Helena Peixoto
Helena Peixoto
02 Ago, 2019 - 09:48
Plantas na cozinha? Conheça as melhores opções

Plantas na cozinha? Conheça as melhores opções

Helena Peixoto

Gosta de ter plantas na cozinha, mas não sabe quais deve escolher? Nós damos-lhe algumas sugestões e também lhe indicamos como cuidar delas.

O artigo continua após o anúncio

Ter plantas na cozinha é sempre uma excelente ideia. Para além de tornarem o ambiente mais verde, mais dinâmico e mais bonito, são uma fonte natural de oxigénio e de boas energias!

Muito provavelmente, quando pensa neste tema, pensa imediatamente em ervas aromáticas, certo? E muito bem, pois são uma excelente opção de plantas na cozinha que juntam o útil ao agradável. Mas a boa notícia é que existem muito mais plantas que podem deixar esse espaço mais bonito e agradável, além de purificar o ar e reduzir a quantidade de pó!

Conheça as melhores opções de plantas na cozinha

Plantas na cozinha

A escolha aqui vai ser sempre sua. Nós damos-lhe 7 diferentes sugestões de plantas na cozinha. Todas elas reagem lindamente neste espaço da sua casa e umas implicam um pouquinho mais de dedicação do que outras.

Confira a nossa lista, veja as que mais lhe agradam e siga para a fase seguinte: dar uma nova cor à sua cozinha com muita clorofila!

1. Catos

Se cuidar de plantas não é a sua especialidade, mas a ideia de ter plantas na cozinha sempre lhe agradou, esta é a melhor opção. As suculentas precisam apenas de água e nada mais! Muito resistentes e adaptáveis a praticamente qualquer espaço, o único requisito destas plantas é que o local não seja muito húmido.

Coloque as suculentas bem perto do sol, que elas adoram, e não abuse na rega: 1 a 2 vezes por mês será suficiente!

2. Aloé vera

Muito resistente, com longa vida e com excelentes propriedades para cuidar da pele (feridas, queimaduras ou reações a vacinas, por exemplo), o aloé vera é outra das excelentes opções de plantas na cozinha.

Esta espécie gosta de luz, mas não de luz direta e não adora o frio. O ideal será posicioná-la num local com luz indireta e mais aconchegado.

O artigo continua após o anúncio

3. Coleus

Para dar um toque de cor à sua cozinha, com folhas verdes, vermelhas, em tons castanhos ou rosa, a coleus é ideal para espaços bem iluminados. No entanto, não gosta de muito calor. Ideal para quem procura dar uma corzinha ao ambiente da cozinha e não tem muito tempo para manutenção.

4. Ervas aromáticas

Aqui as opções são mais do que muitas: hortelã, manjericão, cebolinho, alecrim, coentros, salsa, tomilho, enfim, a lista não termina! Plante as suas ervas favoritas e pode plantar mais do que uma.

Se optar por uma horta vertical pode ter várias espécies em simultâneo, podendo depois aproveitá-las para as suas confeções culinárias. Assegure-se que coloca a horta num local com luz q.b. e que garante a quantidade de água suficiente para que cresçam viçosas.

As ervas aromáticas não podem estar expostas diretamente ao sol. Tenha-as num sítio com luz, longe de correntes de ar e com poucas horas de sol direto. Depois, corte as plantas por cima (exceto o cebolinho) e, de preferência, faça-o à mão.

Além disso, pode sempre optar por colocar um pouquinho de substrato de vez em quando para ter plantas na cozinha mais saudáveis.

5. Epipremnum aureum (jibóia)

Mais conhecida como “jibóia”, esta planta é muito comum nas casas portuguesas. E é, de facto, uma excelente opção para ter no interior, seja na cozinha ou noutro espaço!

Bastante resistente, a jibóia gosta de luz e sobretudo de espaço para crescer! Escolha um local amplo e com luz natural. Além disso, não se esqueça de a pulverizar com alguma frequência.

6. Violeta

Se há plantas bonitas são as violetas. E a boa nova é que ela é ideal para ter na cozinha! Delicada e de fácil cultivo, esta flor deve receber luz, mas não de forma direta. Coloque-a no beiral de uma janela, por exemplo.

O artigo continua após o anúncio

Em termos de necessidades de água, esta planta só deve ser regada quando verificar que a terra está seca. Evite encharcar a violeta, ou corre o risco de a matar.

7. Begónia

A begónia é outra flor que cai que nem ginja na sua cozinha! Delicada e bem colorida, esta espécie deixa qualquer ambiente mais charmoso e com requinte na decoração.

Adapta-se tanto a locais com luz direta como a espaços com sombra. À semelhança das violetas, regue a begónia quando sentir que a terra está seca.

Dicas essenciais na hora de cuidar das plantas na cozinha

Plantas na cozinha

Qualquer planta exige alguns cuidados básicos: rega, limpeza e dedicação! Mesmo as plantas na cozinha que exigem o mínimo de cuidados devem ser tratadas com carinho e atenção.

Amiúde, retire as folhas secas das suas plantas e, além disso, a rega é essencial. Mas neste capítulo é preciso muito cuidado! Cada planta tem as suas necessidades de água e deve respeitar isso mesmo. A forma mais fiável de saber quando regar as plantas na cozinha é através da palpação da terra: se estiver seca, está na hora de regar.

Sempre que possível, deixe-as próximas à janela. Se isso não for possível, certifique-se de que elas recebem alguma quantidade de luminosidade natural de vez em quando, dependendo das necessidades – que, como já viu, varia de espécie para espécie. Além disso, nunca deixe as plantas próximas do fogão!

Outras dicas úteis para as suas plantas na cozinha:

  1. Nunca regue a planta por cima;
  2. Regue a partir da base com a ajuda de um prato;
  3. Regue várias vezes, com pouca água – no verão pode ser necessário regar todos os dias, no inverno, pode bastar uma vez por semana;
  4. Não deixe água na base e volte a regar apenas quando a terra estiver seca;
  5. Mantenha a terra húmida mas não excessivamente – o excesso de água é uma das causa da morte das plantas.

Ter plantas na cozinha é mais simples do que à partida pode parecer. Precisa apenas de alguns cuidados básicos e as suas plantas vão viver bonitas e saudáveis por muito tempo.

Veja também