Teresa Campos
Teresa Campos
03 Mai, 2019 - 09:38
Tatuagem para olheiras: sim ou não?

Tatuagem para olheiras: sim ou não?

Teresa Campos

A tatuagem para olheiras é muito popular, sobretudo no Brasil. Mas será este um procedimento seguro para a saúde? Fique a saber tudo sobre esta técnica.

O artigo continua após o anúncio

Antes da falar sobre o que é uma tatuagem para olheiras, é importante perceber o que são olheiras e o que as provoca. Os papos escuros sob os olhos podem afetar qualquer pessoa, independentemente da idade, podendo ter como causa a herança genética, pouco descanso, vasos sanguíneos dilatados, cirurgia ao nariz ou doenças..

Os tratamentos para este problema variam de acordo com a causa do mesmo mas, para além das soluções caseiras como as rodelas de pepino ou de batata, já existem outras opções como lasers, luz pulsada, peeling, drenagem linfática, micropigmentação, cremes clareadores e preenchimentos com ácido hialurónico. Será a tatuagem para olheiras outra solução? Fique a saber mais sobre este tema controverso que opõe tatuadores e dermatologistas.

O que é a tatuagem para olheiras?

tatuagem para olheiras

Este género de tatuagem é considerado uma técnica estético-reparativa, já que ela serve para corrigir algo numa determinada zona do corpo. Este tipo de tatuagem é feita exatamente da mesma forma que uma tatuagem convencional, ou seja, é utilizada a mesma máquina, agulha e tipo de tinta.

A única diferença é a área corporal, particularmente sensível e que, por isso, requer outros cuidados. Muitos tatuadores que fazem este género de trabalho, realizam também tatuagens para cobrir estrias, cicatrizes, manchas de vitiligo ou, ainda, para refazer auréolas mamárias.

Processo

Segundo os tatuadores especialistas neste tipo de técnica, uma boa tatuagem na região das olheiras necessita de uma correta aplicação e de uma regulação e mistura certa das tintas, de modo a não haver contraste entre a área tatuada e a pele da restante face. Dada a sensibilidade da zona do corpo em questão, é aplicada uma pomada anestésica, antes de começar a ser feita a tatuagem, que pode demorar 1 a 2 horas a estar concluída.

Resultado

O processo de cicatrização e o resultado final são o de qualquer tatuagem. Também como todas as tatuagens, esta irá desbotar com a passagem do tempo, sendo que, de acordo com os tatuadores especializados nesta técnica, não há risco dos pigmentos destoarem ou de surgirem manchas, a curto, médio ou longo prazo.

Preço

Apesar de não ser possível adiantar valores concretos, alguns tatuadores apontam que o custo destas tatuagens pode chegar perto do de uma pequena cirurgia (entre os 1500€ e os 3500€).

Tatuagem para olheiras: solução viável?

Do outro lado da “barricada”, isto é, em oposição à postura dos tatuadores, encontram-se organismos como a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o qual não recomenda este procedimento, visto que a região do olho abrange estruturas importantes, como o globo ocular, que podem ser lesadas pela tatuagem, acarretando riscos sérios para a saúde do indivíduo.

O artigo continua após o anúncio

Além disso, há o risco de alergia à tinta e, segundo a SBD, o aspeto das olheiras pode até piorar, ao longo do tempo. Embora menos provável, mas ainda assim possível, existe ainda o risco de cegueira.

Para a SBD, há outras técnicas mais adequadas que podem ser usadas nestes casos, entre elas a aplicação de lasers ou a micropigmentação.

Micropigmentação

A micropigmentação também usa agulhas motorizadas, mas a tinta usada é diferente da utilizada nas tatuagens, pois não fixa por tanto tempo na pele.

Em resumo, se tem olheiras e isso é algo que o incomoda, a nossa sugestão é que, antes de realizar qualquer procedimento, consulte um dermatologista e, em conjunto, avaliem a melhor forma de solucionar esse problema. Só assim poderá garantir que a sua saúde não corre riscos e consegue alcançar uma solução duradoura, se não definitiva.

Recolha mais do que uma opinião para conseguir tomar a decisão mais acertada e, também, mais informada, de maneira a evitar arrependimentos futuros e sinta-se bem consigo mesmo!

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp