Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luana Freire
Luana Freire
24 Ago, 2018 - 12:00

Sangramento de nidação ou menstruação: como identificar?

Luana Freire

Quando há uma ligeira perda de sangue, soa o alarme para as tentantes. Como identificar se é um sangramento de nidação ou a chegada da menstruação?

Sangramento de nidação ou menstruação: como identificar?

Será a chegada da menstruação ou um sangramento de nidação? Infelizmente, para as tentantes, uma ligeira perda de sangue pode ser sinal de muitas dúvidas e a verdade é que a resposta a esta questão não é tão simples como gostaríamos.

O segredo está em identificar o tipo, a cor e a duração da perda de sangue para, então, encontrar a mensagem que o corpo está a enviar. No entanto, ainda que tudo pareça indicar um sintoma de nidação, apenas uma análise laboratorial aos níveis de HCG no sangue será capaz de oferecer uma resposta mais precisa e confiável.

Sangramento de nidação: tudo o que precisa saber

nidação

Afinal, o que é a nidação?

A nidação nada mais é do que a implantação bem sucedida do óvulo fecundado nas paredes uterinas. Quando o processo de nidação acontece, quer dizer que o embrião está bem posicionado no endométrio – mucosa que reveste o interior do útero – e, portanto, que está protegido para se desenvolver e dar origem a um novo ser.

A implantação acontece sempre acompanhada do sintoma do sangramento de nidação?

Não, nem sempre que a nidação ocorre é acompanhada de um sangramento. É importante salientar que o sangramento de nidação é um sintoma incomum e que, em caso de perda de sangue, o mais provável é que seja mesmo a chegada da menstruação. Ou seja, a maior parte das grávidas não sangram quando há nidação. Ainda assim, a hipótese de gravidez não deve ser descartada, pois estima-se que entre 20 a 30% das mulheres grávidas têm este sangramento como sintoma do início de gestação.

Se já fez um teste e está grávida, mas está ter uma ligeira perda de sangue, contacte o seu médico ou os serviços nacionais de saúde para verificar a situação atempadamente e constatar ou afastar a hipótese de um aborto espontâneo.

Quando acontece o sangramento de nidação?

Num ciclo considerado normal e mais comum, de 28 dias, a nidação acontece entre o dia 5 e o dia 10 após a conceção. Isso quer dizer que deve ocorrer uns dias antes da chegada da menstruação. Nos casos de ovulação tardia, a nidação pode acontecer um pouco depois e confundir ainda mais a cabeça da mulher. Como os dois eventos acontecem em datas muito próximas, a dúvida intensifica: será sangramento de nidação ou menstruação?

Aqui, a dica é ficar de olhos postos nas diferenças subtis entre as duas situações.

Nidação ou menstruação? Como diferenciar?

Geralmente, o sangramento de nidação surge com uma cor acastanhada ou rosada, ou ainda como um sangue aguado ou com aparência de borra de café. Esta perda de sangue é discreta e não deve haver fluxo, ou seja, nota-se apenas uma ligeira nódoa na cueca ou penso higiénico. Muitas mulheres relatam que só reparam no ligeiro sangramento quando usam o papel higiénico. A sua duração pode ser de apenas algumas horas, ou ainda de 1, 2 ou 3 dias.

Sintomas da nidação

  • Cólica fraca
  • Corrimento acastanhado ou com sangue aguado
  • Pontadas no baixo ventre

Sangramento de nidação pode ser intenso?

Não. Quando há um fluxo intenso é sinal de que o período está a descer. O sangramento de nidação, como dissemos acima, é discreto e sem fluxo.

Se está a ter um fluxo escuro, anormal ou incompatível com o seu período, procure orientação médica de imediato. Um sangramento anormal pode indicar que há um aborto em andamento ou uma gravidez ectópica.

>” href=”https://www.e-konomista.pt/teste-de-gravidez/”>Tudo sobre o teste de gravidez >>

Nos casos das mulheres que optam por fazer o exame de sangue (Beta-hCG), é possível aguardar apenas dois dias após o final do sangramento.

Veja também: