenta, vinho branco, colorau, cominhos e loureiro. Deixar a marina durante algumas horas – pelo menos 3.
  • Cortar as batatas em cubos pequenos.
  • Numa frigideira funda e larga, colocar banha de porco suficiente para cobrir a base.
  • Assim que a banha derreter, colocar a carne na frigideira e deixar cozinhar entre 5 a 10 minutos.
  • Na mesma frigideira, depois de cozinhar a carne, fritar as batatas.
  • Juntar todos os ingredientes na mesma travessa.

Rojões à moda do Porto

rojões à moda do porto
Cozinha:típica portuguesa
Tipo:almoço ou jantar
Tempo de preparação:01h20

Ingredientes

  • 800gr rojões de porco
  • 4 dentes de alho
  • 1,5dl vinho branco
  • 2 c. sopa de azeite
  • 2 c. sopa de banha
  • 2 c. sopa de massa de pimentão
  • 250gr tripa enfarinhada
  • 100gr sangue de porco cozido
  • 1 raminho de salsa
  • 1 folha de louro
  • Pickles q.b.
  • Azeitonas q.b.
  • Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação

  • Numa taça, colocar os rojões e temperar com o sal, a pimenta, os dentes de alho laminados, a folha de louro, o colorau, a massa de pimentão e o vinho branco.
  • Mexer bem, tapar com película aderente e deixar marinar no frigorífico durante pelo menos 2 horas, ou de um dia para o outro.
  • Num tacho, colocar a banha e um fio de azeite, levar ao lume para aquecer bem e derreter a banha.
  • Juntar a carne escorrida e deixar cozinhar em lume forte durante cerca de 10 minutos, até alourar um pouco.
  • Reduzir o lume, adicionar a marinada, tapar e deixar cozinhar mais ou menos por 35 minutos até a carne ficar macia e o molho ficar apurado – se necessário acrescente um pouco de água quente a meio do tempo.
  • Enquanto isso, cortar as batatas em cubos, lavar, secar e fritar em óleo quente.
  • Depois de fritas, passar para uma taça com papel absorvente para escorrerem o óleo e ficarem sequinhas.
  • Temperar com um pouco de sal fino.
  • Cortar o sangue, e quando os rojões estiverem quase prontos, juntar o sangue e deixar acabar de cozinhar.
  • Numa frigideira, colocar um fio de azeite e levar ao lume para aquecer.
  • Cortar a tripa enfarinhada aos bocadinhos, enfarinhar e levar a fritar a seu gosto.
  • Tudo cozinhado no ponto, retirar os rojões do lume e servir numa travessa com as batatas fritas, o sangue e a tripa enfarinhada frita.
  • Decorar com os pickles, azeitonas e polvilhar com a salsa picada e gomos de limão.

Veja também