ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
22 Jan, 2021 - 11:32

As skills de empregabilidade indispensáveis em 2021

Catarina Milheiro

Com a pandemia surgiram novas formas de trabalho e aspetos valorizados pelos empregadores. Conheça as mais importantes skills de empregabilidade.

skills de empregabilidade

As skills de empregabilidade são aspetos que ajudam a alavancar qualquer carreira e que refletem como atualmente os empregadores começam a valorizar outro tipo de competências.

A pandemia modificou a forma como os empregadores escolhem os potenciais candidatos que procuram e as habilidades necessárias estão constantemente a mudar sob as diferentes circunstâncias.

Falamos, portanto, de capacidades que são precisas em todos os ambientes de trabalho, seja no escritório ou nas nossas casas (em regime de teletrabalho).

O que são as skills de empregabilidade

As skills de empregabilidade têm conseguido cada vez mais importância na hora de optar por um ou outro candidato no processo de recrutamento e seleção.

De facto, ao publicar as vagas, muitas são as empresas que, logo à partida indicam, além dos requisitos profissionais, o perfil ideal para a função em aberto. Tratam-se de habilidades adquiridas no dia a dia, fruto da socialização e das experiências de cada um.

São, portanto, características crucias no que se refere à competitividade e à possibilidade de se destacar dos demais. Por isso mesmo, é importante que as conheça e saiba como as pode melhorar e potenciar.

Também conhecidas como soft skills, consideram-se comuns a todos, ou praticamente todos os empregos. Tratam-se de características que fazem de um candidato uma mais valia para qualquer empresa, o que torna mais “empregável”.

Indicam, por exemplo, a sua capacidade de trabalhar em equipa, a capacidade de comunicar com os outros e a capacidade de se adaptar com considerável facilidade a qualquer ambiente de trabalho.

É, por isso, bastante importante que as refira no seu currículo e, acima de tudo, que as evidencie nas entrevistas de emprego.

Skills de empregabilidade em que deve investir em 2021

mulher em entrevista de emprego

A questão que tem vindo a surgir é se de facto, a pandemia mudou alguma coisa nas skills de empregabilidade. A resposta é sim. O aparecimento do novo coronavírus na sociedade fez despoletar uma mudança quase radical na vida de muitos profissionais que tiveram que adquirir mais capacidades técnicas, conhecimentos e novas competências comportamentais.

A pandemia está a ser, definitivamente, um teste à resiliência, foco e atitude de todos. Para os que se encontram em fase de desenvolvimento deste tipo de skills, o processo se tornou mais desafiante ainda e exigente.

1

Adaptabilidade

Atualmente, os empregadores procuram profissionais que tenham uma fácil capacidade de adaptação ao ambiente de trabalho, seja ele remoto ou presencial.

Sabemos que o teletrabalho ganhou outra conotação para todos em geral e, por isso mesmo, as empresas precisam de saber que podem contar com alguém que garanta que o trabalho é realizado independentemente das circunstâncias. Afinal, ser capaz de o fazer também o torna num profissional resiliente e flexível.

2

Comunicação

A comunicação está, provavelmente, no topo das skills de empregabilidade. Afinal, todos os recrutadores procuram candidatos extremamente comunicativos: é crucial que seja capaz de comunicar corretamente de forma escrita, verbal e não verbal para garantir que transmite claramente a informação a quem o rodeia.

No entanto, ser comunicativo implica também ser um bom ouvinte. Assim, um profissional de excelência deve ser capaz de estar atento e compreender as exigências e preocupações de clientes e chefias.

3

Organização

Em contexto de trabalho, a organização vai muito além da limpeza da sua secretária ou arrumação dos seus documentos. Saber planear e gerir as suas tarefas e o seu tempo é crucial, principalmente se estiver em teletrabalho.

É muito importante que seja capaz de priorizar, organizar e agendar aquilo que tem de fazer todos os dias para garantir que trabalha de forma produtiva e que cumpre os prazos. Não só se vai sentir mais realizado como conquistará a confiança dos seus superiores e colegas.

4

Flexibilidade e criatividade

Um profissional flexível e criativo vai definitivamente agregar valor à empresa. Afinal, os empregadores procuram (agora mais do que nunca) pessoas que sejam capazes de priorizar tarefas em tempo real, de forma autónoma e que consigam ainda ter ideias novas para o negócio.

A flexibilidade passa também por saber como se adaptar às mudanças e perante a situação que o mundo vive, tornou-se essencial na vida de todos os trabalhadores.

5

Inteligência Cultural

Saber lidar com a diversidade no ambiente de trabalho faz toda a diferença nos resultados da empresa. Tendo em consideração a globalização e as empresas com clientes e profissionais de diferentes realidades sociais e locais do mundo, é um ponto chave ter inteligência cultural.

Esta skill de empregabilidade está diretamente ligada às diferenças entre culturas e ao respeito que tem que haver entre elas. Ou seja, se o seu colega de trabalho é de outro país, é natural que os seus hábitos e horários sejam diferentes dos seus e é crucial saber respeitá-los.

6

Trabalho em equipa

O trabalho em equipa é fundamental desde sempre. Não é, aliás, por acaso que já na faculdade muitos trabalhos são feitos em grupo.

Quando existem projetos que envolvem mais do que uma pessoa é extremamente importante dar-se bem com os outros colegas e saber colaborar com eles para que tudo corra pelo melhor. Por outro lado, mesmo que não tenha um projeto de grupo é importante que saiba trabalhar em equipa no dia a dia e conviver com os restantes colaboradores.

De facto, Sílvia Nunes, Diretora da Michael Page, afirma que

“As empresas procuram candidatos orientados para o negócio, independentemente do setor. Querem pessoas com uma abordagem proactiva e prática, que tenham espírito de equipa e dinamismo.”

7

Inteligência emocional

Uma das skills de empregabilidade cada vez mais essencial para o mercado de trabalho é a inteligência emocional. Saber separar a vida pessoal da profissional pode parecer um autêntico desafio nos dias de hoje, mas não é impossível.

Através da inteligência emocional, o trabalhador sente-se mais capacitado para lidar com sentimentos e emoções inesperadas. Por isso, aprenda a equilibrar as suas emoções fora e dentro do horário de trabalho.

8

Tech Savvy

Este talvez pareça um termo estranho, mas é bastante simples. Cada vez mais as empresas valorizam pessoas que sejam tech savvy, isto é, pessoas que se sintam realmente à vontade com a tecnologia moderna e saibam trabalhar sem problemas com os mais variados meios tecnológicos da empresa.

Como usar as skills de empregabilidade

Pode usá-las ao longo do seu processo de procura de emprego. Por exemplo, na descrição do seu histórico profissional, refira estas competências no seu currículo.

Na sua carta de apresentação ou entrevista de emprego, mencione algumas das skills de empregabilidade apresentadas e dê exemplos específicos da utilização dessas competências em ambiente profissional.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].