ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Ekonomista
Ekonomista
21 Dez, 2020 - 13:24

Tabelas do Imposto Único de Circulação (IUC) para 2021

Ekonomista

Para que possa calcular o montante a pagar, consulte as tabelas do Imposto Único de Circulação (IUC) com os valores atualizados para 2021.

Tabelas do Imposto Único de Circulação (IUC) para 2019

As tabelas do Imposto Único de Circulação (IUC) são definidas anualmente e inscritas no Orçamento do Estado. São estas que determinam o montante de imposto a pagar nesse ano pelos proprietários de automóveis ou veículos motorizados.

Na generalidade dos casos, o montante varia em função dos anos de vida do automóvel, das emissões de CO2, do tipo de combustível utilizado e da cilindrada do motor.

O que muda nas tabelas de IUC para 2021

As tabelas do Imposto Único de Circulação para 2021 não trazem novidades. Os valores serão os mesmos que em 2020 e a forma de cálculo do imposto permanece inalterada.

Por isso, se é proprietário de um automóvel a gasóleo, pode continuar a contar com a já habitual taxa extra. Isto porque, “em 2021, mantém-se em vigor o adicional de IUC aplicável sobre os veículos a gasóleo enquadráveis nas categorias A e B previstas, respetivamente, (…) no Código do IUC”, refere o documento do OE 2021.

Esta taxa adicional de imposto, que aparentemente seria temporária, foi introduzida em 2014 e prepara-se para completar o sétimo ano de existência.

Tabela A – veículos matriculados até 30 de junho de 2007

Todos os veículos ligeiros de passageiros com matrícula anterior a 1981 estão isentos do pagamento deste imposto.

Os veículos ligeiros de passageiros a gasolina cuja primeira matrícula tenha sido emitida entre 1981 e 1989 e que tenham uma cilindrada de até 1.000 cm3, também não pagam IUC.

Veículos ligeiros de passageiros a gasolina

Cilindrada (cm3)Matrículas de 1996 a junho de 2007Matrículas de 1990 a 1995Matrículas de 1981 a 1989
Até 100018,42€11,61€Isento
De 1001 a 130036,96€20,77€11,61€
De 1301 a 175057,73€32,27€16,19€
De 1751 a 2600146,47€77,25€33,39€
De 2601 a 3500265,98€144,83€73,75€
Mais de 3500473,90€243,43€111,85€

No caso dos veículos a gasóleo inseridos na categoria A, é necessário somar ao imposto normal a taxa adicional de IUC, conforme a tabela abaixo:
 

Veículos ligeiros de passageiros a gasóleo

Cilindrada (cm3)Matrículas de 1996 a junho de 2007Matrículas de 1990 a 1995Matrículas de 1981 a 1989
Até 1.50021,56€ 
(18,42€ + 3,14€)
13,59€ 
(11,61€ + 1,98€)
Isento
1.501 a 2.00043,27€ 
(36,96€ + 6,31€)
24,32€ 
(20,77€ + 3,55€)
13,59€ 
(11,61€ + 1,98€)
2.001 a 3.00067,59€ 
(57,73€ + 9,86€)
37,78€ 
(32,27€ + 5,51€)
18,95€ 
(16,19€ + 2,76€)
Mais de 3.000171,48€ 
(146,47€ + 25,01€)
90,44€ 
(77,25€ + 13,19€)
39,09€ 
(33,39€ + 5,70€)

Para os automóveis a diesel matriculados entre 1981 e 1989 com cilindrada inferior a 1.500 cm3 também há isenção do pagamento de IUC.
 

Veículos ligeiros de passageiros elétricos

Voltagem totalMatrículas de 1996 a junho de 2007Matrículas de 1990 a 1995Matrículas de 1981 a 1989
Até 10018,42€11,61€Isento
Mais de 10036,96€20,77€11,61€

Os automóveis elétricos anteriores a 1989 com menor voltagem (até 100) estão igualmente isentos de imposto.

Tabela B – Veículos matriculados a partir de 1 de julho de 2007

Para os ligeiros de passageiros matriculados a partir de 1 de Julho de 2007 (categoria B), o IUC é calculado com base em vários elementos definidos nas tabelas do Imposto Único de Circulação, tais como: a cilindrada, as emissões de CO2 e a data da matrícula.

Cilindrada

Esta tabela é aplicada aos veículos a gasóleo e a gasolina.

Cilindrada (cm3)Taxa
Até 1.25029,39€
1.251 a 1.75058,97€
1.751 a 2.500117,82€
Mais de 2.500403,23€

Emissões CO2

As taxas de emissão de CO2 são iguais para veículos a gasolina e a gasóleo. Este valor deve ser somado ao valor da taxa de cilindrada (acima).

Emissões CO2 (g/km) NEDCEmissões CO2 (g/km) WLTPTaxa
Até 120Até 14060,28€
121 a 180141 a 20590,33€
181 a 250206 a 260196,18€
Mais de 250Mais de 260336,07€

Aos veículos matriculados em território nacional após 1 de janeiro de 2017, independentemente do combustível que utilizem, aplicam-se ainda as seguintes taxas adicionais:

Emissões CO2 (g/km) NEDCEmissões CO2 (g/km) WLTPTaxa
De 181 até 250De 206 até 26029,39€
Mais de 250Mais de 26058,97€

Ano da matrícula

Por fim, é aplicado um coeficiente consoante o ano da matrícula (portuguesa), de acordo com o indicado na tabela abaixo.

Ano da MatrículaCoeficiente
20071,00
20081,05
20091,10
2010 e seguintes1,15

Adicional de IUC (veículos a gasóleo)

Caso o automóvel seja movido a gasóleo, acresce ainda o adicional de IUC. É a taxa extra introduzida em 2014 e que, apesar de ter sido apresentada como temporária, vai continuar a existir em 2021.

Cilindrada (cm3)Taxa adicional
Até 1.2505,02€
1.251 a 1.75010,07€
1.751 a 2.50020,12€
Mais de 2.50068,85€

Tabela C – Automóveis de mercadorias e mistos >2500kg

Esta tabela aplica-se a automóveis de mercadorias e automóveis de utilização mista com peso bruto superior a 2.500 kg destinados ao transporte particular de mercadorias (categoria C). Consulte a tabela C.

Tabela D – Automóveis de mercadorias e mistos >2500kg

Esta tabela aplica-se a automóveis de mercadorias e automóveis de utilização mista com peso bruto superior a 2.500 kg destinados ao transporte público de mercadorias (categoria D). Consulte a tabela D.

Tabela E – Ciclomotores, motociclos, triciclos e quadriciclos

Para os motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos (categoria E), os valores das tabelas do Imposto Único de Circulação para 2021 são os seguintes:

Cilindrada (cm3)Matrícula de 1997 a 2019Matrícula de 1992 a 1996
Até 119IsentoIsento
120 a 250IsentoIsento
251 a 350IsentoIsento
351 a 50019,59€11,59€
501 a 75058,86€34,66€
Mais de 750127,82€62,69€

Tabela F – Embarcações de recreio

A tabela F diz respeito às embarcações de recreio de uso particular, com potência motriz igual ou superior a 20 kW, registadas desde 1986. A taxa aplicável ao veículos da categoria F é de 2,73€/kW.

Tabela G – Aeronaves

Para as aeronaves de uso particular (categoria G), a taxa aplicável é de 0,69€/kg, tendo o imposto o limite superior de 12.679,93€.

Veja também