Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Duarte
Ana Duarte
12 Jun, 2018 - 15:12

Findster: startup portuguesa vence maratona de programação da Google

Ana Duarte

A Findster foi vencedora de uma maratona de programação da Google. Conheça esta startup portuguesa.

Findster: startup portuguesa vence maratona de programação da Google

A Findster é uma startup portuguesa que venceu um hackathon (uma maratona de programação) organizado pela Google, no âmbito da Google I/O, em Dublin, na Irlanda.

A Findster Technologies foi fundada em 2015 por Virgílio Bento, David Barroso e Paulo Fonseca, tendo desenvolvido o primeiro dispositivo para localizar e monitorizar, em tempo real, animais de estimação (cães e gatos).

Na maratona de programação da Google, a startup portuguesa saiu vencedora ao criar uma Accelerated Mobile Page (AMP): página web otimizada para um carregamento simplificado e mais rápido quando acedida através de dispositivos móveis.

Startup portuguesa Findster vence hackathon da Google

Findster

Fonte da imagem: Findster/Divulgação

A Findster foi a única representante portuguesa no hackathon anual promovido pela Google, havendo um total de 26 empresas participantes oriundas de todas as partes do mundo.

A startup portuense concebeu, em poucas horas, uma AMP que possibilita um carregamento mais rápido e simples do seu próprio site, quando acedido a partir de dispositivos móveis. A equipa do Porto conseguiu, assim, reduzir o tempo de carregamento do seu site em 57%.

“O futuro do comércio eletrónico é mobile e uma página mobile lenta é o suficiente para um cliente abandonar a página antes sequer dela carregar. Com o conhecimento adquirido nesta competição, implementámos também nós a tecnologia AMP na nossa página”, afirmou André Carvalheira, diretor-geral da Findster.

A startup portuguesa venceu o hackathon ao receber a maioria dos votos atribuídos pelas outras equipas participantes na competição e também pela Mobile Transformation Team da Google.

A Findster, com produção nacional, conta com clientes em mais de 70 países, sendo que 99% das suas vendas são internacionais. Estados Unidos, Canadá e Reino Unido são os principais mercados desta empresa tecnológica.

Veja também: