Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
27 Fev, 2020 - 10:01

Televisão sem box: a poupança vale mesmo a pena?

Mónica Carvalho

Numa altura em que os serviços de streaming começam a conquistar mercado, valerá a pena ter uma televisão sem box? Ajudamos-lhe a fazer as contas.

televisao-sem-box

Nos últimos anos tem-se vindo a verificar alterações na forma como vemos televisão e consumimos produtos televisivos. Nesse sentido, ter, atualmente, uma televisão sem box é, cada vez mais, uma hipótese para quem privilegia conteúdos diferentes dos transmitidos pelos vários canais, sejam eles generalistas ou temáticos.

Para esta mudança em muito contribuiu o aparecimento de serviços como Netflix e HBO, que permitem um total controlo sobre o que ver e quando. E, para tal, apenas é necessária uma ligação à internet, pelo que, consequentemente, a televisão sem box é uma hipótese cada vez mais real.

Assim, o cliente está a pagar por conteúdos que pretende realmente consumir e não por uma programação definida pelos canais de televisão, que pode não corresponder aos interesses do telespetador.

Quanto tem de pagar para ver televisão?

ver-televisao

Em Portugal, para vermos televisão temos algumas opções:

No caso da televisão digital terrestre ou TDT, que veio substituir a televisão tradicional, o sinal de emissão de TV passou a ser transmitido de forma digital, continuando a ser captado por uma antena exterior ou, em zonas de melhor receção, por uma antena interior. Tal implica, assim, um investimento mínimo que poderá rondar o valor de 15€ – preço de um aparelho de TDT, que facilmente encontra à venda numa qualquer loja de artigos eletrónicos.

A compra do equipamento apenas não é necessária se tiver um televisor digital integrado com capacidade de receção de DVB-T e descodificação de vídeo em MPEG-4/H.264; ou se viver nos Açores e Madeira, e já receber, gratuitamente, os sete canais nacionais de acesso livre e o canal regional da respetiva Região por outros meios, designadamente por cabo ou satélite; ou, claro, se tiver um serviço de televisão por subscrição.

Como rescindir o contrato de telecomunicações
Veja também Como rescindir contrato de telecomunicações: passo a passo

Se optar por um serviço de subscrição, como saberá, existem diversos preços de acordo com os serviços contratualizados e respetivas características. Mesmo que apenas opte pelo pagamento da mensalidade da Internet, para poder usufruir dos serviços de streaming à sua escolha, esta é sempre uma despesa que deve considerar no orçamento familiar mensal.

Atente aos valores mínimos praticados pelos diferentes operadores, seja para ter televisão sem box, seja para ter um pacote de serviços completo.

OperadorMensalidade InternetMensalidade Internet + Voz + Box
NOSA partir de 24,99 A partir de 29,99
MEONet e voz a partir de 27,99€ A partir de 29,99
NOWOA partir de 20€ A partir de 22,50€
VodafoneNet e voz a partir de 25,90€ A partir de 32,90€

serviços de televisão sem box levam a poupança de até 80 euros por ano

Como demonstrado no quadro apresentado anteriormente, a mensalidade de um tarifário só com Internet é quase tão dispendiosa como uma opção também com voz e televisão.

Aos valores apresentados, ainda deve contar com a mensalidade da box – sendo que, em muitos casos, pode negociar com o operador e conseguir que tal seja uma oferta, poupando, assim, no mínimo, 2,50€ por mês na fatura de telecomunicações.

De acordo com um estudo realizado pela DECO, que teve em conta todas as opções de operadores atuais, a poupança de uma televisão sem box pode ir de 45 a 81 euros por ano.

Os tarifários apenas com Internet são uma opção cada vez mais popular em países como os EUA, onde os serviços de streaming complementam a oferta de canais de sinal aberto. Em Portugal, a prática começa a ser recorrente, mas as ofertas de tarifários dos operadores de telecomunicações ainda deixam muito a desejar.

Box Android, Chromecast ou Apple TV: qual o investimento?

Para ter uma televisão sem box, e poder aceder a conteúdos streaming, deve certificar-se de que o seu televisor possui ligação à Internet, ou seja, de que é uma Smart TV ou, então, de que possui entrada de HDMI, para ligar a um computador ou uma Box Android, Chromecast ou Apple TV.

As TV boxes permitem, assim, ver filmes e séries via streaming ou on-demand, aceder a serviços como o Netflix ou HBO, bem como aceder às aplicações de TV móvel dos operadores portugueses, podendo, assim, assistir aos conteúdos num televisor extra.

Os preços são muito variáveis, dependendo sempre do tipo de equipamento pelo qual vai optar. A solução mais económica é uma Box Android, cujo preço de venda pode começar a partir dos 20€. O Chromecast pode ser adquirido a partir de 40€. Já a Apple TV é a opção mais cara, estando disponível a partir dos 150€.

Todavia, deve ter em atenção a compatibilidade do equipamento a comprar com o televisor onde irá proceder à ligação.

Veja também