Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Marvin Tortas
Marvin Tortas
06 Set, 2018 - 10:11

6 sinais de que o carro tem as molas cansadas

Marvin Tortas

Os amortecedores são muito importantes para a sua segurança, mas com o tempo vão sofrendo desgaste. Saiba como ver se o seu carro tem as molas cansadas.

6 sinais de que o carro tem as molas cansadas

Se o seu carro tiver molas cansadas, isto pode originar problemas bem mais sérios do que pode imaginar. Isto porque as molas da suspensão fazem muito mais do que apenas tornar a sua viagem mais confortável. De facto, elas são os principais responsáveis, em conjunto com os pneus, por garantir que tem sempre total controlo sobre o seu automóvel. Essa é até a principal função dos amortecedores, e a sua condição é muitas vezes subestimada.

Suspensões muito velhas, estragadas ou gastas podem não só tornar a sua viagem bastante desconfortável como fazer com que perca o controlo do seu carro numa curva. A direção, a estabilidade, o controlo e os travões do seu carro dependem do estado da sua suspensão para funcionar na perfeição e garantir o máximo de segurança.

Sabia que ter molas cansadas no seu carro aumenta até 20% a sua distância de travagem? Este é o tipo de falhas que podem ser fatais e que requerem atenção imediata. Verificar o estado de conservação dos amortecedores do seu automóvel deve ser uma rotina tão regular como verificar a pressão, piso dos pneus e os níveis de óleo e líquido refrigerante. Conheça 6 sinais de desgaste dos amortecedores e avalie o estado da suspensão do seu carro para saber se tem algum problema grave nestes componentes.

6 sinais de que o carro tem as molas cansadas

amortecedores

1. O carro oscila muito com ventos laterais

Já lhe aconteceu estar a passar sobre um viaduto na autoestrada e sentir o seu carro balançar mais do que deveria? A não ser que esteja a circular sob condições atmosféricas muito adversas, isto pode ser um sinal de que as molas do seu carro estão cansadas. A suspensão de um carro novo está preparada para suportar ventos laterais e equilibrar o chassis do seu carro, garantindo que mantém o máximo de área possível em contacto com o solo e prevenindo assim que perca o controlo da sua viatura. Os amortecedores em mau estado de conservação originam oscilações dos pneus, e isso aliado aos ventos laterais, poderão fazer com que perca o controlo do seu carro.

2. Os pneus estão a ficar gastos de forma não uniforme

Caso note que os pneus do seu carro estão a ficar bastante mais gastos na parte interior ou exterior do que no centro, isto pode significar duas coisas: ou tem a direção desalinhada, ou então o seu carro pode ter as molas cansadas. Visite uma oficina e peça para lhe alinharem a direção. Se lhe disserem que está tudo bem quanto a este capítulo, então é sinal que o carro pode ter já algum desgaste nas molas da suspensão.

3. O carro tem um um comportamento irregular e imprevisível em travagem

Se o seu carro tem tendência a desviar-se da trajetória sem que mova o volante quando está a travar, é provável que a suspensão do seu carro não esteja a funcionar em perfeitas condições. O mesmo se aplica caso efetue uma travagem mais brusca e o peso do carro recaia todo sobre os amortecedores frontais. É normal que haja transferência de peso para a parte frontal do carro durante uma travagem (o chamado momento, em termos físicos), mas os amortecedores totalmente funcionais devem ser capazes de repartir o peso pelas quatro rodas, e equitativamente em cada roda de cada eixo, para que tenha o controlo total da viatura em caso de travagem. Caso note algum destes comportamentos com o seu carro, procure visitar o seu mecânico para se certificar se tudo está em ordem.

4. O carro demora mais em travar

Se notar que o seu carro precisa de mais distância do que o normal para se imobilizar totalmente, isto pode ser um dos sinais de desgaste dos amortecedores. Quando circula a 60 km/h, percorrerá 36 metros até imobilizar totalmente o veículo (somando a distância de travagem efetiva e o tempo de reação), e se circular a 120 km/h essa distância aumenta exponencialmente para 113 metros. Como referimos, amortecedores em mau estado de conservação podem aumentar até 20% a sua distância de travagem, o que significa que necessitaria de quase 140 metros até imobilizar o veículo se circulasse a velocidades de auto-estrada, e estes quase 30 metros a mais podem significar a diferença entre parar em segurança ou um embate com alguma violência.

5. O carro faz barulhos e ressaltos incómodos

Molas cansadas podem originar barulhos e ressaltos que podem tornar a sua viagem bastante desconfortável, sobretudo quando circula em estradas secundárias, com pisos em piores condições. O curso de uma suspensão deverá fazer com que passar sobre lombas em cidades ou irregularidades nas estradas não sejam tão sentidas. Caso sinta que os seus amortecedores não estão a amparar os desníveis da estrada e a viagem está a ser demasiado desconfortável ou ouve um “chiar” sempre que é exigida à suspensão do seu carro que trabalhe, então é hora de reparar os seus amortecedores.

6. O carro tem excesso de vibração no volante

Quando viaja numa superfície em paralelo ou numa estrada em estado avançado de deterioração, é normal que sinta que o volante do carro vibre um pouco mais do que o normal, mas quando circula numa estrada totalmente lisa, não é normal que o seu volante do carro tenha qualquer oscilação. Caso note que o seu volante vibra demasiado, poderão existir dois problemas: pneus mal calibrados, ou então as molas podem estar cansadas. Deve visitar uma oficina de pneus para se certificar que todos os seus pneumáticos estão corretamente calibrados, e se o problema persistir, então é provável que tenha as molas cansadas.

Veja também: