David Afonso
David Afonso
22 Dez, 2021 - 01:21

Suspensão hidráulica: o que é e como funciona

David Afonso

Sabe o que é a suspensão hidráulica e como funciona? Se a resposta é não, descubra neste artigo tudo sobre este componente automóvel.

Carro com suspensão hidráulica

Quando viaja no seu carro, ou em qualquer outro veículo, estes estão equipados com certos sistemas de segurança que garantem o seu conforto interior. É o caso do sistema de suspensão, que se souber como funciona, saberá que é responsável pela manutenção da estabilidade do veículo enquanto este se desloca (entre outras funções). Assim, neste artigo vamos falar de um tipo de suspensão, digamos pouco comum: a suspensão hidráulica.

Temos a certeza que se deve estar a questionar. O que é? Como funciona? Calma, é isso que vamos dar a conhecer.

Ah! Antes disso, sabe como um sistema clássico de suspensão funciona, certo? Através dos amortecedores e outro conjunto de elementos, estes impedem o efeito das irregularidades da superfície da estrada sobre o veículo. Desta forma, pode conduzir sem se aperceber das imperfeições da estrada no interior do carro.

Feito assim este pequeno a parte, vejamos então o que está por detrás do conceito de suspensão hidráulica.

Suspensão hidráulica: o que precisa de saber

O que é a suspensão hidráulica?

Basicamente, em qualquer sistema de suspensão hidráulica, existe algo chamado óleo hidráulico que cria pressão no sistema de amortecedores. Esta pressão cria uma potência que é depois transmitida a vários outros componentes.

Ao contrário dos componentes de uma suspensão padrão, existem 4 amortecedores separados que contêm então óleo hidráulico no sistema. A dita pressão pode entrar em cada amortecedor ou ser removida do mesmo, dependendo das condições da estrada.

O objetivo é tornar a condução mais confortável, especialmente em estradas mais acidentadas. Em termos práticos, em percursos destes, poderá fazer com que o chassi levante do eixo para suavizar as oscilações.

Por outro lado, a suspensão hidráulica caracteriza-se também pelo facto de não necessitar de molas nos amortecedores. E, pegando neste componente, dizer que estes devem estar sempre em bom estado, porque são uma parte essencial do sistema de suspensão hidráulica.

Os amortecedores são os responsáveis por forçar o óleo através de buracos localizados. A resistência ao fluxo de óleo causa, portanto, as forças de compressão e expansão através das quais o amortecedor controla o movimento da suspensão do seu veículo.

Como funciona?

A suspensão do seu veículo é a ligação entre o braço de suspensão e um elemento de mola. Como sabe, existem diferentes tipos de suspensão, e cada um difere no tipo de elemento de mola que a compõe.

No caso da suspensão hidráulica, esta funciona por reservatórios de líquidos centralizados que regulam a distância do veículo ao pavimento, ou seja, a altura que o carro mantém do chão. Também assegura a estabilidade do veículo quando a carga do veículo muda.

No entanto, quando este elemento elástico da suspensão é composto por gás pressurizado, trata-se de uma suspensão hidropneumática. E, no caso de um elemento de borracha, seria uma suspensão hidroelástica.

Será que a suspensão hidráulica vale mesmo a pena?

Os sistemas de suspensão hidráulica são tipicamente utilizados como atualizações para um veículo existente. Há kits de sistemas de suspensão hidráulica disponíveis para modificar a suspensão existente. A verdadeira questão é: vale a pena atualizar para um sistema de suspensão?

Em baixo, seguem-se as vantagens e desvantagens de conduzir um veículo com um sistema de suspensão hidráulica.

Vantagens

  • Condução. A principal vantagem de um sistema de suspensão hidráulica é que cria uma melhor experiência de condução. O tempo de reação de uma suspensão hidráulica é muito mais rápido do que a suspensão pneumática.
  • Estabilidade. Se conduzir sobre uma lomba na estrada, a resposta da suspensão será imediata. Isto é em grande parte graças aos amortecedores independentes da suspensão que contêm o seu próprio óleo hidráulico. É assim que são capazes de ser pressurizados ou despressurizados independentemente para suportar vários choques no veículo.
  • Personalização. Outra vantagem de um sistema de suspensão hidráulica é que é personalizável. Por exemplo, pode elevar os para-choques no seu veículo a alturas totalmente diferentes.

Desvantagens

  • Preço de compra. O sistema de suspensão hidráulica pode criar uma experiência de condução confortável, mas também custa muito dinheiro. Quer compre o kit de suspensão hidráulica ou um veículo que já possua esta suspensão, pode esperar pagar muito mais dinheiro do que o habitual.
  • Custos de manutenção. Estes serão bastante caros. Uma vez que, é recomendável que os mantenha regularmente, as suas despesas de automóvel serão somadas todos os anos.
  • Possíveis fugas de líquido. Outra desvantagem é o potencial que as suspensões hidráulicas têm de vazar fluido. Basta que um amortecedor fique danificado ou desgastado e depois, o óleo hidráulico vazará por todo o lado. Isto irá fazer com que todo o sistema de suspensão fique fora de serviço. Isto significará mais reparações ou substituições para estas peças.
Citroen DS
Não perca Citroën DS Boca de Sapo: um carro muito à frente do seu tempo

Que tipo de veículos utilizam este tipo de suspensão?

Um dos primeiros exemplos são os carros tuning. Isto acontece geralmente porque a suspensão hidráulica permite elevar ou baixar a carroçaria ao critério do condutor.

Seguem-se, os Lowriders. Também produzem o conhecido “efeito salto”, muito comum na afinação, permitindo elevar e baixar o veículo de uma forma notável, quer seja um salto lateral, frontal ou traseiro.

Por último, referir os Monster Trucks, verdadeiros monstros das pistas de acrobacias, que tiram máximo proveito do que este sistema oferece.

Em suma, após esta leitura esperamos que tenha ficado elucidado sobre o potencial deste sistema de suspensão. Se é um aficionado por tuning, poderá ser uma boa opção. No entanto, nada como um estudo prévio do seu veículo e consultar um mecânico ou uma loja especializada para uma opinião mais indicada.

P.S. Caso seja um condutor do para-arranca citadino, se calhar, é uma audácia este tipo de suspensão. Mas… É uma escolha sua!

Veja também