Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Helena Peixoto
Helena Peixoto
17 Ago, 2020 - 10:08

Suculentas: 7 variedades que vai querer conhecer (e ter em casa)

Helena Peixoto

Suculentas: variedades. Quais dessas 7 conhece? Neste artigo apresentamos-lhe cada uma com os seus encantos. Mantenha-se por aqui.

suculentas variedades distintas em vasos

Suculentas: variedades. Vamos saber tudo sobre estas plantas tão fáceis de cuidar?

Sabia que, apesar de todos os cactos serem considerados suculentas, nem todas as variedades de suculentas são, na verdade, cactos? Pois é: estas “meninas” são consideradas as “primas” dos reis do deserto.

Pequenas, gordinhas e sem espinhos, as suculentas não são difíceis de cuidar. Se adora plantas, mas acaba sempre por as deixar murchar, esta pode ser a melhor opção para si.

Deve, no entanto, seguir um conjunto de regras básicas e simples para mantê-las por muitos e longos anos. Tome nota.

  1. Regue-as muito pouco, a cada 10 ou 15 dias e, mesmo assim, de forma doseada. As versões mini podem ser aguadas até com conta-gotas! Na dúvida, menos é mais;
  2. Se reparar que as folhas estão a ficar amarelas é porque provavelmente as regou demais. Tire a prova dos 9 colocando um dedo na terra para aferir a sua humidade;
  3. As suculentas gostam muito de claridade, preferencialmente direta! Algumas das variedades de suculentas até mudam de cor depois de muitos dias com sol!
  4. Se optar por manter as suas plantas dentro de casa, garanta que as coloca junto de uma janela; o sol para elas é vida!
  5. Quando regar, nunca o faça diretamente nas folhas; verta a água na terra e substrato para que tudo corra bem.

Suculentas: variedades (7 boas opções que vai adorar)

1

Senécio Azul

O seu nome técnico é senecio serpens G.D.Rowley, mas esta é uma das variedades de suculentas conhecida como senécio azul. Originária da África do Sul, ela tem uma altura de cerca de 30 centímetros, as suas folhas são de um verde-azulado, carnosas, lineares e cilíndricas.

E, sim, esta suculenta tem flor! As suas flores são brancas e surgem no verão. Dão-se bem em climas amenos a tropicais, uma vez que não toleram geadas.

2

Crassula Rupestis

Neste caso, a suculenta é conhecida exatamente pela sua designação botânica. Também originária da África do Sul, tem geralmente uma altura entre 15 e 25 cm, mas na sua região de origem é possível encontrar espécie que chegam a 1 metro!

As suas folhas são dispostas em roseta, carnudas, triangulares, verde intensas na borda e esbranquiçadas no meio. Produz flores pequenas e rosadas e pode ser cultivada em todo o país, desde que protegida de temperaturas muito baixas. Ela precisa mesmo de muita luz direta.

3

Orelha de gato

Kalanchoe tomentosa – é este o nome oficial da suculenta mais conhecida como orelha de gato ou planta do panda. Originária de Madagáscar, esta planta possui folhas carnosas cobertas por pelos finos e brancos, e confere um aspeto bem aveludado à planta. Na ponta das folhas, é possível identificar umas marquinhas em vermelho, tornando-a bem exótica.

É muito raro dar flor e pode atingir cerca de meio metro de altura. Como todas as variedades de suculentas, esta orelha de gato precisa de muito muito sol – pelo menos 4 horas diárias!

4

Sedum morganianum

Originária do México, a suculenta sedum morganianum também é popularmente conhecida por rabo-de-burro. Com umas hastes tão longas que chegam a atingir mais de 1 metro de comprimento, as suas folhas crescem ao redor das hastes e em forma circular, o que cria um efeito lindíssimo.

Esta é uma das variedades de suculenta que produz flores – são elas pequenas e avermelhadas e surgem esporadicamente na ponta das hastes. Privilegie ambientes bem quentes e ensolarados se quiser ter um exemplar em casa.

5

Echeveria elegans

Se calhar, já ouviu este nome: ‘rosa-de-pedra’. Suculenta mexicana, a echeveria elegans possui folhas carnosas dispostas em forma de roseta. Em termos de cor, o mais usual é que as folhas sejam de um verde azulado ou então com variações mais escuras, como o castanho.

Esta suculenta tem uma forma muito semelhante a uma rosa, daí o seu nome popular, e existem versões ‘mini’, cerca de 5 centímetros, ou versões maiores, que chegam aos 20 centímetros de altura e diâmetro. Crescem relativamente rápido e consegue dar flores, que são neste caso pequenas e de uma espécie de amarelo-rosado. Sol, muito sol! Já sabe que é a grande necessidade destas plantas, certo?

6

Sanseveria trifasciata var.laurentii

Esta deverá ser uma das variedades de suculentas mais conhecidas. A espada-de-são-jorge é originária da África do Sul e tem uma forma que faz lembrar precisamente uma espada. Não tem caule, e as suas folhas são largas e achatadas com uma altura variável até 1 metro ou até mais.

A sua cor é geralmente verde-azulado, com umas manchas esverdeadas ou amarelas. Novamente, uma suculenta que pode dar flor – são brancas ou amareladas, e largam um odor bem delicado e agradável. Nota que esta suculenta cresce muito rapidamente e quando exposta a muita luz pode tornar-se “invasora” de espaços.

7

Aloe striata

A aloe coral é uma das suculentas mais procuradas pela sua grande beleza natural. Pode atingir uma altura até cerca de 30 centímetros e um diâmetro de cerca de 40 e as suas folhas são suculentas, verde-acinzentadas, mais largas na base e pontiagudas na ponta e a sua disposição é circular.

As flores desta suculenta são lindíssimas! De cor laranja-coral, surgem geralmente na ponta do pedúnculo acima das folhas, dando um efeito muito ornamental. Adoram calor e muito sol e são um verdadeiro oásis para insetos como abelhas, pequenas vespas, borboletas e outros. Não tolera bem invernos rígidos pelo que deve ser protegida nessas alturas.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].